O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Embrapa lança CD-Rom sobre Johanna Döbereiner
Publicado em: 30/04/2003

Embrapa lança CD-Rom sobre Johanna Döbereiner

Em comemoração aos seus 30 anos de existência, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, lançou no dia 29 de abril, na sua sede, em Brasília, o CD-Rom "Johanna Döbereiner – 49 anos dedicados à Pesquisa em Microbiologia do Solo", uma coletânea dos trabalhos de uma das maiores cientistas do Brasil. Johanna Döbereiner trabalhou na Embrapa desde a sua criação até outubro de 2000, quando morreu.

Financiado com recursos do Programa de Editoração da FAPERJ, o CD-Rom foi produzido pelo Centro Nacional de Pesquisa em Agrobiologia (Embrapa Agrobiologia), em Seropédica, nas versões português e inglês. O Trabalho reúne informações sobre a vida pessoal e profissional da Professora Johanna Döbereiner, a sétima cientista brasileira mais citada pela comunidade científica mundial e a primeira entre as mulheres. Em 1997, a pesquisadora foi indicada para o Prêmio Nobel de Química.

O CD traz fotografias, premiações, reportagens e a produção cientifica da pesquisadora com 528 trabalhos, entre anais, artigos de periódicos, capítulos de livros, folhetos, livros, produções da Embrapa e resumos. O projeto reuniu 12 profissionais, que trabalharam na pesquisa, elaboração de conteúdo e desenvolvimento.

Formada em Agronomia pela Universidade de Munique, Alemanha, em 1950, Johanna Döbereiner dedicou sua vida profissional à Microbiologia do Solo e, sobretudo, às pesquisas sobre fixação biológica de nitrogênio. Ao chegar no Brasil, naquele mesmo ano, iniciou seu trabalho em um dos institutos do Ministério da Agricultura, hoje Embrapa Agrobiologia.

Os resultados das pesquisas de Johanna Döbereiner tiveram consideráveis repercussões econômicas para o país. O programa brasileiro de melhoramento da soja, totalmente baseado no processo de fixação biológica de nitrogênio, foi influenciado por seu trabalho e representa hoje para o Brasil uma economia anual de mais de US$ 1 bilhão em fertilizantes nitrogenados.

As pesquisas realizadas por Johanna Döbereiner influenciaram o trabalho de uma nova geração de pesquisadores brasileiros e, também, iniciativas como o Projeto Genoma do Rio de Janeiro (RioGene). O programa, coordenado pela FAPERJ, tem por objetivo fazer o seqüenciamento do genoma da Gluconacetobacter diazotrophicus, bactéria responsável pela fixação biológica do nitrogênio na cana-de-açúcar.

Johanna Döbereiner teve seu trabalho reconhecido mundialmente de várias maneiras, como atesta a ampla lista de prêmios, homenagens e distinções, tanto no Brasil como em outros países. Foi membro das Academias Brasileira de Ciências, de Ciências do Vaticano e de Ciências do Terceiro Mundo.

 

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes