O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Governador anuncia aumento de bolsas para pesquisadores fluminenses
Publicado em: 22/12/2021 | Atualizado em: 23/12/2021

Governador anuncia aumento de bolsas para pesquisadores fluminenses

Por Ascom Faperj

Anunciado pelo governador Claudio Castro na tarde desta quarta-feira, dia 22 de dezembro, o aumento das bolsas outorgadas pela FAPERJ para formação de alunos em todo o estado do Rio de Janeiro foi confirmado pouco depois pelos canais oficiais e redes sociais da FAPERJ e da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Com a decisão, os valores passarão por um reajuste de 25%, após oito anos sem aumento. O reajuste atingirá as bolsas de Doutorado (DSC), Doutorado Nota 10 (DSC10), Mestrado (MSC), Mestrado Nota 10 (MSC10), Pós-Doutorado (PDR), Pós-Doutorado Nota 10 (PDR10), Pós-Doutorado Sênior (PDS), Pesquisador Visitante (PV), Pesquisador Visitante Emérito (PVE), Treinamento e Capacitação Técnica (TCT), Iniciação Científica (IC), Iniciação Tecnológica (IT) e Jovens Talentos/Pré-Iniciação Científica (PIC).

"A medida tem um significado especial porque ajuda a conter a fuga de cérebros, que tem levado pesquisadores fluminenses a outros estados e países, em busca de melhores rendimentos. Muitos bolsistas são chefes de família e não tinham perspectiva de dar continuidade a suas linhas de pesquisa e, agora, ganham novo incentivo e valorização do governo do estado", destaca Cláudio Castro.

Um aluno de mestrado que recebe, atualmente, R$1.600 passará a receber uma bolsa de R$ 2.000 ao mês. Um doutorando deixa de ter uma bolsa de R$ 2.300 por mês, para receber R$ 2.875. Serão 19 categorias de bolsas de formação reajustadas, incluindo também pós-doutorado e recém doutores que passarão de R$ 4.100 para R$ 5.125.

"Com este aumento de 25% para as bolsas de formação, a FAPERJ passa a liderar, entre todas as fundações brasileiras de amparo à pesquisa, os valores concedidos aos seus bolsistas", afirmou Jerson Lima Silva, presidente da FAPERJ e professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr. Serginho, complementa: "O investimento em pesquisas é um caminho necessário e importante para o desenvolvimento. O aumento de 25% para bolsistas FAPERJ é mais do que um simples apoio, é a demonstração de gratidão por tanto empenho por quem representa e orgulha o nosso estado do Rio de Janeiro.”

No Rio de Janeiro, a FAPERJ apoia mais de seis mil bolsistas. O valor da folha de bolsistas da Fundação passará de R$ 11,9 milhões para R$ 13,6 milhões ao mês.

Além disso, a FAPERJ comemora ainda os investimentos recordes aplicados no sistema de Ciência e Tecnologia. Foram cerca de R$ 600 milhões distribuídos em 49 editais lançados em 2021, com investimentos em escolas da rede pública, apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico regional, startups, jovens doutores empreendedores, apoio à inovação em micro, pequenas e médias empresas. Em 2020, foram R$ 365 milhões aplicados em diversos editais, incluindo 120 diferentes projetos para o enfrentamento do coronavírus, com investimentos de mais de R$ 75 milhões.

Por direito estabelecido na Constituição Estadual, a FAPERJ tem garantia de transferência de 2% da arrecadação líquida estadual, mas nem sempre essa lei foi cumprida, principalmente entre 2015 e 2018 durante a crise fiscal.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes