O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Simpósio comemora os 5 anos do Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear da UFRJ
Publicado em: 22/04/2003

Simpósio comemora os 5 anos do Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear da UFRJ

O Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear Jiri Jonas (CNRMN) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) promoveu,  dia 24 de abril, um simpósio em comemoração aos cinco anos de sua fundação. O evento, realizado no Auditório Hélio Fraga do Centro de Ciências da Saúde (CCS), na Ilha do Fundão, contou a presença de representantes de governo e da comunidade científica, entre eles: o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro, Fernando Peregrino, e o diretor-presidente da FAPERJ, Epitácio Brunet. Durante o simpósio foram debatidos temas como a importância dos laboratórios nacionais para a ciência e tecnologia; biologia estrutural e a ressonância magnética no Brasil e na América Latina.

 

O Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear - CNRMN ( http://cnrmn.bioqmed.ufrj.br) foi o primeiro da América Latina criado para a determinação de estrutura de macromoléculas por Ressonância Magnética Nuclear (RMN). O centro foi instalado na Universidade Federal do Rio de Janeiro com recursos do programa PADCT do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) de cerca de US$ 1,8 milhões para aquisição de dois espectrômetros de ressonância magnética nuclear de alta resolução para determinação de estruturas de macromoléculas.  .

 

O CNRMN vem funcionando com recursos da FAPERJ, da Fundação Universitária José Bonifácio (FUJB), do Programa de Núcleos de Excelência (PRONEX) do CNPq,  e  com auxílios internacionais como o do “Howard Hughes Medical Institute”.  O CNRMN está sediado no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFRJ, estando associado a ele pesquisadores de cinco unidades da universidade (Departamento de Bioquímica Médica – Instituto de Ciências Biomédicas; Núcleo de Pesquisa de Produtos Naturais (NPPN); Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho; Instituto de Microbiologia e Instituto de Química).

 

O principal objetivo do CNRMN é o funcionamento como uma facilidade multiusuária para obtenção de RMN de alta resolução para macromoléculas estudadas no Brasil e América do Sul. Desde a instalação (março, 1998), o centro conta com cerca de 100 usuários de instituições nacionais e estrangeiras. A pesquisa tem se focado na determinação de estruturas de macromoléculas e na compreensão de processos como catálise, reconhecimento proteína-DNA, interação proteína-carboidrato e desenho racional de drogas. O trabalho realizado no centro resultou em mais de 70 publicações nos últimos anos nas áreas de enovelamento e estrutura protéica, glicobiologia, produtos naturais, entre outras.

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes