O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Programas > Programas
12/09/2016

Programas

Programas/editais visam ao fomento orientado, induzindo a pesquisa em temas relevantes e estratégicos, bem como de interesse econômico e social para o Estado do Rio de Janeiro. A lista abaixo traz exemplos de programas/editais lançados – regularmente ou não – em anos recentes:

Programa de Apoio a Núcleos de Excelência – Pronex - Destina-se a apoiar a execução de projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação de grupos de pesquisa de reconhecida excelência no Estado do Rio de Janeiro, fornecendo suporte financeiro ao desenvolvimento dos trabalhos. A proposta deve ser apresentada pelo líder do grupo e coordenador do projeto, que precisa ser, necessariamente, bolsista de produtividade categoria 1A ou 1B no CNPq ou equivalente, vinculado a instituições científicas e tecnológicas sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Programa Bolsa Nota 10 - Destina-se a incentivar os Programas de Pós-Graduação do Estado do Rio de Janeiro de significativa excelência, mediante a concessão de bolsas com valores diferenciados a alunos de mestrado e doutorado com destacado desempenho acadêmico. Podem enviar propostas os Programas de pós-graduação stricto sensu com conceitos 5, 6 ou 7, pela avaliação da Capes.

Cientista do Nosso Estado - As bolsas “Cientistas do Nosso Estado” destinam-se a apoiar projetos coordenados por pesquisadores de reconhecida liderança em sua área, vinculados a instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado do Rio de Janeiro, visando prover financiamento mensal para o desenvolvimento de seus projetos de pesquisa, durante 36 meses. Os pesquisadores apoiados têm o compromisso de desenvolver, em cada um dos anos de vigência de suas bolsas, ao menos uma atividade científica/tecnológica (palestra, curso, exposição etc.) para alunos de escolas públicas (níveis fundamental ou médio) sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Jovem Cientista do Nosso Estado - As bolsas “Jovens Cientistas do Nosso Estado” destinam-se a apoiar projetos coordenados por pesquisadores em fase intermediária da carreira acadêmica, vinculados a instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado do Rio de Janeiro. Os pesquisadores devem ter obtido grau de doutor há menos de 10 (dez) anos, apresentarem boa produção científica e histórico de formação de recursos humanos. O financiamento é mensal, durante 36 meses. Os pesquisadores apoiados têm o compromisso de desenvolver, em cada um dos anos de vigência de suas bolsas, ao menos uma atividade científica/tecnológica (palestra, curso, exposição etc.) para alunos de escolas públicas (níveis fundamental ou médio) sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Estímulo à produção e divulgação científica e tecnológica - Apoio à produção de material didático para atividades de ensino e pesquisa - Destinam-se a apoiar a produção de material didático e de divulgação científica e tecnológica no Estado do Rio de Janeiro, por meio do lançamento de livros, manuais, números especiais de revistas (publicações temáticas), coletâneas científicas, vídeos, CDs e DVDs, entre outros, inclusive produções específicas para educação a distância. Atuam em complementaridade a uma importante modalidade de auxílio já tradicional da Fundação, o Auxílio à Editoração – APQ 3.

Programa FAPERJ/Fapesp sobre “Mudanças Climáticas Globais” - Tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa conjuntos entre pesquisadores dos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, visando à produção de conhecimento científico e tecnológico com formação de competências e alianças estratégicas entre os dois Estados no tema Mudanças Climáticas Globais. O Programa objetiva também o intercâmbio de pesquisadores e estudantes envolvidos nos projetos beneficiados, submetidos à FAPERJ, no Rio de Janeiro, e à FAPESP, em São Paulo.

PAPPE Subvenção – Rio Inovação (Parceria FAPERJ/Finep) - Destina-se a apoiar o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica no Estado do Rio de Janeiro por micro e pequenas empresas que se proponham a realizar atividades de desenvolvimento e inovação com potencial de inserção no mercado e/ou de alta relevância social. As áreas prioritárias são: energias, segurança pública e saneamento, serviços para refinaria e porto, construção naval e pólo gás-químico. São elegíveis como proponentes micro e pequenas empresas brasileiras sediadas no Estado do Rio de Janeiro que tenham auferido receita operacional bruta anual ou anualizada de até R$10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais), sendo definidas como Empresas Brasileiras as organizações econômicas instituídas para a produção ou a circulação de bens ou de serviços, com finalidade lucrativa, devidamente registradas na Junta Comercial, constituídas sob as leis brasileiras, e que tenham a sede de sua administração no País.

Pensa Rio – Apoio ao estudo de temas relevantes e estratégicos para o Estado do Rio de Janeiro - Estímulo à realização de projetos de pesquisa multidisciplinares abrangentes, em áreas relevantes e estratégicas para o Estado do Rio de Janeiro. Os projetos são desenvolvidos por grupos de pesquisadores de excelência consorciados com grupos de pesquisadores emergentes, de forma que essas associações permitam a interação e a integração entre diversos grupos de pesquisa, bem como a complementaridade das diferentes competências necessárias à consecução dos objetivos propostos. Além disso, e também como resultado duradouro, almeja-se que os projetos prevejam o estudo e a elucidação de problemas em temas relevantes e estratégicos, contribuindo de maneira efetiva para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social das diversas regiões do Estado do Rio de Janeiro.

Apoio a programas de pós-graduação stricto sensu em Universidades Estaduais - Destina-se a apoiar a aquisição de materiais de consumo, equipamentos, serviços diversos e a execução de obras de infraestrutura previstos em projetos apresentados por programas de pós-graduação stricto sensu credenciados pela CAPES e sediados em universidades estaduais, visando estimular e garantir a continuidade da progressão quantitativa e qualitativa de sua produção acadêmica.

Apoio à implantação, recuperação e modernização da infraestrutura para pesquisa nas Universidades Estaduais do Rio de Janeiro – Uerj, Uenf e Uezo - Objetiva apoiar a aquisição e manutenção de equipamentos, e a execução de obras de infraestrutura previstas em projetos apresentados por pesquisadores vinculados às Universidades Estaduais do Rio de Janeiro – Uerj, Uenf e Uezo –, que impulsionem a criação de novas perspectivas para as instituições. Os projetos apresentados deverão refletir a necessidade da aquisição de equipamentos ou da realização de obras de infraestrutura para a execução de um conjunto articulado de linhas de pesquisa; as metas a serem atingidas na proposta deverão ser explicitadas, enfatizando o desenvolvimento institucional, de modo a permitir o seu acompanhamento e avaliação.

Apoio às instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro - Destina-se a apoiar a aquisição e manutenção de equipamentos, bem como pequenas obras de infraestrutura necessárias para a execução de projetos em diferentes áreas da Ciência e Tecnologia, apresentados por pesquisadores vinculados a Instituições de Ensino e Pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro, exceto aqueles vinculados às Universidades Estaduais do Rio de Janeiro – Uerj, Uenf e Uezo, haja vista a existência de  programa similar específico para essas Instituições. Este apoio se constitui numa importante linha de financiamento para a consolidação de grupos de pesquisa, ampliação de acordos de cooperação com outras instituições e para o aumento da produtividade dos pesquisadores. Os recursos financeiros disponibilizados também possibilitam a melhoria das condições de estudo e de desenvolvimento de trabalhos científicos por alunos da graduação e da pós-graduação.

Apoio a núcleos emergentes de pesquisa no Estado do Rio de Janeiro – PRONEM (parceria FAPERJ-CNPq) - Programa de apoio a atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação que visa à consolidação de grupos de pesquisa considerados emergentes em instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro. Entende-se como grupo emergente aqueles grupos de pesquisa já estabelecidos ou em fase de implantação, liderados por pesquisadores com até 10 (dez) anos de doutoramento, cujo núcleo seja constituído por ao menos 3 (três) pesquisadores com linha de pesquisa comum ou complementar e com reputação técnico-científica reconhecida, vinculados a pelo menos duas instituições distintas e que tenham histórico de colaboração, por meio de projetos, publicações e orientações comuns.  

Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia - Destina-se a incentivar, estimular, promover e a apoiar iniciativas que versem sobre a Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia. Visa democratizar o conhecimento científico e tecnológico produzido, servindo como subsídio para a implementação de políticas públicas nessa temática. Os projetos devem ser coordenados por pesquisadores vinculados a Instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Apoio à melhoria do ensino em escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro - Objetiva apoiar iniciativas que visem à melhoria do ensino em escolas públicas, por meio de projetos que abordem temas relevantes ao processo de ensino-aprendizagem e que permitam o aprimoramento da infraestrutura dessas escolas (níveis fundamental e médio). A finalidade é contribuir para: (1) o estabelecimento da excelência do ensino em escolas públicas sediadas no Estado do Rio de Janeiro; (2) a capacitação e a atualização de professores das escolas públicas; (3) a melhoria da infraestrutura necessária ao ensino; e (4) a promoção do intercâmbio de instituições de ensino superior e pesquisa com escolas públicas sediadas no Estado do Rio de Janeiro. São elegíveis como proponentes pesquisadores vinculados a instituições de ensino e pesquisa públicas ou privadas sediadas no Estado, sempre em colaboração com professores de escolas públicas estaduais ou municipais.

Jovens Talentos - Destina-se à concessão de bolsas de pré-iniciação científica para estudantes do ensino médio público que tenham interesse e potencial para atuar em atividades de pesquisa em ciência e tecnologia.  Visa estimular a formação científica e identificar vocações, contribuindo para a difusão do conhecimento, desmistificando a ciência e articulando pesquisa e ensino. As atividades são desenvolvidas nos laboratórios das instituições científicas conveniadas, sob a orientação de pesquisadores.

Apoio a entidades estaduais de Ciência e Tecnologia – Faetec e Pesagro - Objetiva apoiar a implantação, adequação, modernização e otimização da infraestrutura de laboratórios e demais ambientes tecnológicos destinados à execução de projetos em diferentes áreas da Ciência e Tecnologia, apresentados por pesquisadores vinculados a instituições estaduais, como a Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro – Faetec e a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro – Pesagro. Este programa é uma das principais fontes de fomento para o desenvolvimento da Educação Profissional e Profissionalizante do Estado, pois contribui para a fixação dos professores na instituição, para o a melhoria do ensino e, conseqüentemente, para a melhoria da formação dos futuros técnicos e sua rápida absorção pelo mercado de trabalho.

Pesquisa em transplante de órgãos e tecidos no Estado do Rio de Janeiro - Objetiva estimular a realização de projetos de pesquisa na área de Transplante de Órgãos e Tecidos, mediante apoio à aquisição e manutenção de equipamentos, bem como à realização de pequenas obras de infraestrutura, com vistas ao incremento do Sistema de Transplante no Estado. As propostas submetidas devem refletir a necessidade de implantação, modernização e de funcionamento das unidades voltadas para essa atividade, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro.

Infraestrutura de biotérios em instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro - Programa destinado a apoiar a implantação, implementação, modernização, adequação e o funcionamento de biotérios que tenham como finalidade a produção ou manutenção de animais utilizados em projetos de pesquisas científicas e tecnológicas. Adicionalmente, também visa apoiar a implementação de Comitês de Ética em Pesquisa com Animais nas instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro, em conformidade com a Lei n.º 11.794/2008.

Pesquisa clínica em Hospitais Universitários sediados no Estado do Rio de Janeiro - Destina-se a apoiar o desenvolvimento de projetos de pesquisa clínica. Os projetos devem ser apresentados por pesquisadores pertencentes ao corpo clínico de hospitais universitários sediados no Estado do Rio de Janeiro e os recursos utilizados na aquisição e manutenção de equipamentos, bem como obras de infraestrutura, São definidos como Hospitais Universitários aqueles certificados como tal pela comissão mista dos Ministérios da Saúde e da Educação, de acordo com a portaria interministerial n.º 1.000, editada em 15 de abril de 2004.

Apoio ao estudo de doenças negligenciadas e reemergentes - Objetiva apoiar e estimular projetos de pesquisa sobre doenças reemergentes e negligenciadas que levem ao avanço do conhecimento em prevenção, diagnóstico e tratamento, com possibilidade de aplicabilidade clínica em curto prazo e que propiciem a efetivação de ações públicas para a melhoria da qualidade de vida da população do Estado do Rio de Janeiro. As doenças consideradas emergentes para este programa são: dengue, doença de Chagas, esporotricose, esquistossomose, febre amarela, hanseníase, leptospirose, leishmaniose, malária, paracoccidiose, riquetsiose e tuberculose. Destaca-se que dengue, malária e tuberculose são também contempladas em editais específicos, em parceria com outras FAPs, Capes, CNPq e Ministério da Saúde/Decit.

Programa FAPERJ/Firjan/Sebrae-RJ de Apoio ao Desenvolvimento do Design - Objetiva apoiar projetos de inovação na área de design de produtos de empresas sediadas no Estado do Rio de Janeiro. Entende-se por design o aperfeiçoamento funcional, ergonômico e visual dos produtos, de modo a atender às necessidades do consumidor, melhorando o conforto, a segurança e a satisfação dos usuários. São prioritários os setores industriais metal-mecânico, moveleiro/mobiliário, náutico, acessórios de moda, plásticos, eletroeletrônicos e de embalagens. Os projetos devem contemplar temas relacionados ao uso do design de produtos, visando à interação entre empresas fluminenses e profissionais com foco no incremento da competitividade.

Pesquisa para o SUS: gestão compartilhada em saúde (Parceria FAPERJ/MS-Decit/CNPq) - Trata-se de programa compartilhado entre o Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) do Ministério da Saúde (MS) e a FAPERJ, por intermédio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) que visa contribuir para o incremento científico e tecnológico no País, e para a redução das desigualdades regionais na área da saúde. O objetivo geral é apoiar pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, mediante aporte de recursos a projetos que contribuam para a resolução dos problemas prioritários de saúde da população do Estado do Rio de Janeiro e para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde.

Apoio à produção e divulgação das artes no Estado do Rio de Janeiro - Objetiva estimular a produção e a divulgação das artes no Estado do Rio de Janeiro, por meio do apoio a projetos de pesquisa nas seguintes subáreas/temas: Fundamentos e Críticas das Artes; Artes Plásticas; Música; Dança; Teatro; Ópera; Fotografia; Cinema; Artes do Vídeo; e Educação Artística.

Apoio à construção da cidadania da pessoa com deficiência - Destina-se a estimular a realização de projetos que tenham por objetivo o estudo e o provimento de diagnósticos e soluções em temas relacionados à promoção do direito à cidadania da pessoa com deficiência. Os projetos deverão gerar conhecimentos e práticas a serem adotadas na área do direito do deficiente, propiciando sua inclusão social, em especial nos seguintes temas: saúde, transporte, trabalho, acessibilidade, segurança, formação de profissionais, reforma curricular, divulgação e informação da sociedade acerca das necessidades e capacidades da pessoa com deficiência.

Projetos de pesquisa na área de Humanidades - Destina-se a estimular o fortalecimento de linhas de pesquisa na área de Humanidades e suas subáreas – Ciências Sociais, Sociais Aplicadas, Lingüística e Letras –, por meio do financiamento de projetos de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento desta área de pesquisa no Estado do Rio de Janeiro.

Apoio à Inovação Tecnológica - Visa apoiar projetos de inovação tecnológica desenvolvido por: (1) empresas brasileiras sediadas no Estado do Rio de Janeiro com receita operacional bruta anual ou anualizada até R$ 10.500.000,00 e excepcionalmente, médias empresas com receita operacional bruta anual ou anualizada até R$ 60.000.000,00; (2) empresas públicas do Estado do Rio de Janeiro; (3) empresários que exerçam atividades como produtores rurais, (4) sociedades cooperativas; (5) inventores independentes e empreendedores individuais. Os proponentes poderão, ou não, estar em cooperação com Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) brasileiras que tenham por missão institucional, dentre outras, executar atividades de pesquisa básica ou aplicada para o incremento do desenvolvimento científico e tecnológico.

Apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico regional no Estado do Rio de Janeiro - Objetiva apoiar o desenvolvimento científico e tecnológico no Estado do Rio de Janeiro, por meio de ações integradas e focadas em vocações e prioridades regionais, com a otimização da competitividade de suas potencialidades, dentro de temas relevantes e estratégicos. Pretende-se contribuir para o desenvolvimento sócio-econômico das diversas regiões do Estado e propiciar a melhoria da infraestrutura de instituições de ensino superior e/ou pesquisa, ou de seus campi regionais, sediados fora da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Manutenção de Equipamentos Multiusuários - Objetiva propiciar recursos para a manutenção corretiva e/ou preventiva de equipamentos multiusuários de médio e grande porte, visando a mantê-los em bom funcionamento e, dessa forma, evitar interrupções nas atividades de pesquisa em áreas relevantes e estratégicas para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social do Estado do Rio de Janeiro. Define-se como equipamento multiusuário aquele de uso coletivo cuja utilização seja regulamentada por um comitê de usuários e administrado por um coordenador.

Apoio à aquisição de equipamentos de grande porte para instituições de ensino superior e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro - Destina-se a apoiar a aquisição de equipamentos de grande porte necessários para o desenvolvimento de linhas de pesquisa ativas ou projetos a serem implementados, mediante protocolo de viabilidade técnica-científica devidamente comprovada. Os projetos devem ser apresentados por pesquisadores vinculados a instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro, com anuência da direção de suas instituições de origem.

Apoio ao desenvolvimento da Tecnologia da Informação - Destina-se a apoiar projetos de inovação tecnológica para o desenvolvimento da tecnologia da informação, que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social do Estado do Rio de Janeiro. As propostas podem ser submetidas por inventores independentes, empreendedores individuais e empresas brasileiras sediadas no Estado do Rio de Janeiro, em cooperação ou não com Instituições Científicas e Tecnológicas brasileiras (ICTs).

Apoio ao desenvolvimento de modelos de inovação tecnológica social - Destina-se a apoiar o desenvolvimento de modelos de inovação tecnológica de aplicação social por empresas, produtores rurais, inventores independentes, empreendedores individuais ou sociedades cooperativas que propiciem a melhoria da qualidade de vida da população do Estado do Rio de Janeiro. Os temas considerados prioritários são: agricultura familiar ou cooperativada, hortas comunitárias, pecuária familiar ou cooperativada, aqüicultura, processos agroecológicos, abastecimento, produção de alimentos, segurança alimentar e nutricional, entre outros. Somente serão consideradas as propostas que promovam a inclusão social, que se caracterizem pela simplicidade, baixo custo e fácil aplicação, e que possibilitem a utilização de insumos e mão de obra disponível locais, protegendo o ambiente, produzindo um impacto positivo e capacidade de resolução de problemas sociais.

Apoio às Engenharias - Programa que tem por finalidade estimular a realização de projetos para melhorar e ampliar a formação de engenheiros nas diversas áreas. Objetiva contribuir para a criação, o fortalecimento e a ampliação de programas de pós-graduação stricto sensu em instituições de ensino e pesquisa (IES) publicas ou privadas sem fim lucrativo sediadas no Estado do Rio de Janeiro que tratem de assuntos relativos às áreas das engenharias; promover a inserção de alunos de graduação (bolsas de iniciação tecnológica) e de pós-graduação (bolsas de mestrado ou doutorado) em projetos de inovação tecnológica; e recuperar a infraestrutura das áreas de engenharia de IES. 

Estudo de soluções para problemas relativos ao meio ambiente - Destina-se a estimular projetos de pesquisa que visem ao estudo de soluções para problemas ambientais, propiciando a efetivação de ações públicas para a melhoria da qualidade de vida da população do Estado do Rio de Janeiro e do País. As propostas devem contemplar os temas: educação ambiental; meio ambiente, saneamento e saúde; mudanças climáticas e qualidade ambiental; uso do solo, erosão, eutrofização e recursos hídricos; e ecoturismo, entre outros.

Projetos de Extensão e Pesquisa – EXTPESQ - Objetiva incentivar, apoiar e promover projetos de extensão em interface com pesquisa científica e/ou de desenvolvimento tecnológico no Estado do Rio de Janeiro. A finalidade deste programa é fortalecer a ação transformadora das atividades de extensão associadas à pesquisa sobre problemas sociais e ambientais que possibilitem estabelecer uma relação dialógica entre pesquisadores e sociedade.

Apoio a incubadoras de empresas de base tecnológica - Destina-se a apoiar a infraestrutura física e administrativa de Incubadoras de Empresas de base tecnológica sediadas em Instituições de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, visando ao aprimoramento dos serviços prestados, ao aumento da capacidade de operação e de expansão das instalações, à ampliação dos impactos da incubadora sobre a comunidade em que está inserida e ao incremento do conteúdo de inovação tecnológica das empresas atendidas.

Prioridade Rio – Apoio ao estudo de temas prioritários para o Governo do Estado do Rio de Janeiro - Objetiva estimular a realização de projetos que visem ao estudo e provimento de soluções para temas prioritários, de forma a contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social do Estado do Rio de Janeiro. Os temas a serem contemplados nos projetos são elencados a partir de consulta realizada em todas as Secretarias de Estado. Para cada uma das áreas apontadas, há necessidade de uma solução urgente para atender a problemas específicos, no âmbito do Estado.

Apoio a inovações no esporte - Destina-se a apoiar projetos científicos e/ou tecnológicos inovadores em temas relevantes para o esporte no Estado do Rio de Janeiro, como preparação de atletas, formação de treinadores e desenvolvimento de equipamentos. Pretende-se contribuir para a ampliação e estabelecimento de excelência da prática de esportes, para a capacitação e atualização de treinadores de práticas esportivas, melhoria da infraestrutura necessária e para o desenvolvimento de equipamentos e de soluções tecnológicas para a área.

Publicação de periódicos científicos e tecnológicos institucionais - Tem por objetivo apoiar e incentivar a editoração e publicação de periódicos científicos e tecnológicos brasileiros, impressos e/ou por via eletrônica, em todas as áreas de conhecimento, mantidos e editados por Instituições Científicas e Tecnológicas ou Sociedades Científicas Brasileiras sediadas no Estado do Rio de Janeiro, de forma a ampliar a divulgação de resultados das pesquisas e contribuir para o desenvolvimento do Estado.

Apoio ao Pós-Doutorado (Parceria FAPERJ/Capes) - Este programa conjunto FAPERJ/Capes tem por objetivo o fomento às atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação que visem a absorção temporária de jovens doutores para atuarem em projetos nas diferentes áreas de conhecimento. A finalidade é reforçar a pós-graduação e os grupos de pesquisa sediados no Estado do Rio de Janeiro, assim como contribuir para a renovação dos quadros das universidades e de instituições de pesquisa no Estado do Rio de Janeiro. Os recursos são repassados na forma de bolsas para os pesquisadores e de auxílios para bancada, por um período de cinco anos.

Treinamento e capacitação técnica (TCT) - Destina-se a treinar e aperfeiçoar técnicos de nível fundamental, médio e superior que participem de atividades de apoio a projetos financiados pela FAPERJ, desenvolvidos por pesquisadores com vínculo em instituições de ensino e pesquisa do estado do Rio de Janeiro, visando ao seu posterior ingresso no mercado de trabalho, valorizando a formação obtida.

Equipamento solidário (Parceria FAPERJ/Capes) - Parceria FAPERJ/Capes que visa apoiar a aquisição de equipamentos de pequeno e médio portes multiusuários que possam ser utilizados por Programas de Pós-graduação stricto sensu avaliados pela Capes com conceitos 5, 6 e 7, e que tenham sido contemplados com bolsas de pós-doutorado no programa FAPERJ/Capes de Apoio ao Pós-doutorado (PAPD), em associação com Programas de Pós-graduação stricto sensu avaliados pela Capes com conceitos 3 e 4.

Cooperação bilateral FAPERJ/INRIA - Programa que visa a apoiar a execução conjunta de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I) entre pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa do Estado do Rio de Janeiro e do INRIA – Institut National de Recherche en Informatique et Automatique da França. Os projetos podem ser originários de quaisquer áreas das Ciências Técnicas da Informação e da Comunicação das instituições de ambos os países, e o apoio destina-se ao financiamento da mobilidade desses pesquisadores.

Biota – RJ – Apoio ao estudo da biodiversidade do Estado do Rio de Janeiro - Este Programa visa financiar projetos de pesquisa interdisciplinares sobre o tema da biodiversidade, sua conservação e uso sustentado no Estado do Rio de Janeiro, com os seguintes objetivos, dentre outros: aperfeiçoar o conhecimento sobre o impacto das ações ambientais; subsidiar as políticas públicas destinadas à melhoria da qualidade do ambiente; investigar o potencial biotecnológico e etnobiológico de produtos adquiridos de forma sustentável; mapear alterações das paisagens; e monitorar a biodiversidade para o estabelecimento de patamares de referência.

Atualização de acervos bibliográficos nas instituições de ensino superior e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro - A finalidade deste programa é apoiar a aquisição de livros e publicações em outras mídias, destinados à pesquisa científica e tecnológica, visando à atualização do acervo de bibliotecas vinculadas a instituições de ensino superior e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Apoio à inovação e à difusão tecnológica no Estado do Rio de Janeiro - Objetiva apoiar o desenvolvimento de projetos de inovação ou de difusão de processos tecnológicos no Estado do Rio de Janeiro por empresários individuais ou micros e pequenas sociedades empresárias que se proponham a realizar atividades de desenvolvimento e de inovação no Estado do Rio de Janeiro, com potencial de inserção no mercado e/ou de alta relevância social. As áreas prioritárias dos projetos são: arranjos produtivos locais, design e temas relacionados ao uso da inclusão digital em empresas, visando à interação e ao incremento da produtividade.

Apoio a Equipes Discentes em Projetos de Base Tecnológica para Competições de Caráter Educacional – Destina-se a apoiar projetos de iniciação ou pré-iniciação tecnológica que permitam aos discentes aplicarem conhecimentos teóricos na execução de projetos práticos, com a finalidade de participarem em competições cujo objeto seja a experiência com nova tecnologia, inovação ou empreendedorismo, especificamente de caráter educacional.



Verifique a lista de Editais


Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes