O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 22 a 28 de julho de 2021
Publicado em: 22/07/2021

Notas - Semana de 22 a 28 de julho de 2021

Uerj estuda eficácia das vacinas contra Covid-19 com voluntários imunizados em seu posto
Pesquisa realizada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) busca entender como o organismo de pessoas vacinadas contra a Covid-19 com os imunizantes AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer produz defesas, principalmente linfócitos específicos, com maior efetividade para destruir ou inativar o Sars-CoV-2 e suas variantes. Os voluntários são recrutados entre as pessoas que chegam para receber a primeira dose da vacina, no posto montado no campus da Universidade, no Maracanã. Depois de imunizados, eles passam pela coleta de sangue, que ocorre a poucos passos de distância, dentro da Capela Ecumênica, com todos os protocolos de segurança. Os participantes respondem ainda às perguntas do estudo, conduzido pela médica Isabel Bouzas, do Centro de Apoio à Pesquisa no Complexo de Saúde da Uerj (CAPCS), sob coordenação do professor Luís Cristovão de Moraes Sobrino Pôrto, do Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (Ibrag), que vem desenvolvendo seus estudos com apoio da FAPERJ, por meio do programa Cientista do Nosso Estado e da Chamada B da Ação Emergencial de Projetos para Combater os Efeitos da Covid-19. O monitoramento é feito em várias fases, iniciando no momento da vacinação e prosseguindo pelos meses seguintes. O projeto segue recrutando voluntários entre aqueles que se vacinarem no posto da Uerj. Mais informações: www.uerj.br

ABC lança documento em defesa dos oceanos
A Academia Brasileira de Ciências (ABC) lançou nesta terça-feira, 20 de julho, um documento que reúne orientações prioritárias a políticas públicas para que o Brasil cumpra as metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a 'Década da Ciência Oceânica', que teve início em 2021 e vai até 2030. Um oceano limpo, saudável, resiliente, seguro, sustentável e produtivo é o que se espera no lugar da contaminação ambiental decorrente do acúmulo de nutrientes, poluentes orgânicos, metais pesados e plásticos; uma ameaça à economia e à saúde pública. Junto com mais de 140 academias, a ABC lançou o alerta: proteger os ambientes marinhos é proteger a vida no planeta. E para isso, o País precisa fazer a sua parte, protegendo o mar que banha seu imenso litoral contra atividades predatórias que reduzem sua rica biodiversidade e prejudicam seus serviços ecossistêmicos. Entre as principais recomendações do documento estão a implementação de um instituto nacional que coordene as atividades científicas relativas à pesquisa oceânica e de um sistema de observação integrado em diferentes escalas espaciais e temporais; a capacitação na criação de equipamentos e insumos essenciais ao desenvolvimento da pesquisa marinha; e a necessidade de aprimoramento na regulamentação da exploração de recursos naturais marinhos. Na ocasião, também foi discutida a importância da Amazônia Azul, território marítimo brasileiro de 3,6 milhões de quilômetros quadrados registrado como zona econômica exclusiva (ZEE), para a sobrevivência e prosperidade do Brasil. Mais informações: http://www.abc.org.br/ 

INCTMat disponibiliza entrevista com Karen Uhlenbeck, vencedora do Abel 2019
O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCTMat), com o apoio do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), disponibilizou, em seu canal no canal do YouTube, entrevista realizada na segunda quinzena de abril com a professora Karen Uhlenbeck. Ela ganhou o prêmio Abel 2019, uma das mais cobiçadas honrarias da Matemática, concedido, pela primeira vez, a uma mulher. Karen é professora emérita da Universidade do Texas em Austin e pesquisadora sênior visitante da Universidade Princeton e do Instituto para Estudos Avançados (IAS). Para entrevistá-la, o INCTMat convidou, na ocasião, as professoras Jaqueline Godoy Mesquita (UnB), María Amelia Salazar (UFF) e Miriam da Silva Pereira (UFPB) e a estudante de pós-graduação Patrícia Ewald (USP-SP). Lorenzo J. Díaz (PUC-Rio) participou da elaboração e coordenação da entrevista. O professor Marcos Jardim (Unicamp) fez uma breve apresentação da entrevista. INCTMat conta com o apoio da FAPERJ. O vídeo com a entrevista (legendado) está disponível no canal do INCTMat no Youtube no link a seguir: https://youtu.be/nSg7aApRniw 

Evento comemora dez anos do programa Teatro em Comunidades
Brincadeiras, quadrilhas e sarau nostálgico serão as atrações do "Saraiá" virtual, evento comemorativo de dez anos do programa Teatro em Comunidades. A atividade acontece no próximo sábado, dia 24, das 10h30 às 12h. A participação é aberta ao público. O evento será transmitido pela plataforma Zoom. Interessados devem solicitar o link de acesso pela página Teatro em Comunidades no Instagram. O programa de extensão Teatro em Comunidades foi criado em 2011 no Departamento de Ensino do Teatro da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), coordenado pela professora Marina Henriques Coutinho, e integra ações nos três eixos de formação em nível superior: ensino acadêmico, extensão social e pesquisa institucional. O projeto conta com apoio da FAPERJ. Mais informações: http://teatroemcomunidades.com.br/

Estácio oferece mestrado e doutorado nas áreas de Administração e Desenvolvimento Empresarial, Direito e Educação 
A Estácio está com as inscrições abertas para o processo seletivo de seus cursos de mestrado e doutorado nas áreas de Administração e Desenvolvimento Empresarial, Direito e Educação. Para o curso de mestrado em Administração e Desenvolvimento Empresarial, as inscrições seguem até 2 de agosto, enquanto para Direito o prazo final é 9 de agosto e para Educação o prazo irá até o dia 10 do mesmo mês. Os interessados podem obter informações, presencialmente, ou por meio do site www.estacio.br/mestradoedoutorado, e-mail mestrado.doutorado@estacio.br ou ainda pelo Whatsapp (21) 2206-9741. 

Autocuidado em saúde: Fiocruz mapeia hábitos do brasileiro durante a pandemia
O Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz), em parceria com o Observatório Nacional de Saberes e Práticas Tradicionais, Integrativas e Complementares em Saúde (ObservaPICS), também da Fiocruz, e a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Unifase), no Rio de Janeiro, irão divulgar o resultado da pesquisa nacional PICCovid. O resultado da pesquisa, que ouviu 12.136 brasileiros com mais de 18 anos, mostrou que mais da metade da população brasileira (61,7%) recorreu à meditação, fitoterapia, reiki, aromaterapia, homeopatia e  outras Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) em 2020, primeiro ano da pandemia de Covid-19. Os primeiros achados da pesquisa serão publicados no Boletim Evidências Nº 7 do ObservaPICS e apresentados no webinário "Práticas integrativas em saúde na pandemia de Covid-19: resultados e reflexões da pesquisa PICCovid", no dia 29de julho, às 10h. De acordo com a pesquisa, as práticas integrativas e complementares em saúde mais utilizadas em 2020 foram plantas medicinais e fitoterapia (28%), meditação (28%), reiki (21,6%); aromaterapia (16,4%); homeopatia (14,5%); terapia de florais (14%); yoga (13%), apiterapia (11%), imposição de mãos (10%) e Medicina Tradicional Chinesa / acupuntura (7,8%). Foi registrada maior adesão da população a essas terapias nas regiões Centro-Oeste (71%) e Sul (70,8%), seguidas de Sudeste (63,4%), Norte (52,3%) e Nordeste (45,6%). O webinário contará com a participação dos pesquisadores Cristiano Boccolini (Icict/Fiocruz), Patrícia Boccolini (FMP/Unifase) e Islândia Carvalho (ObservaPICS/Fiocruz), coordenadores do estudo, e comentários de Nelson Filice de Barros (Lapacis/Unicamp). Para assistir, acesse: https://www.youtube.com/videosaudedistribuidoradafiocruz  

Novo programa da Uerj oferecerá estágio remunerado em órgãos públicos estaduais, ampliando permanência estudantil

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) lançou, na última quinta-feira, 15 de julho, o programa Primeira Chance. A iniciativa vai oferecer bolsas para estágio em órgãos públicos estaduais aos alunos de graduação oriundos do sistema de reserva de vagas e aos ingressantes pela ampla concorrência que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ) será o primeiro a receber os estudantes, a partir de 2 de agosto. Foram selecionados 54 alunos, dos cursos de Administração, Arquitetura, Engenharia Civil e Direito. O Programa Primeira Chance surge como um contraponto ao cenário de retração de vagas de estágio predominante em todo o país, desde o ano passado. Mais informações: www.uerj.br


Professor de Farmácia da Uezo ensina como fazer sabão artesanal

O professor Leandro Medeiros Motta, da Unidade de Farmácia da Fundação Centro Universitário da Zona Oeste do Rio de Janeiro (Uezo) realizou o curso de extensão "Produção de sabão artesanal a partir de óleo comestível residual", que foi ministrado com a monitora e aluna de doutorado da Uezo, Amanda Letícia da Silva Pontes. O curso aconteceu no dia (9/7), na Organização Não-Governamental  Centro Brasileiro de Integração (Cebria) e Apoio ao Autista Anjinho Azul, em Campo Grande. O curso foi pensado como forma de gerar renda para famílias em situação de vulnerabilidade social e diminuir o impacto ambiental causado pelo descarte do óleo. O projeto conta com financiamento da FAPERJ em apoio ao Programa Apoio à Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia da Uezo. Mais informações: http://www.uezo.rj.gov.br/

BiblioCovid: edição de julho tem como tema "Aspectos históricos das Pandemias"
A Rede de Bibliotecas da Fiocruz lançou a edição de julho de 2021 do Boletim BiblioCovid, que traz 10 artigos, selecionados da base dados da HISA - base bibliográfica em história da saúde pública na América Latina e Caribe, acesso via portal Regional BVS - Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Os artigos em destaque abordam propagandas médicas contra influenza em 1918 no México, memórias sobre a gripe espanhola, impactos da gripe espanhola na cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo. Mais informações: https://portal.fiocruz.br/boletim-bibliocovid 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes