O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Matriz Insumo-Produto
Publicado em: 31/10/2006

Matriz Insumo-Produto

Matriz Insumo-Produto
Estado do Rio de Janeiro - 1996
Fundação Cide

 

Para aprofundar o conhecimento sobre a realidade econômico-social fluminense, a Fundação Centro de Informações e Dados do Rio de Janeiro (Cide), organizou Atualização da Matriz Insumo Produto fluminense para 1996, projeto reúne em CD as análises dos principais indicadores do nível da atividade econômica, considerando o peso relativo dos diferentes setores da economia.

O projeto, inédito no âmbito das administrações estaduais brasileiras, acompanha o circuito completo da produção, circulação e consumo de bens e serviços. Em sua primeira etapa, o ano de referência foi 1994 e a análise dos resultados finais permitiu que se tivesse uma visão diferente da que se tinha até então acerca da estrutura e da evolução da economia fluminense. Na atual edição, o ano de referência é 1996 e o trabalho representa a conclusão de um processo iniciado com a reflexão crítica sobre a metodologia anteriormente empregada.

O CD contém vários dados importantes. Ao contrário do que se dispunha anteriormente, pôde-se, por exemplo, calcular pela primeira vez o Produto Interno Bruto (PIB) a preços de mercado, e não mais com valores a custo de fatores e a preço básico. Outro resultado importante foi a quantificação da relação de trocas da economia fluminense em relação ao resto do país e ao resto do mundo. Constatou-se que, em 1996, 31,6% da produção fluminense foram exportadas, registrando-se um superávit de 5,9% do PIB na balança comercial.

Na atual edição do projeto, também se pôde proceder a um recálculo da série histórica do PIB desde 1994. Este procedimento ensejou uma nova visão da economia fluminense no período após 1994, registrando-se inclusive o grande avanço do setor de prestação de serviços, cujo PIB, entre 1994 e 1996, ultrapassou o da indústria extrativa e de transformação. Nesta atualização, cujo objetivo foi o de proceder a uma avaliação crítica da Matriz anterior, conseguiu-se chegar a resultados mais consistentes que os de 1994 e traçar um panorama mais preciso da economia fluminense daquele ano.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes