O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 7 a 13 de outubro de 2021
Publicado em: 07/10/2021

Notas - Semana de 7 a 13 de outubro de 2021

Com participação de 540 municípios e 190 instituições, SNCT 2021 termina nesta sexta
Termina nesta sexta-feira, 8 de outubro, a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) que, nesta edição, alcançou 540 municípios, desenvolvendo mais de 23 mil atividades entre experimentos científicos, palestras de formação, apresentação de soluções produzidas por alunos, entre outros, em mais de 190 instituições. A SNCT deste ano teve como tema “A Transversalidade da Ciência, Tecnologia e inovações para o Planeta”. Instituída pelo Decreto Presidencial de 9 de junho de 2004, ela é realizada anualmente durante o mês de outubro, sob coordenação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O evento conta com a colaboração e participação das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação, Secretarias de Ciência e Tecnologia, agências de fomento, espaços científico-culturais, instituições de ensino e pesquisa, sociedades científicas, escolas, órgãos governamentais, empresas de base tecnológica e entidades da sociedade civil. Para mais informações e acesso ao conteúdo: https://semanact.mcti.gov.br/

Antropóloga Manuela Carneiro da Cunha recebe principal prêmio do CNPq 
A antropóloga Maria Manuela Ligeti Carneiro da Cunha, de 78 anos, recebeu nesta quarta-feira, 6 de outubro, o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para a Ciência e Tecnologia, a principal premiação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Um dos grandes nomes no Brasil em estudos etnológicos e na defesa do direito dos povos indígenas, Manuela recebeu o prêmio, concedido anualmente pelo CNPq, durante a cerimônia de abertura da Reunião Magna da Academia Brasileira de Ciências, que teve início ontem (6) e segue amanhã (8), 13 e 15 de outubro. O evento reúne grandes cientistas do Brasil e do mundo para debater três temas urgentes: pandemia, inteligência artificial e as desigualdades no Brasil. Durante a cerimônia de premiação, que foi transmitida ao vivo pelo YouTube da ABC, a antropóloga aproveitou seu discurso para fazer uma defesa das terras indígenas no país, ameaçadas pela instituição do marco temporal. Ela alertou para a crescente invasão de garimpeiros ilegais em terras indígenas, incluindo povos isolados, onde madeireiros também avançam, que colocam sob ameaça a biodiversidade. Membro da ABC e professora aposentada da Universidade de São Paulo (USP) Manuela é, também, emérita Universidade de Chicago, nos Estados Unidos e faz parte do conselho editorial de várias revistas científicas. 

Divulgados os vencedores da Liga das Startups – Saúde Uerj
Inovação para unir saúde e tecnologia. Este é o objetivo da “Liga das Startups – Saúde Uerj”, uma maratona tipo hackathon, que selecionou projetos inovadores e soluções para melhorar os processos no Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe) e na Policlínica Piquet Carneiro (PPC), ambos ligados à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). A jornada, realizada em setembro, reuniu times formados por um professor líder e cinco alunos e incluiu uma etapa de treinamento, com palestras abertas ao público, e uma maratona voltada ao desenvolvimento dos trabalhos. Os grupos receberam os nomes de imunizantes contra o novo coronavírus e foram separados conforme a unidade de saúde para a qual deveriam apresentar soluções. A equipe Astrazeneca foi a vencedora com o projeto “MedData”, que propõe um aplicativo para gerenciar o cotidiano do Hupe na palma da mão, por meio de um smartphone. Também traz o diferencial inovador do uso de pequenas tags com sinal de bluetooth, para identificação dos pacientes. Já entre as soluções para a PPC, o campeão foi o time Pfizer, com o projeto “Descomplique”, que consiste em um software capaz de integrar outras aplicações para gestão de suprimentos e da cadeia logística, com um sistema web responsivo, ou seja, adaptável a qualquer dispositivo móvel.

Oportunidade de bolsas de estudos na Califórnia para alunos de Administração
Estão abertas as inscrições para o programa de bolsas de estudos parciais na Califórnia em julho de 2022 e janeiro/julho de 2023, ofertado pela California State University, Northridge (CSUN) em conjunto com a University of La Verne (ULV) para alunos do Rio de Janeiro. O objetivo destes programas é oferecer a oportunidade ao aluno de aprofundar conhecimentos nas diversas áreas da Administração no período de férias, em conjunto com o desenvolvimento do idioma inglês e uma experiência internacional – objetivos relevantes para jovens profissionais de hoje. São oferecidos oitos cursos, que terão duração de três semanas (em janeiro ou julho), com aulas e atividades em período integral. Integralmente em inglês, exige proficiência de nível básico para o programa “Business English” e nível a partir de intermediário para os demais programas. Para participar do processo seletivo o candidato deve enviar documentação para concorrer a bolsas parciais de estudos. Os alunos selecionados terão também acesso a preços especiais na hospedagem e um módulo de inglês gratuito na Califórnia. Mais informações: link: https://international.ibs-americas.com/ub-a2-cal-28-09

UFF conquista R$ 18 milhões para investir em Biotério Central do Rio de Janeiro
A Universidade Federal Fluminense (UFF) receberá R$ 18 milhões da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para investir em um Biotério Central que vai atender instituições de pesquisa de todo o estado. O principal objetivo é ampliar a produção de tecnologias e as pesquisas na área de bioprodutos e novos medicamentos e vacinas. A medida foi aprovada no Projeto de Lei 4.909/21 em reunião nesta terça-feira, 5 de outubro. O projeto visa a construção de um biotério com tecnologia contemporânea e que seja referência na garantia do bem-estar animal, seguindo todas as regras do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea). O Projeto de Lei irá agora à sanção do governador do estado, Cláudio Castro e Silva.

Campanha da Uerj Juntos pela Vida convida à doação de sangue
A segunda edição da campanha “Juntos pela Vida” da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está convocando a comunidade acadêmica a salvar vidas através da doação de sangue. A ação, que acontece até 29 de outubro, é organizada pelo Banco de Sangue Herbert de Souza, do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), em parceria com o Projeto Sangue da Faculdade de Enfermagem, o Diretório Central dos Estudantes (DCE), centros acadêmicos e associações atléticas da Universidade. No site da campanha é possível agendar o horário para doação e também obter informações seguras sobre o procedimento. O Banco de Sangue funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. O endereço é Av. Boulevard 28 de Setembro, 109 – Vila Isabel. É preciso levar documento de identificação original com foto, emitido por órgão oficial. Condições básicas para doação de sangue: Ter entre 16 e 69 anos de idade (menores devem ter autorização); estar em boas condições de saúde; não ser portador de doenças cardíacas ou diabetes; evitar a ingestão de álcool nas últimas 12 horas pré-doação; pesar mais de 50 Kg; não ter tido hepatite após os 10 anos de idade; ter dormido bem na noite anterior à doação; estar bem alimentado; evitar alimentação gordurosa até 4 horas antes da doação; não estar grávida e/ou amamentando. Pessoas que contraíram Covid-19 poderão doar 30 dias após o desaparecimento dos sintomas.

UFRRJ encerra SNCT com debate sobre crise de confiança na Ciência
Desde o começo da pandemia, ficou evidente a importância do trabalho científico para tentar frear o avanço do coronavírus e minimizar seus efeitos. Além da vacinação, o uso máscara de forma correta, adoção de distanciamento físico e higienização das mãos são algumas das medidas eficazes defendidas por pesquisadores. Entretanto, a descrença nas políticas de enfrentamento à Covid-19, defendidas pela ciência, tem colocado em risco a vida de muitas pessoas. Para falar sobre essa situação, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) promoverá o debate Negacionismo ou crise de confiança na ciência? Entender para enfrentar melhor o problema na mesa de encerramento da 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que termina nesta sexta-feira, 8 de outubro. Com transmissão no canal da Proext no YouTube, a palestra será ministrada por Tatiana Roque, coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A programação completa de atividades síncronas e cards de divulgação podem ser encontradas no site do evento.

Subespi encerra amanhã (8/10) seminários Smart Cities
Será realizado nesta sexta-feira, 8 de outubro, das 10h às 12h, o último seminário da série Smart Cities: Tecnologia e Inovação e Biomassa, promovido pela Subsecretaria de Ensino Superior, Pesquisa e Inovação (Subespi), subordinada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Os objetivos dos seminários são destacar a importância da ciência e tecnologia para a vida das pessoas e para a melhoria da qualidade da educação científica no Brasil, bem como promover eventos e atividades de divulgação e popularização da ciência que estimulem a curiosidade científica, o raciocínio científico e a inovação. O tema apresentado dia 8 será “Tecnologia e Inovação: Produção de combustíveis e produtos químicos a partir de biomassa”. Os acessos podem ser via Plataforma Stream Yard: https://streamyard.com/iageqf7iig; Youtube: https://youtu.be/aL2q_aMNOl0; e Facebook: https://www.facebook.com/113653258697620/posts/4626603614069206/

Palestra de Mario Sergio Cortella: O que Paulo Freire tem a nos dizer no século XXI
A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) apresenta, no dia 8 de outubro, às 10h, a palestra “O que Paulo Freire tem a nos dizer no século XXI”, com o professor Mario Sergio Cortella. O evento integra a programação do Ano Comemorativo Paulo Freire. A transmissão ao vivo ocorre pela TV Uerj, com tradução em Libras e emissão de certificados aos participantes. Também será possível ouvir a live pela Rádio Uerj. Autor de 47 livros publicados no Brasil e no exterior, Cortella é comentarista e colunista em programas de rádio e televisão e tem presença constante nas mídias digitais, reunindo mais de 12 milhões de seguidores. Natural de Londrina, no Paraná, ele mora em São Paulo desde os 13 anos. Foi secretário municipal de Educação da capital no início dos anos 1990.  Formou-se em Filosofia e fez mestrado e doutorado em Educação na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, na qual começou a dar aulas em 1977, na Pós-Graduação em Educação e no Departamento de Teologia e Ciências da Religião, aposentando-se 35 anos depois. Também trabalhou na FGV-SP e atua como professor convidado na Fundação Dom Cabral desde 1997. 

9ª edição do Sintae da UFRJ está com inscrições abertas
Uma oportunidade para servidores técnicos dos Institutos Federais de Ensino Superior (Ifes) de todo o País apresentarem seus trabalhos e trocarem experiências. Este é o objetivo do Seminário de Integração dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação (Sintae), que será promovido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) de 29 de novembro a 3 de dezembro em formato online. Em sua 9ª edição, o Sintae UFRJ tem como tema central os dezesseis anos do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE). Instituído pela Lei 11.091/2005, o Plano teve como foco a valorização do trabalho dos servidores no fazer universitário e é um importante marco na carreira, pois formalizou e instituiu os processos de desenvolvimento, por meio de formação profissional, políticas de capacitação e avaliações de desempenho. As inscrições para submissão de trabalhos no IX Sintae UFRJ podem ser feitas aqui.

Projeto ressalta a importância da Comunicação na pesquisa científica
A fim de aproximar os cientistas e a sociedade por meio da simplificação da linguagem e treinamentos em Comunicação, o projeto Simplifica UFRJ está com inscrições abertas até 30 de outubro. O evento, online e gratuito, que ocorrerá entre 1º e 4 de dezembro, dá aos participantes a oportunidade de submeterem seus trabalhos científicos tanto por vídeos quanto por publicação em carrossel, ferramenta do Instagram. Aqueles que submeterem os projetos concorrerão a prêmios, divulgados posteriormente por meio da página oficial no Instagram, e participarão de treinamentos exclusivos. Visando à divulgação dos trabalhos selecionados, os melhores serão divulgados nas redes sociais do projeto e por meio de parcerias com escolas públicas da cidade do Rio de Janeiro. Dessa forma, ao integrarem o projeto às escolas, estimulam o interesse pela ciência, despertando e reafirmando nos estudantes a vontade de estudar e desenvolver o pensamento científico. As inscrições estão abertas até 30 de outubro. Acesse o edital e saiba como participar. 

Podcast aborda pensamento de Josué de Castro sobre a fome
O podcast Conexão UFRJ, produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social (Coordcom), em parceria com a Rádio UFRJ, aborda esta semana o tema segurança alimentar e a atualidade do pensamento do médico e professor Josué de Castro. Atualmente, mais da metade da população brasileira vive algum tipo de privação alimentar atualmente. O podcast mostra que a fome não é um problema novo no Brasil e que há 75 anos, o médico, pesquisador, professor universitário e humanista Josué de Castro escreveu sobre isso em Geografia da Fome. Na obra, ele descreve em detalhes os hábitos alimentares e as necessidades da população brasileira nas cinco regiões do país e chega à conclusão de que não se trata de um fenômeno natural, explicado por causas geográficas ou biológicas, mas sim do resultado de escolhas políticas e econômicas. Para abordar o tema, o Conexão UFRJ conversa com Elizabeth Accioly, professora e diretora do Instituto de Nutrição da UFRJ, que desde 1996 leva o nome de Josué de Castro (INJC). Ela fala sobre as lições de Geografia da Fome e a situação de insegurança alimentar na qual o país está mergulhado. O programa vai ao ar toda segunda-feira, às 10h e às 15h, no site da Rádio e está também nas principais plataformas da internet: Spreaker Podcast Player, Apple Podcasts, Spotify, iHeartRadio, Google Podcasts, Castbox, Deezer, Podcast Addict, Podchaser, JioSaavn.

Novo laboratório de Geodésia é inaugurado no campus Seropédica da UFRRJ
Foram inauguradas na última terça-feira, 28 de outubro, as novas instalações do Laboratório de Geodésia e Cadastro Técnico (Lagec), vinculado ao Departamento de Engenharia, Instituto de Tecnologia (IT) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). O prédio está localizado entre o IT e o Instituto de Zootecnia, no campus Seropédica. O projeto para a construção de um espaço mais adequado às atividades acadêmicas foi coordenado desde 2016 pela professora Rosane Vargas, do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica. O laboratório atenderá semestralmente mais de quinze turmas de alunos de graduação de diferentes cursos da UFRRJ, estudantes dos cursos de pós-graduação com atividades de pesquisa e de extensão universitária nestas áreas, além das próprias demandas das obras da universidade.

IAP abre edital para projetos de conscientização sobre periódicos predatórios 
A Parceria InterAcademias (IAP), da qual a Academia Brasileira de Ciências (ABC) faz parte, está conduzindo um estudo sobre periódicos e conferências científicas predatórias. Como parte desses esforços, a organização está com um programa de bolsas para projetos que ajudem na conscientização sobre o tema. São considerados predatórios aquelas revistas e eventos que não submetem os trabalhos vinculados ao rigor científico adequado, visando apenas receber as taxas de publicação. A iniciativa da IAP procura ajudar cientistas de todo o mundo a fazer uma escolha informada na hora de veicular suas pesquisas. As bolsas serão para auxílio em projetos que tragam luz sobre o problema e orientem cientistas sobre como identificar periódicos ou conferências predatórias. As aplicações podem ser feitas até o dia 29 de outubro por entidades parceiras da IAP ou pesquisadores individuais, com restrição de uma submissão para cada. As melhores propostas receberão auxílios de até US$ 10 mil. Caso um valor maior seja necessário, o aplicante pode entrar em contato com o Secretariado IAP para analisar a viabilidade. Os projetos selecionados serão divulgados em novembro e terão quatro meses para serem desenvolvidos, até março de 2022. Um relatório final também será requerido. Inscrições: https://survey.alchemer.com/s3/6536389/Grants-Application

Lançamento do programa “Bate-papo com Ciência”, da SBPC, ocorre nesta quinta (7/10)
A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) adiou para esta quinta-feira, 7 de outubro, o lançamento do primeiro programa “Bate-papo com Ciência”. O evento online, transmitido às 18h pelo Instagram da SBPC (@SBPCnet), que teve como primeira convidada a biomédica Jaqueline Goes de Jesus, estará disponível nos canais da SBPC. Graduada pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e doutora em patologia humana e experimental pela Universidade Federal da Bahia, a pesquisadora faz parte da equipe de especialistas que fez o sequenciamento genômico do primeiro caso de Covid-19 detectado no Brasil em apenas 48 horas, um recorde que só foi igualado pelo Instituto Pasteur, na França. Os entrevistadores deste primeiro programa foram a advogada Maria Goretti Nagime, doutoranda em Sociologia Política pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), e Renato Janine Ribeiro, presidente da SBPC e ex-ministro da Educação. 

Teste nacional de Covid-19 recebe registro da Anvisa
O Kit Elisa Covid-19 IgG, desenvolvido por pesquisadores brasileiros,  um teste 100% brasileiro para a detecção do Sars-Cov-2, financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) recebeu o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e publicação no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (4 de outubro). O Kit Elisa Covid-19 IgG foi apresentado recentemente pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Centro Nacional de Vacinas MCTI-UFMG em Belo Horizonte (MG). Baseado no método “Elisa” – sigla, em inglês, para ensaio de imunoabsorção enzimática -, o teste se destaca por ser mais sensível do que os exames rápidos, o que evita falsos negativos. O escalonamento e produção estão sendo realizados pela Bio-Manguinhos da Fundação Oswaldo Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde.

Curso de Farmácia realiza a I Semana Interdisciplinar da Uezo
A I Semana Interdisciplinar da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo), desenvolvida e organizada por discentes do Curso de Farmácia, ocorrerá de forma virtual e gratuita na plataforma do Youtube do Recado Farmacêutico de 18 a 21 de outubro de 2021. A proposta é promover relatos de experiência, compartilhamento de ideias e discussão sobre diversos temas. Acesse a programação e faça sua inscrição em: http://www.uezo.rj.gov.br/mais_noticias/2021/10/i-semana-interdisciplinar-da-uezo.html 

Uenf abre processo seletivo de Bolsistas – Edital PBEX 2020
A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade do Norte Fluminense (Proex Uenf) está com novo processo seletivo para substituição de bolsistas do Edital PBEX 2020. As inscrições poderão ser feitas até o dia 12 de outubro. As entrevistas serão realizadas nos dias 21 e 22 de outubro, de forma remota. Veja aqui o Edital do Programa de Bolsas de Extensão da UENF (PBEX 2020). Calendário para Substituições – outubro 2021 

Uenf lança cartilha sobre maus-tratos aos animais
Com o objetivo de promover a conscientização sobre os maus-tratos aos animais, o projeto de extensão “Educação humanitária e bem-estar animal: educar para proteger” produziu e lançou, pela Editora da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (EdUENF), no dia 4 de outubro, Dia Mundial dos Animais, a Cartilha de conscientização sobre os maus-tratos aos animais. No Brasil, maltratar animais silvestres, nativos, exóticos domésticos ou domesticados configura crime. O artigo 32 da Lei 9.605/98 prevê pena de detenção e multa para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. A ideia do trabalho, realizado pela professora de Fisiologia e Bem-estar animal dos cursos de graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia (LRMGA/CCTA), Rosemary Bastos; e pela médica veterinária e bolsista do projeto, Stella Gioia Branco, surgiu após uma reunião entre a Uenf, o Centro de Controle de Zoonozes (CCZ), do 8º Batalhão de Polícia Militar de Campos (8º BPM) e de protetores de animais, quando ela assumiu o compromisso acadêmico de criar materiais informativos dentro das atividades do projeto de extensão. Além da cartilha, outros bolsistas estão produzindo vídeos que serão utilizados para este fim. A cartilha aborda conceitos e sobre maus-tratos, crueldade e abuso, sobre a legislação de proteção animal, sobre a Teoria do Elo, dos canais de denúncia, locais de adoção e como as pessoas podem ajudar os protetores de animais, entre outros assuntos. Parcerias estão sendo articuladas para a impressão da cartilha, com o objetivo de facilitar o acesso de todos, distribuindo-as em locais estratégicos como pet shops, clínicas veterinárias, escolas, universidades, Polícia Militar, entre outros. Além disso, o projeto de extensão irá ministrar cursos e palestras para compartilhar as informações.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes