Linguagem Libras Facebook Twitter Intagram YouTube Linkedin Site antigo
Compartilhar no FaceBook Tweetar Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Email Imprimir
Publicado em: 23/11/2022 | Atualizado em: 23/11/2022

Startup de Petrópolis desenvolve aplicativo para negócios

Claudia Jurberg

Com o uso da inteligência artificial, o aplicativo gera relatórios personalizados com dicas de como melhorar a gestão, além de sugestões de metas a serem alcançadas

Empreender não é nada fácil, ainda mais para pequenos empresários que precisam transformar burocracia em lucros. Pensando nisso, três jovens de Petrópolis, na Região Serrana fluminense, criaram a startup Me Nota, desenvolvedora de um aplicativo que visa facilitar o negócio do pequeno empresário.

Com o uso da inteligência artificial, o aplicativo ajuda a inserção de dados, faz exibição desses dados de forma simples e humanizada e processa análises sobre o negócio, gerando relatórios personalizados com dicas de como melhorar a gestão, além de sugestões de metas a serem alcançadas.

Mestre em Administração, Anthony Coelho Sadkowski, um dos sócios da startup, conta que a ideia surgiu há cinco anos, desde que começou a trabalhar com foco em pequenas empresas e percebeu a dificuldade com os sistemas complexos e os altos custos que são enfrentados por qualquer empreendedor no País.

Diante desse cenário, Sadkowski se juntou ao designer de sistemas e programação Pedro Mello e o publicitário Rafael Eckhardt e criaram a Me Nota. A Eles tiveram apoio do Programa StartupRio, uma parceria da FAPERJ com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Com os investimentos de R$ 40 mil, a startup já disponibilizou a versão 1.0 do aplicativo nas lojas da Apple e da Google para ser baixado e testado. E segundo Sadkowski a ideia é criar uma comunidade que ajudará a incrementar o Me Nota.

A partir da esq., Anthony, mestre em Administração; Pedro, designer de sistemas de programação; e Rafael, publicitário: trio criou App que visa facilitar o negócio do pequeno empresário

Programa - Intitulado Startup Rio: Apoio à Difusão de Ambiente de Inovação em Tecnologia Digital no Estado do Rio de Janeiro, o programa foi criado em 2013, fruto de uma parceria entre a FAPERJ e a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), visando o desenvolvimento e a qualidade do ecossistema de empreendedorismo digital no Estado do Rio de Janeiro.

O coordenador do Programa, Marcos Neme, explica que a proposta é incentivar novas ideias que possam ser validadas e apropriadas pelo mercado. O programa procura estimular, apoiar e alavancar iniciativas de inovação em tecnologia digital, buscando transformar o estado em um ambiente propício e atrativo para o desenvolvimento do empreendedorismo digital.

De lá para cá, foram lançadas cinco edições do Programa. Em sua última, em 2020, o programa chegou a nove cidades. Além do polo de Petrópolis, hoje o StartupRio tem projetos na cidade do Rio de Janeiro, Barra Mansa, Campos dos Goytacazes, Engenheiro Paulo de Frontin, Itaperuna, Macaé, Mangaratiba e Vassouras.

Neme ressalta os excelentes resultados do Programa. Nesses nove anos, foram investidos mais de R$ 15 milhões em 260 startups. Uma nova edição do programa está sendo preparada e deverá ser anunciada em breve. A proposta é ampliar o StartupRio para 20 polos em diferentes municípios do Rio.

Topo da página