O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 11 a 17 de novembro de 2021
Publicado em: 11/11/2021

Notas - Semana de 11 a 17 de novembro de 2021

FAPERJ assina acordo de cooperação com Instituto Pasteur de Montevideo
Na última quinta-feira, dia 4 de novembro, a FAPERJ se reuniu remotamente com o Instituto Pasteur de Montevideo, de forma a estreitar os laços entre as instituições através da assinatura de um memorando de entendimento e do estabelecimento das próximas atividades de colaboração entre Rio de Janeiro e Montevideo. O Institut Pasteur de Montevideo (IP Montevideo) é uma das mais recentes unidades de pesquisa afiliadas da “Rede Internacional do Instituto Pasteur” (RIIP, em francês), composta por 33 centros independentes localizados em cinco continentes e unidos pelos mesmos valores. Dedicado à pesquisa científica em biomedicina, o IP Montevideo é composto por plataformas científicas de alta tecnologia em áreas como genômica, proteômica, bioinformática, biologia molecular e celular. Os laboratórios estão abertos a projetos de pesquisa de jovens cientista, tornando-se um centro de educação internacional com cursos sobre os mais recentes conhecimentos biológicos e tecnologias de ponta. Dentre as atividades de cooperação estabelecidas, ressalta-se o lançamento de uma chamada de cooperação bilateral destinada à promoção de mobilidades internacionais, com lançamento previsto para dezembro deste ano. Nesta chamada, a FAPERJ apoiará até 10 projetos de pesquisa com foco em mobilidade realizados entre pesquisadores do Estado do Rio de Janeiro e de laboratórios do IP Montevideo, prevendo um apoio total de aproximadamente R$ 2 milhões. Em cada projeto poderão ser solicitadas até 2 bolsas de mobilidade para pesquisadores sêniores (1 mês), 1 bolsa para pós-doc (3 a 6 meses) e 1 bolsa para doutorado-sanduíche (6 meses), que deverão ocorrer entre 2022 e 2023. A chamada oficial será apresentada em inglês, sendo complementada pelas diretrizes FAPERJ (em português), ambos os documentos serão divulgados através do Boletim FAPERJ. Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas, a Assessoria de Relações Internacionais encontra-se disponível através do seguinte email: assessoria.internacional@faperj.br

Ex-bolsista da FAPERJ vence prêmio concedido pela Rede de Estudos Rurais
Doutor em Sociologia pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp/Uerj), o sociólogo Marco Antonio dos Santos Teixeira foi o vencedor do Prêmio Maria de Nazareth Baudel Wanderley, concedido pela Rede de Estudos Rurais. Contemplado pela FAPERJ com bolsas de Mestrado Nota 10, Doutorado e Doutorado Sanduíche, ele foi o autor da melhor tese de doutorado defendida, entre julho de 2018 e de 2021, em programas de pós-graduação vinculados à área de Ciências Humanas e Interdisciplinares, cuja centralidade do estudo é o mundo rural brasileiro. Movimentos sociais, ações coletivas e reprodução social: a experiência da Contag (1963- 2015) é o título da sua tese, defendida em agosto de 2018 no Programa da Pós-graduação em Sociologia da Uerj, sob a orientação do professor Breno Bringel. Pesquisador de pós-doutorado no Instituto de Estudos Latino-Americanos (LAI) da Freie Universität Berlin e coordenador científico do Grupo de Pesquisa Food for Justice: Power, Politics and Inequalities in a Bioeconomy (2019-2024), financiado pelo Ministério de Educação e Ciência da Alemanha (BMBF), o pesquisador recebeu o prêmio em cerimônia realizada durante a assembleia virtual do IX Encontro da Rede de Estudos Rurais, em outubro. Criada em 2006, ganhando existência oficial em 2009, a Rede de Estudos Rurais reúne pesquisadores das áreas de ciências humanas e agrárias que trazem o rural para o centro de suas análises. O conteúdo do estudo pode ser acessado na página a seguir: https://www.bdtd.uerj.br:8443/handle/1/15447

Vencedores do Prêmio Nobel debatem Ciência com estudantes
Para discutir o impacto da ciência e o papel dos cientistas na sociedade, cinco vencedores do Prêmio Nobel vão se reunir virtualmente, na terça (16/11), das 13h às 16h, com 80 estudantes de 24 países da América Latina e do Caribe. O Brasil será o país com o maior número de representantes, 16 no total. O evento, organizado pelo Nobel Prize Outreach, pela Academia Brasileira de Ciências (ABC) e pela Rede Interamericana de Academias de Ciências (IANAS), será transmitido para uma audiência global em 16 de novembro. O Diálogo Prêmio Nobel América Latina e Caribe terá a presença de nomes de peso como a microbióloga francesa Emmanuelle Charpentier, vencedora do Nobel de Química em 2020 por criar, junto com a norte-americana Jennifer Doudna, uma ferramenta revolucionária capaz de editar a estrutura do DNA humano, que ficou conhecida pelo acrônimo CRISPR. Além de Charpentier, participarão do encontro a australiana Elizabeth Blackburn e a norueguesa May-Britt Moser, vencedoras do Nobel de Medicina em 2009 e 2014, respectivamente; o norte-americano Saul Perlmutter, Nobel de Física em 2011; e o holandês Bernard Feringa, Nobel de Química em 2016. Eles estarão reunidos com estudantes de graduação e pós-graduação de quase todos os países da América Latina e do Caribe, divididos em cinco salas virtuais. Entre os temas dos debates, as questões como a responsabilidade dos cientistas e a construção de diálogos entre a ciência, os atores políticos e a sociedade. Os cinco Prêmio Nobel também vão propor desafios científicos aos jovens e responderão a questões propostas pelos estudantes. A transmissão será pelo canal do Nobel Prize no YouTube.

Academia Mundial de Ciências elege 58 novos membros, dos quais sete brasileiros
A Assembleia Geral da Academia Mundial de Ciências (TWAS, na sigla em inglês), realizada de forma remota entre 1° e 4 de novembro como parte da 15ª Conferência Geral da TWAS, nomeou 58 novos membros, elevando o número total para 1.343 membros. Este ano, o destaque ficou por conta das mulheres, que ocuparam 20 cadeiras, representando 34% da nova classe. Para integrar a TWAS, o candidato precisa ser membro da academia de ciências do seu país. Assim, os sete brasileiros eleitos são membros titulares da Academia Brasileira de Ciências. São eles: Adalberto Luis ValAdo Jorio de Vasconcelos, Márcia Walquíria De Carvalho Dezotti, Mariangela Hungria da Cunha, Marilia Oliveira Fonseca Goulart, a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, e Santuza Teixeira. Pela primeira vez, nesta edição, foram selecionados pesquisadores da  Geórgia, Sérvia e Nova Zelândia. A República da Gâmbia tem o seu primeiro representante eleito em mais de 15 anos. Mais informações: https://twas.org

Físico Mario Novello lança novo livro ‘Quantum e Cosmos – Introdução à metacosmologia’ Publicado pela Editora Contraponto, o físico Mario Novello acaba de lançar Quantum e Cosmos – Introdução à metacosmologia (178 pág., 2021). Nas palavras do autor, “a cosmologia está gerando um movimento de ideias que vão na direção oposta, permitindo um despertar do espírito. Em particular, veremos como certa atividade, construída a partir da análise da estrutura do Universo, deu origem a um caminho de renovação do pensamento, que chamaremos de metacosmologia. Na tarefa de produzir novos modos de pensar, a metacosmologia se apodera, em particular, daquela que Heidegger considera ser a questão fundamental da metafísica: ‘por que existe alguma coisa em vez de nada?’. Entender como isso foi possível é o objetivo principal deste texto”. Novello é pesquisador emérito do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) e recebe apoio da FAPERJ para a realização de suas pesquisas por meio do programa Cientista do Nosso Estado. Mais informações: https://www.contrapontoeditora.com.br/produto.php?id=10039

SBPC lança plataforma de cursos online com início em 2022
Para promover a educação científica, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) lança sua plataforma de cursos online. A cada trimestre serão ofertados webminicursos, de diversas áreas do conhecimento, ministrados por professores de renomadas instituições do País. Para este primeiro ciclo, que conta com 25 webminicursos, as matrículas já estão abertas. Os minicursos abrangerão temas de diversas áreas do conhecimento. Para quem se interessa pela área de Exatas, serão ofertadas atividades como "O uso dos experimentos mentais como uma possível metodologia de ensino para Matemática", "Introdução à evolução estelar e exoplanetas" e "Recursos e estratégias para o ensino online e ativo da Química". Os entusiastas da Divulgação Científica poderão participar de cursos como "Inovação para cientistas: levando sua pesquisa da bancada para o mercado", "Metodologia e Divulgação Científica" e "Artigo científico: redação, ética, avaliação e divulgação". Já para quem é mais ligado na área de Educação, os webminicursos "Aspectos éticos da pesquisa acadêmica com seres humanos na Educação" e "Ensino de ciências com brinquedos científicos de baixo custo" são oportunidades para ampliar o conhecimento. Os webminicursos contam com duração de 6 horas e aulas previamente gravadas. Diante disso, o inscrito poderá assisti-los quantas vezes quiser dentro de sua disponibilidade de tempo. A forma virtual também permite que os interessados, em qualquer lugar do País ou até mesmo no exterior, possam frequentá-los. Ao final do prazo, o inscrito que assistir às seis horas do webminicurso poderá emitir seu certificado. Sócios quites e novos sócios da SBPC têm desconto na taxa de matrícula. Os valores para cada webminicurso são R$ 30,00 para sócio quite da SBPC (anuidade 2021) e R$ 50,00 para não sócio. É permitido fazer a matrícula em vários webminicursos simultaneamente ou escolher apenas um. Mais informações: https://cursos.sbpcnet.org.br

Uenf abre inscrições para a pós-graduação em Cognição e Linguagem
O Programa de Pós Graduação em Cognição e Linguagem da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) publicou o edital para preenchimento de vagas para mestrado e doutorado com início no 1º semestre letivo de 2022. O programa, com conceito 5 na avaliação da Capes, disponibiliza 30 vagas para o mestrado e 15 vagas para o doutorado. As inscrições vão até o dia 19/11/2021. Mais informações: Edital Programa de Cognição e Linguagem – aqui

40 anos da pandemia de Aids é tema da nova edição da Revista Poli
Mudanças no tratamento, formas de encarar a doença, estigmas que permanecem e conhecimento científico que permitiu acelerar o desenvolvimento de vacinas para Covid-19: nos 40 anos da pandemia de Aids, a reportagem de capa da edição nº 80 da revista Poli fala do cotidiano de cuidados de quem convive com o HIV, a capacidade de controle da manifestação do vírus e traça paralelos com a pandemia atual. A Edição traz ainda reportagens sobre a desigualdade de vacinação no mundo, um panorama da Educação de Jovens e Adultos, a evolução da legislação para jovens aprendizes e uma entrevista sobre os 30 anos do Programa de Agentes Comunitários de Saúde. A revista Poli é uma publicação editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, unidade técnico-científica da Fiocruz. A revista é de distribuição gratuita e as assinaturas podem ser feitas pelo site. Mais informações: https://www.epsjv.fiocruz.br/publicacoes/revista-poli

LIneA promove evento em dezembro sobre o LSST
O Laboratório Interinstitucional de e-Astronomia (LIneA) promove, nos dias 7 e 8 de dezembro, o LSST Brazil 2021, evento que pretende apresentar à comunidade brasileira o andamento do ambicioso projeto Legacy Survey of Space and Time (LSST), que será conduzido no Vera C. Rubin Observatory a partir de 2022. Essa grande colaboração internacional, da qual participam 28 países, pretende avaliar a energia e a matéria escura, a formação da Via Láctea, as propriedades de pequenos corpos no sistema solar, entre outras. Dotado da câmera mais potente do mundo, com uma resolução de 3200 megapixels, o observatório está localizado no pico El Penon de Cerro Pachon, no norte do Chile, e pesquisará metade do céu a cada três noites em seis bandas ópticas.  O Brasil participa do LSST desde 2015 através de um acordo do qual o LIneA é signatário. Esta participação é coordenada pelo Brazilian Participation Group (BPG-LSST). O evento objetiva apresentar atualizações sobre o LSST, mostrar as oportunidades para comunidade científica e encorajar sua participação neste projeto na fronteira do conhecimento. Contará com a participação de pesquisadores internacionais ligados ao projeto e pesquisadores brasileiros ligados ao BPG. O LSST Brazil 2021 terá transmissão pelo YouTube, sendo 100% online e gratuito e aberto a todos os interessados em diferentes níveis de carreira. Mais informações: cde@linea.gov.br

8ª Bienal da Escola de Belas Artes, em cartaz no Parque Lage, é destaque no podcast Conexão UFRJ
Estudantes-artistas da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA/UFRJ) interpretam o mundo e projetam suas possíveis transformações na 8ª Bienal da EBA, aberta ao público até 29 de novembro, no Parque Lage. O podcast Conexão n° 53 traz os detalhes da mostra, que reúne 56 trabalhos, entre desenhos, pinturas, esculturas, instalações, vídeos e fotografias. O evento tem como título o termo "mutações" e tudo o que a palavra pode suscitar no contexto contemporâneo – marcado por crises (sanitária, socioeconômica, ambiental etc.) e pela virtualidade do real. Nesta edição, ouça também: por causa da poluição, população da Maré sofre mais com doenças respiratórias; Conselho Universitário regulamenta retorno presencial das atividades; Maria Beatriz Nascimento, in memoriam, é doutora honoris causa pela UFRJ. O podcast Conexão UFRJ é produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social (Coordcom), em parceria com a Rádio UFRJ. O programa vai ao ar toda segunda-feira, às 10h e às 15h, no site da Rádio e está também nas principais plataformas da internet. Mais informações: https://podcasts.apple.com/us/podcast/r%C3%A1dio-ufrj-conex%C3%A3o-ufrj/id1538292247?uo=4 

Série audiovisual traz temas pouco discutidos sobre o regime militar
A Comissão da Memória e Verdade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) lança, em novembro, a série Incontáveis, dirigida pelo antropólogo José Sérgio Leite Lopes. Composta de seis episódios a serem apresentados em novembro, dezembro e janeiro de 2022, a obra pretende mostrar grupos invisibilizados durante a regime militar no Brasil (1964-1985). Entre os temas abordados, a violência da ditadura contra as mulheres, a população LGBTQIA+, a população negra e moradora de favelas, os povos indígenas, os educadores e os trabalhadores do campo e da cidade. Utilizando imagens de arquivo e documentos inéditos localizados nos arquivos da repressão e na documentação das Comissões da Verdade, Incontáveis apresenta novos ângulos sobre as violações aos direitos humanos que marcaram aquele período. Os vídeos têm duração entre 10 e 15 minutos e cada episódio é narrado por uma pessoa que testemunhou diretamente os impactos daquele período de exceção e violência. A série será apresentada no YouTube do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, nas seguintes datas: 9/11 – Educação; 16/11 – Trabalhadores; 7/12 – Racismo e moradores de favelas; 14/12 – População LGBTQIA+; 11/1 – Mulheres; 25/1 – Povos indígenas. Mais informações: https://www.youtube.com/c/F%C3%B3rumdeCi%C3%AAnciaeCulturadaUFRJ  

Estudo pioneiro desenvolvido na Uerj comprova presença de dinossauros no RN
Pesquisa realizada na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), em parceria com o Instituto Cavanis (Veneza, Itália) e o Museu Câmara Cascudo (UFRN), identificou o primeiro registro de pegadas de dinossauros encontradas no território do Rio Grande do Norte. Embora as marcas já fossem conhecidas nos estados vizinhos Paraíba e Ceará, o estudo traz evidência inédita de que os gigantescos animais também viveram em território potiguar. As pegadas foram identificadas como pertencentes a dinossauros herbívoros de duas espécies que viveram no período Cretáceo, há mais ou menos 120 milhões de anos: o saurópode, que pesava até 13 toneladas e tinha entre 9 e 12 metros de altura, e o ornitópode, com aproximadamente 8 metros de comprimento e cerca de 4 toneladas. As pegadas foram encontradas no município de Assú, interior do estado, em um pavimento de rocha arenítica, no início dos anos 2000. De acordo com Fernando Barbosa, pós-doutorando da Faculdade de Geologia da Uerj e integrante do grupo de pesquisa, a Bacia Potiguar é bastante estudada no mundo paleontológico, especialmente devido à grande ocorrência de fósseis de invertebrados marinhos em rochas carbonáticas, de uma unidade denominada Formação Jandaíra. No entanto, as rochas areníticas da Formação Açu, onde as pegadas foram encontradas, não despertavam grande atenção até pouco tempo atrás, pois eram consideradas praticamente sem fósseis.

Lançada nova edição do Radar Covid-19 Favela
A 13ª edição do Radar Covid-19 Favela, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), aborda o tema "A vacinação na Maré", com informações sobre a campanha de vacinação de segunda dose no território, que atingiu 70% da população. A campanha é fruto da articulação entre Fiocruz, Redes da Maré e prefeitura do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Saúde. Também são destaques dessa edição a precarização dos serviços de saúde, o empobrecimento e avanço da tuberculose nas favelas. O Radar Covid-19 Favela usa como base de coleta dos relatos as mídias sociais de coletivos de favelas cariocas, o contato direto com moradores, lideranças e movimentos sociais e busca sistematizar, analisar e disseminar informações sobre a situação de saúde nos territórios em foco em cada edição.

Artigo na Nature debate o impacto do ar-condicionado nas mudanças climáticas
O aumento no uso de aparelhos de ar-condicionado, em meio ao cenário de aquecimento global, trará desafios à já difícil tarefa de descarbonizar a economia e reduzir emissões de gases de efeito estufa. Esta é a conclusão de um artigo publicado nesta terça-feira, 9 de novembro, na Nature Communications. O estudo contou com a participação dos professores Roberto Schaeffer e André Lucena, e das pesquisadoras Talita Borges Cruz e Paula Borges da Silveira Bezerra, todos do Programa de Planejamento Energético da Coppe/UFRJ. Coordenado pela professora Enrica De Cian, da Ca' Foscari University of Venice e cientista da fundação Centro Euro-Mediterraneo sui Cambiamenti Climatici –, o estudo fornece a primeira análise comparativa multinacional sobre como o clima e as características familiares e domiciliares, incluindo renda, impulsionam a adoção de aparelhos de ar-condicionado (AC) em quatro países emergentes: Brasil, Índia, Indonésia e México, e analisa os fatores impulsionadores da emergente crise de resfriamento ambiente, com uma avaliação de suas consequências para 2040. Confira o artigo Climate change and air-conditioning: a rising emergency for emissions and inequalities no site da revista Nature Communications.

VideoSaúde destaca os olhares e impactos da pandemia de Covid-19
A programação da VideoSaúde de novembro traz uma reflexão sobre o legado da quarentena e o que fica de aprendizado, debate a volta às aulas e ainda inspira uma dose de otimismo apostando que tudo vai passar. No Programa Especial, quase dois anos depois, a volta às atividades presenciais e a importância da permanência da obrigatoriedade do uso de máscaras em lugares comuns em "Saúde sem máscara". O programa vai ao ar toda segunda-feira, às 22h30, no Canal Saúde. Mais informações: https://www.youtube.com/channel/UC5z5hsnZOZJH8vFacP-9poQ 

IVL promove encontro de flautas
O Instituto Villa-Lobos (IVL), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), promove, dias 14 e 15 de novembro, a sexta edição do Encontro Carioca de Flautas. O objetivo é congregar a comunidade ligada ao instrumento, abarcando flautistas profissionais, estudantes, professores, técnicos e construtores. O evento contará com masterclasses, mesas-redondas, lançamentos de obras, divulgação de produtos e concertos. O evento, que acontece em formato remoto pelo segundo ano consecutivo, apresenta Concertos Lunares em ambos os dias de evento, às 19h. A transmissão será feita pelo canal MusicaUNIRIO no YouTube. A programação completa está disponível na página do Encontro.

UFF celebra 200 anos de Dostoiévski
Nesta sexta-feira, 12 de novembro, o Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense (UFF) encerra o encontro 200 Dostoiévski, O solo ancestral e a polifonia, que celebrou o nascimento do escritor russo. O evento, que teve início dia 8 de novembro, reuniu artistas e pesquisadores em torno da obra desse autor, considerado um dos mais influentes da história da literatura mundial, com uma produção literária desenvolvida entre 1844 e 1881. Duas componentes da produção da obra do autor norteiam a proposta de 200 Dostoiévski: o vínculo do autor com uma arte que expressa o solo, a dimensão ancestral de uma cultura, e a força intempestiva de sua escrita ativada por múltiplas vozes. Encerrando o evento, às 17h acontece o Círculo Dialógico: Teodiceia, o problema da justiça de Deus/ Apresentação: O Grande Inquisidor, com a participação de Elton Luiz Leite de Souza (UniRio), Celso Frateschi e Leonardo Guelman (UFF). Às 20h haverá sessão de cinema com a apresentação do filme Stalker, de Andrei Tarkovsky, pelo professor de Filosofia da UFF Alexandre Costa. A Transmissão será via Youtube do Centro de Artes UFF.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes