O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Acesso à Informação > Ouvidoria FAPERJ
Publicado em: 10/10/2016 | Atualizado em: 04/12/2017

Ouvidoria FAPERJ

Qual a importância da Ouvidoria na Faperj?

A Ouvidoria da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, regulamentada através de Estatuto, conforme  Decreto nº 45.931, de 20 de fevereiro de 2017, recebe e trata, em 2ª instância, as manifestações não solucionadas pelos canais de  atendimento convencionais. Sua finalidade é receber, encaminhar e acompanhar junto as  áreas competentes: sugestões, reclamações, denúncias e elogios recebidos dos Pesquisadores, das Universidades, Instituições Científicas e Tecnológicas, das incubadoras e Empresas de Base Tecnológica e dos Núcleos de Pesquisa e Inovação Tecnológica .

Por meio deste canal de acesso, todo cidadão poderá expressar seus anseios e críticas, que serão retransmitidos às áreas responsáveis de forma a garantir atendimento e resposta a todas as manifestações encaminhadas à Fundação.

Atuará de forma transparente, visando obter da sociedade contribuições que elevem a qualidade dos serviços prestados.

As reclamações direcionadas à Ouvidoria Faperj serão analisadas e respondidas, no prazo regulamentar de até 10 dias

Ouvidora: Nancir Sathler


Quando recorrer à Ouvidoria?

A Ouvidoria não substituirá a Central de Atendimento. Ao contrário, atuará em última instância para tratar as questões não resolvidas por esse canal, ou quando os manifestantes não se sentirem satisfeitos com o resultado e tratamento recebidos, e desejarem uma nova apreciação sobre as questões apresentadas.

  • 1º Para o atendimento na Ouvidoria deverá ser identificado o número de protocolo fornecido pela Central de Atendimento da Faperj.

Caso não tenha procurado a Central de Atendimento para expor sua manifestação clique aqui.


Qual a melhor maneira de fazer contato com a Ouvidoria

Para facilitar o contato com a Ouvidoria, a Faperj aderiu ao Sistema Eletrônico da Ouvidoria Geral da União, chamado e-OUV, que poderá ser utilizado por qualquer pessoa que tenha acesso à internet. Este sistema funciona de forma integrada, isto é, permite que você possa, por uma única página na internet, fazer manifestações para vários órgãos diferentes.

O e-OUV poderá ser acessado diretamente no link abaixo: 

    Sistema eletrônico e-Ouv                            Manual do Cidadão para uso do e-Ouv
                                        

 

Dúvidas? Veja a lista de perguntas frequentes

http://www.ouvidorias.gov.br/cidadao/perguntas-frequentes

 

ACESSO À INFORMAÇÃO

Lei de Acesso à Informação,  nº 12.527/2011 regulamenta o direito constitucional de qualquer cidadão  obter informações públicas de seu interesse. Essa norma entrou em vigor em 16 de maio de 2012 e criou mecanismos que possibilitam a qualquer pessoa, física ou jurídica, sem necessidade de apresentar motivo, o recebimento de informações públicas dos órgãos e entidades governamentais.

No Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Lei de Acesso à Informação foi regulamentada pelo Decreto nº 43.597/2012.

Por meio dessa lei, é possível acompanhar todas as informações produzidas ou custodiadas pelo poder público, portanto, acessíveis a todos  , ressalvadas as  hipóteses de sigilo legalmente estabelecidas.

 

SAIBA MAIS:

Lei de Acesso à Informação Pública RJ

e-SIC (Sistema Eletrônico
do Serviço de Informações 
ao Cidadão)

Transparência 



Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes