O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 30 de abril a 6 de maio de 2020
Publicado em: 30/04/2020

Notas - Semana de 30 de abril a 6 de maio de 2020

Prêmio 'Para Mulheres na Ciência', da L'Oréal, recebe inscrições até o dia 8 de maio
A 15ª edição do prêmio Para Mulheres na Ciência, realizado pela L'Oréal, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e a Academia Brasileira de Ciências (ABC), está com inscrições abertas até o dia 8 de maio. De acordo com os organizadores, a iniciativa tem como motivação "a transformação do ambiente científico, favorecendo a equidade de gêneros no cenário brasileiro e incentivando a entrada de jovens mulheres no universo científico". Todos os anos, na edição brasileira, sete jovens pesquisadoras das áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Ciências Químicas e Matemática são contempladas com uma bolsa-auxílio de R$ 50 mil cada, para dar prosseguimento aos seus estudos. O prêmio distribuiu, até o momento, mais de R$ 4,2 milhões entre 96 mulheres cientistas. Para participar, é necessário que a candidata tenha concluído o doutorado a partir de 1º de janeiro de 2013, tenha residência estável no Brasil e desenvolva projetos de pesquisa em instituições nacionais, entre outros requisitos. As vencedoras serão conhecidas a partir de agosto de 2020. Mais informações: https://www.paramulheresnaciencia.com.br/inscricoes

Sociedades científicas organizam a Marcha Virtual pela Ciência
Na quinta-feira, dia 7 de maio, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e as mais de 70 sociedades científicas, dentre elas, Academia Brasileira de Ciências (ABC), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), realizam a Marcha Virtual pela Ciência. Com atividades transmitidas pelas redes sociais da SBPC (@SBPCnet) ao longo do dia, a manifestação chama a atenção para a importância da ciência no enfrentamento da pandemia de Covid-19 e de suas implicações sociais, econômicas e para a saúde das pessoas. Além de debater a situação da ciência brasileira, que tem sofrido uma redução drástica dos recursos que seriam, inclusive, cruciais no enfrentamento dessa grave crise sanitária e econômica, a Marcha Virtual pela Ciência vai discutir as formas como a ciência pode colaborar, os impactos da pandemia na saúde, na economia, na educação, na vida das pessoas, e quais caminhos para o enfrentamento dessas consequências são mais adequados para serem seguidos no Brasil. Além dos seminários online, as entidades promovem duas ondas de tuitaços no dia, um às 12h e outro às 18h, com as hashtags #paCTopelavida e #FiqueEmCasacomaCiência. Mais informações: http://portal.sbpcnet.org.br/marcha-virtual-pela-ciencia

5ª edição dos webinários da ABC discutirá Ciência, Inovação e Covid-19
No enfrentamento da Covid-19, os cientistas brasileiros, as universidades e as instituições ligadas à Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) têm procurado respostas rápidas e eficientes. O momento demanda um parque industrial capaz de produzir fármacos e equipamentos de forma rápida e adequada. Para falar sobre esses assuntos, os webinaristas da 5ª edição dos webnários da Academia Brasileira de Ciências (ABC), que se realizará na terça-feira, dia 5 de maio, das 16h às 18h, serão o médico epidemiologista Maurício Lima Barreto, pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-BA), professor aposentado da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e membro titular da ABC; o engenheiro químico Pedro Wongtschowski, pesquisador associado da Universidade de São Paulo (USP) e gestor de inovação com atuação na Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), no Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) e na Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras (Anpei); e a cientista da computação e engenheira Francilene Procópio Garcia, professora e pesquisadora da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com atuação em gestão no Governo do Estado da Paraíba, no Conselho Nacional de Secretários de CT&I (Consecti), na Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Mais informações: http://www.abc.org.br/evento/webinarios-da-abc-5

Nota das universidades públicas estaduais analisa política de ajuste fiscal e contingenciamentos orçamentários
O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais do Rio de Janeiro (Cruerj), entidade que reúne a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e Fundação Centro Universitário da Zona Oeste (Uezo), emitiu nesta quinta-feira, 30 de abril, a nota conjunta “Superando os dogmas da austeridade para sair da crise”. No documento, manifestam publicamente sua preocupação sobre os contingenciamentos orçamentários que as universidades vêm sofrendo em razão da política de ajuste fiscal e da omissão do Governo Federal, neste contexto de enfrentamento da pandemia de Covid-19. Na nota, que será enviada ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, os reitores enfatizam que o Governo Federal não pode deixar de cumprir seu papel no repasse de verbas e criticam a exigência de contrapartidas. Mais informações (em pdf): https://www.uerj.br/wp-content/uploads/2020/04/Nota-CRUERJ-SUPERANDO-OS-DOGMAS-DA-AUSTERIDADE-PARA-SAIR-DA-CRISE.pdf

Acordo de Paris: o mundo está 22 bilhões de toneladas de CO2 além da meta
Estudo publicado pela revista Nature Communications, nesta quarta-feira, 29 de abril, aponta que, em 2030, a emissão mundial de gases do efeito estufa será 22,4 bilhões de toneladas de CO2-equivalente (22,4 GtCO2eq) acima do limite necessário para que o aquecimento global não supere 2° Celsius acima dos níveis pré-industriais. O artigo Taking stock of national climate policies to evaluate implementation of the Paris Agreement é assinado por pesquisadores de vários países, entre eles os professores do Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ) Roberto Schaeffer e Pedro Rochedo, e o pesquisador Alexandre Koberle, doutor em Planejamento Energético pela Coppe. Em resumo, se mantidas as políticas climáticas atuais, os países não cumprirão o Acordo de Paris. A situação fica ainda mais crítica se levado em conta a recomendação do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), de o aquecimento global não superar 1,5° C. Nesse caso, o desafio será ainda maior: 28,2 gigatoneladas de CO2. Segundo o professor da Coppe, Roberto Schaeffer, para fechar este hiato até 2030, o uso de energia renovável deveria crescer 6,9%, a eficiência energética deveria crescer 9,6% (cenário de 2º C) ou, respectivamente, 13% e 17,5% (cenário de 1,5ºC). O estudo foi baseado nas bases de dados de políticas públicas dos sete países (Brasil, China, Estados Unidos, Índia, Japão, Rússia e União Europeia) que mais emitem gases causadores de efeito estufa (GEE) e uma análise de cenários multimodelos. Mais informações: https://www.nature.com/articles/s41467-020-15414-6

Impa terá atividades virtuais em comemoração ao Dia Nacional da Matemática 
Em comemoração ao Dia Nacional da Matemática (6 de maio), o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) preparou uma série de atividades online. A ideia é celebrar a Matemática sem sair de casa e assim, seguir as medidas de isolamento social. A #SemanaNacionaldaMatemática acontece entre segunda, dia 4 de maio, e sexta-feira, dia 8, e conta com uma programação de lives com pesquisadores de diferentes áreas e o webinar “Matemática em Tempos de Crise”. Além de marcar a data, a iniciativa tem como objetivo divulgar temas ligados a matemática e a ciência. De segunda a quinta-feira será possível poderá acompanhar as lives, que acontecerão sempre às 15h, no perfil de instagram do IMPA. No primeiro dia, Carolina Araujo, pesquisadora do Impa, conversa com o geneticista Hugo Aguilaniu, diretor-presidente do Instituto Serrapilheira, sobre o papel da ciência básica. A pandemia do novo coronavírus será tema da conversa entre o diretor-geral do Impa, Marcelo Viana, e o biólogo e divulgador científico Atila Iamarino, na terça-feira, dia 5. Eles vão falar da importância da ciência e da matemática no combate à Covid-19. Na quarta-feira, a live será  sobre o projeto “Livro Aberto de Matemática”, que cria coleções de livros didáticos da área para a Educação Básica de forma colaborativa e com licença aberta (Creative Commons). O bate-papo será entre o professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) Humberto Bortolossi e um dos criadores do “Livro Aberto” Fabio Simas, diretor da Escola de Matemática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Para os entusiastas das competições científicas, vale acompanhar a live do coordenador-geral da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) Carlos Gustavo Tamm, mais conhecido como “Gugu”, com Samuel Barbosa, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) que lidera equipes em torneios internacionais como a Romanian Master of Mathematics (RMM). Na quinta-feira, dia 7, eles vão contar histórias da OBM e falar da Matemática das olímpiadas. O webinar “Matemática em Tempos de Crise” fecha a programação da #SemanaNacionaldaMatemática na sexta-feira, às 11h. Mediado pela jornalista de ciência Sabine Righetti, coordenadora da Agência Bori, o debate vai abordar as aplicações da ciência em momentos complicados da história. O matemático Tiago Pereira, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, da Universidade de São Paulo (ICMC/USP), fala sobre as modelagens desenvolvidas por pesquisadores da área para a Covid-19; o pesquisador do Impa Luciano Irineu comenta o uso de ferramentas matemáticas nas maiores crises econômicas da história e Marcelo Viana dará um panorama dos avanços da computação durante a 2ª Guerra Mundial. Mais informações: https://impa.br

Mast em Casa reúne especialistas para debater sobre o coronavírus
Para manter-se próximo de seu público durante o período de isolamento social, o Museu de Astronomia e Ciências Afins realiza a iniciativa Mast em Casa, que reúne ações para levar conteúdo e conhecimento pela internet às pessoas. Além de oferecer visitas remotas ao conteúdo das exposições, o Museu desenvolveu o projeto "Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia", uma série de vídeos com especialistas de diferentes áreas do conhecimento, que visa a estimular a reflexão sobre este momento que vem alterando a rotina da população mundial, devido ao enfrentamento à epidemia global. Os vídeos são postados sempre às segundas-feiras, no Canal do Mast no Youtube. Mais informações: http://portal.mast.br/pt-br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes