O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Rocha Filho apresenta balanço de 2005 ao Conselho Superior
Publicado em: 09/12/2005

Rocha Filho apresenta balanço de 2005 ao Conselho Superior

O Conselho Superior da FAPERJ reuniu-se nesta sexta-feira, dia 9 de dezembro, na sede da instituição, para seu último encontro antes do recesso de fim de ano. O diretor-presidente da FAPERJ, Pedricto Rocha Filho, aproveitou a ocasião para fazer um balanço das atividades do órgão ao longo de 2005. “Os últimos números fornecidos pela diretoria de finanças nos permitem fazer uma avaliação positiva das atividades da Fundação”, disse.

Ao longo de sua exposição, o titular da Fundação lembrou algumas das principais iniciativas levadas a termo ao longo de 2005. Ele mencionou, entre outros, a consolidação do trabalho realizado pelos sete Institutos Virtuais da Fundação; a celebração de convênios diversos com instituições como a Embrapa, Capes e a Fundação Casa de Rui Barbosa; a melhoria da infra-estrutura técnico-científica dos cursos de pós-graduação da Uerj e Uenf através do Programa de Apoio às Entidades Estaduais de Ciência e Tecnologia (PAEP); o lançamento do programa Rio Inovação II; e o aumento da velocidade de transmissão da RedeRio/FAPERJ de 155 megabits por segundo para 1 Gigabit.

Depois de uma rápida apresentação sobre os resultados da 1 Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, realizada pelo conselheiro César Camacho, foi a vez do Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Wanderley de Souza, defender a política do governo do estado para o setor diante do Conselho. Ele lembrou o enorme salto da educação profissional no estado a partir do final dos anos 90. “De 99 para cá passamos de 60 mil para 450 mil alunos espalhados por 32 municípios do estado, nesta que é hoje a maior rede do gênero em todo o país”, disse.

Souza lembrou ainda a ampliação do programa de educação a distância no estado, por meio do Cederj (Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), instituição vinculada à Secretaria. “Hoje, temos cerca de 12 mil alunos distribuídos por 18 pólos regionais, e trabalhamos no momento num projeto de criação de um pólo dentro de um presídio, como parte do trabalho de recuperação de detentos”, adiantou.

As parcerias com o governo federal devem ganhar, de acordo com o secretário, uma renovada atenção no ano que vem a fim de garantir a continuidade de programas como o Rio Inovação e Pesquisa para o SUS e o lançamento de outras iniciativas. Souza anunciou que no próximo mês de fevereiro acontecerá a primeiro reunião das secretarias de C&T e FAPs da região Sudeste, na cidade de Parati, litoral Sul do Estado. “A exemplo do que já fazem outras regiões do Brasil, queremos otimizar os recursos e estabelecer uma cooperação mais efetiva entre os diversos órgãos voltados para o setor de ciência, tecnologia e inovação”, disse.

Ao término da reunião, o presidente do Conselho Superior, Reinaldo Felippe Nery Guimarães, anunciou que deixará o cargo até o mês de março com o término de seu mandato à frente do Conselho. Ele solicitou ao vice-presidente, Jésus Alvarenga Bastos, que assuma interinamente a função já a partir do próximo dia 14 de dezembro, data em que a FAPERJ celebrará seus 25 anos, até a escolha do novo presidente.
Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes