O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Editorial
Publicado em: 26/08/2002

Editorial

Editorial

A Ciência tem hoje um importante papel a desempenhar no estado do Rio de Janeiro. O de atenuar a injustiça social apontando, a partir das descobertas científicas e tecnológicas, soluções para problemas estruturais, principalmente nas áreas de Saúde, Educação e Meio Ambiente. Instrumento decisivo para os países desenvolvidos, no Brasil a Ciência é fundamental devido ao déficit social que acumulamos. A utilização de recursos como o do DNA na investigação de paternidade, ou na elucidação de crimes, a princípio insolúveis, dão bem a dimensão de quanto é útil o trabalho de pesquisa em uma sociedade em desenvolvimento.

Isto, sem falar no papel que a Ciência pode desempenhar na prevenção dos vários males. Dos sociais - quando mapea a violência, identificando suas causas e apontando soluções e indicando a melhor política pública a ser adotada - aos de saúde, esclarecendo a população menos favorecida, no sentido de prevenir-se pelo que não pode pagar.

Lançar mão das novas tecnologias para o desenvolvimento da Educação é outra obrigação dos que integram a comunidade científica. Deter conhecimentos acima de grande parte da sociedade deve ser compensado com o esforço para que se amplie, cada vez mais, a oportunidade dos que querem aprender.

A democratização dos beneficiados da Ciência tem sido a atitude adotada pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, que só em 1999 despendeu mais de R$ 40 milhões para as pesquisas no setor. Quem ganha com essa política é a população, principal objeto das constantes descobertas. Ganham mais ainda os cientistas no aprimoramento das suas funções.

Fernando Peregrino
Diretor Superintendente da Faperj

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes