O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 10 a 16 de dezembro de 2015
Publicado em: 10/12/2015

Notas - Semana de 10 a 16 de dezembro de 2015

Instituto Tecnológico Vale oferece 50 bolsas de pesquisa em convênio com o CNPq
Instituição sem fins lucrativos, de pesquisa e ensino de pós-graduação, o Instituto Tecnológico Vale (ITV) está selecionando bolsistas para atuar em seus projetos de pesquisa científica e tecnológica. A data limite para inscrições é 18 de dezembro. Por meio de convênio com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) serão concedidas bolsas nas modalidades Especialista Visitante (BEV), Pesquisador Visitante (PV), Pós-doutorado Empresarial (PDI) e Desenvolvimento Tecnológico Industrial (DTI), nas modalidades: A (Profissional de nível superior com, no mínimo, seis anos de efetiva experiência em atividades de pesquisa, desenvolvimento ou inovação), B (Profissional de nível superior com, no mínimo, dois anos de efetiva experiência em atividades de pesquisa, desenvolvimento ou inovação) e C (Profissional de nível superior). São três os temas de pesquisa: Computação Avançada, Meteorologia & Mudança do Clima, Tecnologias de Mineração e Automação e Integração de Processos; Biodiversidade, Biotecnologia, Ecologia e Serviços ambientais e Ciência do Solo e Planta; e Geologia Ambiental, Recursos Hídricos, Socioeconomia & Sustentabilidade. Mais informações: www.vale.com/brasil/pt/initiatives/innovation/itv/technological-institute-vale-cnpq/paginas/default.aspx

Documentário discute as Intolerâncias da fé
Está disponível na plataforma on-line do Canal Futura o curta documentário Intolerâncias da Fé. A partir do depoimento de pesquisadores, lideranças religiosas e praticantes de religiões afro-brasileiras, o filme pretende retratar os conflitos religiosos ocorridos no espaço público e analisar o tratamento conferido a estes conflitos pela sociedade e por instituições como a escola e a polícia. Os episódios de intolerância religiosa e a exposição de aspectos da luta histórica dos adeptos das religiões de matriz africana e brasileira por legitimação e reconhecimento mostram que ninguém quer ser tolerado, e sim respeitado. A direção do curta é de Alexandre B. Borges, Fernando de Sousa e Taís Capelini. A escritora Stela Guedes Caputo, autora do livro Educação nos Terreiros, lançado com apoio da FAPERJ, com o Auxílio à Editoração (APQ 3) e professora da Escola de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), é uma das personagens do documentário. O objetivo é que o curta seja exibido em escolas da rede pública e privada do estado do Rio de Janeiro, além de universidades, centros culturais e outros espaços com interesse em discutir o tema. Mais informações: http://www.futura.org.br/saladenoticias/videos/intolerancia-da-fe

LNCC inaugura o supercomputador Santos Dumont
O Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) inaugura nas próximas semanas, em sua sede em Petrópolis, o supercomputador Santos Dumont, considerado o maior da América Latina. O supercomputador está instalado em dois contêineres, que unificados receberam uma cobertura que representa o chapéu de Santos Dumont. No interior da instalação, encontra-se a famosa frase de Santos Dumont: “O homem há de voar.” Por ser petaflópico, ou seja, realiza até 1.015 operações de ponto flutuante por segundo, equivalente a operações de somas e subtrações, simbolicamente o supercomputador “voa”. A Rede Nacional de Pesquisa (RNP) integrará o supercomputador ao Sinapad (Sistema Nacional de Processamento de Alto Desempenho) − uma rede de centros de computação de alto desempenho distribuídos pelo Brasil, instituída pelo MCTI e coordenada pelo LNCC. O equipamento foi desenvolvido na França e adquirido da empresa francesa Atos/Bull e faz parte do Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (TI Maior), do MCTI, por meio do acordo Brasil/França em Computação de Alto Desempenho. Os recursos para aquisição, instalação e operação do sistema no primeiro ano foram alocados pelo MCTI através do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (R$ 60 milhões) via Finep. O supercomputador será útil para diversas áreas e deve impulsionar ainda mais o setor de pesquisa. Alguns segmentos da nossa economia, como os de petróleo e gás, nanotecnologia, aeronáutica, segurança cibernética e serviços de análise de riscos financeiros valem-se a algum tempo da supercomputação. Mais informações: http://www.lncc.br/estrutura/default.php

Livro sobre encenadores teatrais do Brasil e de Portugal será lançado na segunda-feira
No próximo dia 14 de dezembro, segunda-feira, a partir das 19h, na Blooks Livraria, no Shopping Botafogo (Praia de Botafogo, 316, Rio de Janeiro), será lançado o livro Narrativas em cena: Aderbal Freire-Filho (Brasil) e João Brites (Portugal) (Ed. Móbile Editorial, 2015, 288 p.). Apoiado pelo programa Auxílio à Editoração (APQ 3), o livro é resultado da tese de doutorado que o autor, Juarez Guimarães Dias, defendeu em 2012 na programa de pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). A obra faz um exame teórico e analítico de espetáculos teatrais contemporâneos que partem da encenação de romances literários, tendo como objetos de estudo o trabalho dos diretores teatrais Aderbal Freire-Filho, brasileiro, e João Brites, português, ambos com uma carreira de mais de 40 anos. Mais informações: www.mobileditorial.com.br/

Políticas de preservação do patrimônio em Juiz de Fora é tema de publicação
Com lançamento programado para a próxima quinta-feira, 17 de dezembro, no Nosso Armazém (Rua Artur Bernardes, 14, Loja C, Catete), o livro “Cidade (I)material: museografias do patrimônio cultural no espaço urbano” (Ed. Mauad X, 2015, 272 p.), de Daniel Reis, traz um cuidadoso trabalho de recomposição da trajetória da institucionalização da preservação do patrimônio em Juiz de Fora, Minas Gerais. O autor faz uma análise dos rumos percorridos pelas políticas locais, referentes ao patrimônio material e imaterial, mapeando também as especificidades surgidas ao longo do tempo, assim como a diversidade de tratamento fornecida por diferentes gestões públicas e atores sociais. Daniel Reis é pesquisador do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular, órgão vinculado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e sua obra teve o apoio da FAPERJ, por meio do programa Auxílio à editoração (APQ 3). Mais informações: www.mauad.com.br

Casa de Rui Barbosa realiza encontro da série “Cultura Brasileira Hoje: Diálogos”
O próximo encontro da série “Cultura Brasileira Hoje: Diálogos”, promovido pela Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), acontece no próximo dia 11 de dezembro, às 16 horas. O evento conta com a presença do arquiteto e urbanista Paulo Mendes da Rocha e do físico e cientista Mário Novello, além dos debatedores Otávio Leonídio, Luiz Alberto Oliveira, Carlos Tomei, Nelson Job, Maria Borba, Bia Lessa, Ronaldo Brito, Denise Solot, João Masao, Elena O'Neill e Bruno Siniscalchi. O evento, com entrada gratuita, acontece na sala de cursos da FCRB (Rua São Clemente, 134, Botafogo, Rio de Janeiro). A série tem o objetivo de investigar o estado das artes, da literatura e da crítica no País, assim como as formas de interação entre esses campos e as dinâmicas intelectuais em jogo no Brasil do começo do século XXI. Iniciada em 2004-5, a série reúne, em depoimentos conjuntos, duplas de intelectuais e artistas de atuação relevante em campos diversos de trabalho. Mais informações: http://www.casaruibarbosa.gov.br

Fiocruz abre inscrições para especialização em Comunicação e Saúde
Estão abertas as inscrições para a especialização em Comunicação e Saúde oferecido pela Gestão Acadêmica do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz). O curso visa à formação de especialistas na área, na perspectiva da garantia do direito universal à saúde e do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). A especialização é voltada para graduados nas áreas de saúde, comunicação e afins, e que atuem ou desejam atuar nas instituições de saúde, comunicação, movimentos sociais, programas e projetos relacionados ao tema. Ao todo, são oferecidas 20 vagas. Com carga horária de 380 horas, o curso terá aulas presenciais ministradas de março a dezembro de 2016, concentradas no período de uma semana, preferencialmente, uma por mês, em período integral (das 9h às 17h). Ao final, os alunos deverão entregar a versão final do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Os interessados podem fazer suas inscrições pelo site da Plataforma SIGA (www.sigals.fiocruz.br), seguindo os links Inscrição > Presencial > Especialização >Icict> Comunicação e Saúde – 2016/Sede. Também está disponível a chamada pública para estudantes estrangeiros que quiserem se matricular na especialização do Icict. Nos editais, é possível obter informações como o cronograma de inscrição e realização das provas, a documentação solicitada e outros assuntos. Dúvidas devem ser direcionadas para a Gestão Acadêmica do Icict, que fica na Av. Brasil, 4.036, sala 210, no Prédio da Expansão do Campus, em Manguinhos (Rio de Janeiro), no horário de 9h as 16h, ou pelo telefone (21) 3882-9033 e e-mail gestaoacademica@icict.fiocruz.br. Mais informações: http://www.icict.fiocruz.br/content/abertas-inscri%C3%A7%C3%B5es-para-especializa%C3%A7%C3%A3o-em-comunica%C3%A7%C3%A3o-e-sa%C3%BAde-2016

Bolsista Nota 10 ganha prêmio de inovação do Grupo Fleury
O bolsista de doutorado Nota 10 da FAPERJ Allan Kardec Nogueira de Alencar, que é aluno do programa de pós-graduação em Farmacologia e Química Medicinal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi agraciado recentemente com o I Prêmio de Inovação do Grupo Fleury, em São Paulo. Ao todo, 69 trabalhos foram inscritos na primeira edição do prêmio, sendo 18 selecionados para apresentação oral. Seis teses de doutorado receberam menção honrosa e o trabalho de Allan ganhou o prêmio principal, com o tema “Desenvolvimento de novos agonistas de receptores de adenosina A2A para a reversão do remodelamento cardíaco e vascular em ratos com hipertensão arterial pulmonar”. Foram inscritos trabalhos que envolvem desde pesquisas básicas voltadas para a área de métodos moleculares, até tratamentos terapêuticos e inovações tecnológicas, para a criação de ferramentas que facilitam o dia a dia do corpo médico. Mais informações: www.fleury.com.br

Fundação Casa de Rui Barbosa lança site Escravidão, abolição e pós-abolição
A Fundação Casa de Rui Barbosa lançou o site Escravidão, abolição e pós-abolição (http://www.memoriaescravidao.rb.gov.br), cuja finalidade é contribuir para a pesquisa sobre a escravidão e sua abolição no Brasil. Destinado a pesquisadores de todos os níveis e idades, o site disponibiliza documentos e dados nas seguintes áreas: documentos digitalizados, que podem ser consultados e baixados pelo pesquisador; as exposições “O registro da escravidão na vida privada” e “A abolição e seus registros na vida privada”, que reúnem documentos sobre os dois temas, apresentadas em dois catálogos; um vocabulário controlado que define termos mais consagrados que envolvem a memória da escravidão no Brasil; textos e links de textos de pesquisadores referentes aos temas; sugestão de links de sítios correlatos; seção voltada para os estudantes onde, por meio de jogos como caça-palavras, quiz, jogo da memória e desafio da transcrição, será possível entrar em contato com documentos textuais e imagens históricas sobre a escravidão; e a tradução “The Trans-Atlantic Slave Trade Database, que reúne dados de expedições de tráfico de escravos no período de 1514 a 1866, disponível em http://www.slavevoyages.org/voyage. Gradativamente, serão digitalizados mais documentos, os jogos oferecerão mais opções (hoje são 40 jogos disponíveis de forma alternada) e mais exposições estarão no ar. O projeto foi desenvolvido pelos servidores do Serviço de Arquivo Histórico e Institucional da Fundação Casa de Rui Barbosa, Leandro Jaccoud, Renata Barbatho e Priscila Vaisman, sob a coordenação de Lucia Maria Velloso de Oliveira, em parceria com a equipe do Laboratório Lambda da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), sob a coordenação de Ana Pavanni. Mais informações: www.casaruibarbosa.gov.br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes