O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Editora da Uerj inaugura livraria própria no campus Maracanã
Publicado em: 10/01/2019

Editora da Uerj inaugura livraria própria no campus Maracanã

Débora Motta

A partir da esq., Georgina Muniz, Jerson Lima Silva, Ruy Marques,
Leonardo Rodrigues e Maria Isabel Souza (Fotos: Lécio A. Ramos)

Às vésperas de completar 25 anos de existência, a Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (EdUERJ) inaugurou na manhã desta terça-feira, 8 de janeiro, uma livraria própria, em um espaço localizado no andar térreo do Pavilhão Reitor João Lyra, no campus Maracanã da universidade. Destinada a comercializar obras acadêmicas, a livraria apresenta um catálogo que reúne livros editados pela EdUerj – muitos, publicados com recursos da FAPERJ, por meio do programa Auxílio à Editoração (APQ 3) – e livros de diversas outras editoras universitárias nacionais.  

“É uma grande satisfação termos a presença de representantes da Secti [Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação] e da FAPERJ já na primeira semana dessa nova gestão estadual, na inauguração desse espaço tão importante, da Livraria EdUERJ. Espero que possamos estar juntos em muitos outros eventos que fortaleçam a Uerj e o estado do Rio de Janeiro”, disse o reitor da Uerj, Ruy Garcia Marques. “No próximo mês de maio a EdUERJ completa 25 anos, e a inauguração da livraria é uma bela forma de dar início aos festejos desse jubileu de prata. Além do espaço para a venda de livros, em breve também teremos uma área para a venda de artigos de papelaria e de artigos com a marca Uerj”, completou o reitor, que aproveitou a oportunidade para destacar a volta à normalidade do calendário acadêmico da Uerj, que sofreu atrasos pela paralisação das aulas, especialmente nos anos de 2016 e 2017.

Durante a inauguração da Livraria da EdUerj, o novo secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, parabenizou a Uerj e afirmou que pretende expandir essa iniciativa para outras instituições vinculadas à Secretaria. “É importante difundir a informação que temos todo esse acervo na Uerj. Estamos conversando sobre a ideia de também inaugurarmos uma livraria universitária na Faetec [Fundação de Apoio à Escola Técnica], porque o conhecimento é o que temos de mais valioso. Na nossa visão, quanto mais investimento na área de formação cultural e desenvolvimento cientifico, melhor. Essa é uma iniciativa a ser copiada”, disse.

Na sua primeira participação em um evento público como presidente da FAPERJ, Jerson Lima Silva reafirmou o compromisso de manter um olhar atento às necessidades de fomento das universidades estaduais. “Certamente, a Uerj é a nossa menina dos olhos. Teremos um ano de muito trabalho, e espero contar com todos, pois precisamos de muitas mãos e muitos cérebros nessa missão”, disse. Ele também destacou a importância da inauguração da Livraria da EdUerj. “A inauguração da Livraria da EdUerj é bastante simbólica, pois estamos em um momento de crise no mercado editorial. O espaço será uma forma de dar visibilidade a publicações de qualidade, já que muitas delas passaram pelos critérios de seleção para receberem o apoio dado pelo programa de editoração da FAPERJ, e será um reforço nas áreas da divulgação científica e educação”, afirmou.

Coordenador da EdUerj, Gláucio Marafon destacou que a livraria
será um espaço importante para valorizar a produção acadêmica

O coordenador da EdUerj, Gláucio Marafon, falou sobre o perfil da Livraria da EdUERJ. “A abertura da livraria da EdUERJ é uma forma de valorizar a produção acadêmica universitária. Antes, a EdUerj não tinha um espaço físico para expor as suas obras, só tinha um catálogo virtual. A Uerj passou por um momento muito difícil de crise e a abertura desse espaço é um movimento de resistência. O espaço vai incentivar a produção de autores da universidade e vai sediar eventos culturais mensais e lançamentos de livros”, resumiu Marafon. “Mais da metade das obras presentes no acervo da livraria é de publicações que foram editadas com apoio da FAPERJ, pelo programa APQ 3”, ressaltou.

A gerente comercial da EdUERJ, Renate Schele, falou sobre o acervo da EdUERJ, que já conta com um catálogo próprio com cerca de 600 obras acadêmicas e científicas publicadas. “Temos quase 200 editoras universitárias espalhadas pelo País e a nossa ideia é trabalhar com a venda de obras publicadas por todas elas. Hoje, temos em nosso acervo, para a venda, livros de quatro editoras universitárias: a Editora da Universidade Federal Fluminense (EdUFF), a Editora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Editora da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí)”, explicou. O local vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h.

Estiveram também presentes à cerimônia a subsecretária de Ensino Superior, Pesquisa e Inovação da Secti, Maria Isabel de Castro; a vice-reitora da Uerj, Maria Georgina Muniz Washington; a sub-reitora de Graduação da universidade, Tânia Maria de Castro Carvalho Netto; a diretora Científica da FAPERJ, Eliete Bouskela; o sub-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Egberto Gaspar de Moura; o prefeito dos campi da Uerj, Geraldo Luiz Ferreira Cerqueira; além do chefe de gabinete da reitoria, Roberto Dória, e de outros gestores, representantes acadêmicos, professores, técnicos administrativos e estudantes.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes