O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Exposição Jóias da Paleontologia atrai grande público à Uerj
Publicado em: 27/10/2005

Exposição Jóias da Paleontologia atrai grande público à Uerj

 

Nos cinco dias em que permaneceu aberta ao público, a exposição Jóias da Paleontologia, promovida pelo Instituto Virtual de Paleontologia (IVP) da FAPERJ, atraiu mais de mil de visitantes ao espaço anexo à biblioteca da rede Sirius na Uerj. Naquele local, oito expositores apresentaram mais de uma centena de fósseis, destacando aspectos como sua importância científica e econômica, além de curiosidades como o uso desses como amuletos pelas civilizações antigas. A mostra, que integrou a programação do evento Uerj Sem Muros, ficou em cartaz de 17 a 21 de outubro. Para a coordenadora do IVP, Maria Antonieta Rodrigues, o evento foi um sucesso de público. “Em quatro dias de exposição, tivemos 991 assinaturas no livro de presença. Como nesses eventos é comum muitos não assinarem o livro, os números da visitação certamente ficaram bem acima dos 1 mil visitantes”, comemorou.

 

Geóloga especializada em micropaleontologia, Rodrigues disse que a sinalização espalhada pela universidade indicando o local da mostra foi decisivo para atrair o público. Desde a entrada da Uerj, falsas pegadas de dinossauro orientavam os visitantes até a sala de exposição. “Ao chegar ao local, o público se deparava com uma pegada natural de dinossauro cravada numa rocha. Adiante, um filhote de dinossauro nascendo, ainda na casca do ovo, e um modelo de um adulto fugindo de um animal atraíam a atenção, em particular, das crianças”, disse.

 

Todas as instituições ligadas ao IVP participaram da exposição: Dept de Geologia/UFRJ, Museu Nacional/UFRJ, UNI-RIO e Dept de Geologia/Uerj, Museu de Ciências da Terra, DNPM (Dept Nacional de Produção Mineral) e Petrobras. O coordenador-geral do programa Institutos Virtuais da FAPERJ , Francisco Cláudio Pereira de Barros, elogiou a iniciativa de realizar a exposição. “A realização deste evento demonstra que, com criatividade, simplicidade e entusiasmo, é possível atrair o público em geral, sensibilizar os estudantes e difundir o conhecimento”, disse Barros. Durante sua permanência no campus da Uerj, o coordenador, ao visitar as dependências do Instituto sediadas naquela universidade, aproveitou a oportunidade para parabenizar a coordenação do IVP e a todos os seus pesquisadores associados, bolsistas e colaboradores pelas diversas ações exitosas do Instituto.

Uma das ações mais importantes do IVP nos últimos meses tem sido a defesa do Parque Paleontológico de São José de Itaboraí – uma das principais reivindicações de pesquisadores ligados à geologia, paleontologia, arqueologia e meio ambiente do Estado do Rio de Janeiro. Após mais de quatro décadas de exploração mineral, a área, que possui registros de rochas que variam de cerca de 70-65 milhões de anos até depósitos recentes relacionados ao homem pré-histórico (8.100 anos), está sendo revitalizada com o apoio do IVP. O processo deverá beneficiar a comunidade local, estimada em 10 mil pessoas, que vivem às margens da bacia.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes