O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Rocha Filho ministra aula inaugural na Gama Filho
Publicado em: 17/03/2005

Rocha Filho ministra aula inaugural na Gama Filho

“A educação constitui um dos mais importantes elementos na formação de uma cadeia produtiva de desenvolvimento tecnológico. Ela não só traduz a importância dos resultados científicos e tecnológicos para o desenvolvimento econômico, como também serve de elo para o desenvolvimento social”. A opinião é do diretor-presidente da FAPERJ, Pedricto Rocha Filho, responsável pela aula inaugural dos cursos superiores de tecnologia na Unidade Candelária da Universidade Gama Filho, na segunda-feira, 14 de março.

 

Com o tema Educação Profissional e Desenvolvimento Tecnológico, a aula de Rocha Filho foi ministrada no dia em que a Universidade Gama Filho completava 66 anos. Alunos e professores dos cursos de Auditoria Fiscal e Tributária, Gestão e Marketing e Rede de Computadores estiveram no auditório da Unidade Candelária. Por meio de um equipamento de videoconferência, professores e alunos dos cursos de Automação Industrial e de Processamento de Petróleo e Gás Natural da Unidade Piedade também puderam assistir e esclarecer dúvidas submetendo perguntas.

 

Rocha Filho traçou um paralelo de diferenciação entre a economia tradicional e a atual e falou das conseqüentes implicações na formação profissional. Lançou mão de dados do relatório do Fórum Econômico Mundial, divulgado no último dia 9, que mostram que o Brasil perdeu sete posições em um ranking de países que se destacaram ao usar a tecnologia em seu desenvolvimento. O país aparece atrás de nações pequenas como Tunísia, Jordânia e Chipre, na 46 posição de uma lista de 104 países.

 

Para mudar esse quadro, Rocha Filho propõe que seja feito um diagnóstico da inovação tecnológica com relação aos contextos científico, tecnológico, financeiro, produtivo e legal. Falou ainda da necessidade de se promover uma cultura de inovação e do estabelecimento de um marco jurídico para conduzir e dar continuidade ao processo de inovação tecnológica. Completando a lista de propostas, o engenheiro sugere que se articule adequadamente a interação entre a base do conhecimento, o setor produtivo e o poder público.
Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes