O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ anuncia nova edição do Programa de Apoio à Inserção de Pesquisadores em Empresas
Publicado em: 10/06/2021 | Atualizado em: 08/07/2021

FAPERJ anuncia nova edição do Programa de Apoio à Inserção de Pesquisadores em Empresas

Por Ascom Faperj

A FAPERJ lança nesta quinta-feira, 10 de junho, uma nova edição do Programa de Apoio à Inserção de Pesquisadores em Empresas, buscando repetir e ampliar os bons resultados obtidos na edição anterior do edital, realizado em 2019, quando foram aprovados 40 projetos e concedidas 50 bolsas.

O objetivo principal do programa é fomentar a inserção de mestres e doutores para executar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) em Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) sediadas no Estado do Rio de Janeiro. Além de estimular a cultura de inovação nas MPMEs fluminenses e propiciar o desenvolvimento de produtos, processos e/ou serviços inovadores, o Programa também busca evidenciar as vantagens da participação de mestres e doutores de forma a gerar, em MPMEs, o interesse pela continuidade desses profissionais como agentes do processo de inovação, bem como criar vínculos entre ICTs e empresas e promover a inovação aberta.

O edital de 2021 possui algumas diferenças em relação ao anterior. Em primeiro lugar as próprias empresas passam a ser as proponentes, podendo solicitar até três bolsas, dependendo do escopo e complexidade do projeto. Após a aprovação do projeto e do perfil dos bolsistas, as empresas contempladas terão até 30 dias para indicar os candidatos às bolsas concedidas. Outra mudança se refere às modalidades de bolsa: na atual edição, serão quatro níveis, sendo dois de mestrado (ME1 e ME2) e dois de doutorado (DE1 e DE2). A diferença dos níveis se baseia na experiência do candidato em atividades de pesquisa, desenvolvimento ou inovação relacionadas a empresas. O nível 1 contempla mestres ou doutores com até três anos de experiência; já o nível 2 é voltado para candidatos com experiência superior a este tempo. O tempo de experiência será comprovado por meio do Currículo Lattes ou Curriculum Vitae e de declaração formal de orientador do mestrado ou doutorado, ou de documento oficial em papel timbrado, datado assinado e carimbado por um representante legal da(s) empresa(s) onde foi/foram executadas as atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.

A principal mudança em relação à edição anterior, contudo, é a criação de faixas específicas, destinadas a: empresas que nunca tiveram fomento com a FAPERJ (Faixa A); empresas que possuem fomentos com a FAPERJ já finalizados (Faixa B); e empresas que possuem fomentos da FAPERJ ativos e/ou aprovados, mesmo que ainda não tenham sido iniciados (Faixa C). Esta mudança visa atender a diferentes propósitos, dentre os quais, ampliar do universo de empresas atendidas pela FAPERJ, sobretudo de setores tradicionais; tornar a concorrência mais justa; e criar uma sinergia entre os instrumentos lançados pela Diretoria de Tecnologia.

Com estas mudanças o Programa foi ampliado e, na atual edição, conta com recursos da ordem de R$ 6,7 milhões, permitindo a inserção de até 120 pesquisadores em empresas. As empresas interessadas devem preparar um projeto de inovação descrevendo, dentre outras coisas, a solução a ser desenvolvida, o estágio atual de desenvolvimento tecnológico, o grau de inovação, o potencial de mercado e o impacto socioeconômico e/ou ambiental. Além disso, será necessário na submissão apresentar o plano de trabalho do(s) bolsista(s) solicitados, detalhando suas atividades e o perfil desejado (área, título e experiência).

Para o diretor de Tecnologia da FAPERJ, Maurício Guedes, o Programa faz parte do "Pilar Empreendedor" da Diretoria de Tecnologia da Fundação. "Junto a outros editais também horizontais, ou seja, sem área ou tema definido, esse programa compõe a chamada Trilha de Inovação, que é um conjunto de instrumentos criados pela Diretoria para apoiar empreendedores e empresas desde a ideação até a consolidação no mercado. Ao oferecer uma alternativa profissional para mestres e doutores, o edital busca corrigir uma falha estrutural do sistema de inovação nacional e do estado do Rio de Janeiro, ao mesmo tempo que tenta evitar a fuga de cérebros e incrementar a capacidade de inovação da economia fluminense”, diz.

O prazo para submissão de propostas, online, foi prorrogado e agora vai até o dia 20 de agosto,  exclusivamente pelo SisFaperj, no endereço eletrônico: https://sisfaperj.faperj.br/sisfaperj/

Confira a íntegra do edital: Programa de Apoio à Inserção de Pesquisadores em Empresas

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes