O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Lançado o Índice de Qualidade dos Municípios (IQM – Verde II)
Publicado em: 16/06/2003

Lançado o Índice de Qualidade dos Municípios (IQM – Verde II)

A Fundação Centro de Informações e Dados do Rio de Janeiro (CIDE) lançou, em 16 de junho, o Índice de Qualidade dos Municípios (IQM – Verde II). O estudo faz um levantamento minucioso sobre a evolução da cobertura vegetal das cidades fluminenses, apontando as áreas onde houve desmatamento ou regeneração de florestas nos últimos 35 anos. O trabalho contou com apoio da FAPERJ.

O IQM – Verde II aponta um aumento de 2,9% da área de florestas em diferentes estágios de regeneração natural no Estado do Rio nos últimos 35 anos. A explicação para esse crescimento é o declínio das atividades agrícolas e a existência de áreas protegidas, como reservas e parques. De acordo com o gerente do projeto, Waldir Rugero Peres, as áreas altas e úmidas ganharam novos estoques florestais enquanto os trechos de baixada no Norte e Noroeste fluminense viram sua vegetação regredir. O pesquisador explicou, ainda, que as florestas maduras estão em retração e as secundárias passam por um processo de expansão.  “Apesar de estar ganhando volume, o estado pode estar perdendo biodiversidade”, afirmou.

A FAPERJ investiu R$ 284 mil no projeto do IQM – Verde II, por meio de seu Programa de Apoio às Entidades Estaduais. Com esses recursos, a Fundação CIDE contratou 15 profissionais com nível de doutorado para desenvolver a pesquisa, iniciada no ano 2001, e que envolveu cerca de 50 pesquisadores. O auxílio também foi utilizado para fazer a digitalização do mapeamento do estado realizado pelo IBGE em 1965 e para a aquisição de novas imagens feitas por satélite.

Segundo o diretor-presidente da FAPERJ, Epitácio Brunet, um trabalho como o IQM – Verde II tem dupla função. “Uma delas é dar subsídios para a elaboração de políticas públicas seja na área de preservação ou na área de saneamento. Esperamos que o trabalho oriente, também, os pesquisadores das instituições científicas e as ações das empresas privadas”, afirmou Epitácio Brunet, durante o evento de lançamento do CD-Rom do IQM, realizado no Palácio Guanabara.

“Este trabalho nos mantêm alerta para uma questão fundamental que é o cuidado com o meio ambiente”, destacou o secretário de estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Tito Riff. Já o presidente da Fundação CIDE, Ranulfo Vidigal, informou que após a conclusão da pesquisa, o próximo passo será a divulgação do IQM – Verde II em todos os municípios para sensibilizar as prefeituras locais. Nesta terça-feira (17/06), representantes do CIDE vão participar, em São Paulo, da primeira reunião conjunta com o IBGE, o IPEA e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Sead) para a elaboração de um índice de sustentabilidade ambiental.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes