O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ reafirma política de fomento na área de cooperação internacional em 2020
Publicado em: 13/02/2020

FAPERJ reafirma política de fomento na área de cooperação internacional em 2020

Por Ascom Faperj

A coordenadora da Assessoria de Relações Internacionais da FAPERJ,
Vania 
Paschoalin, destaca que a internacionalização é um ponto
estratégico para o fortalecimento da C,T&I fluminense 
(Foto: Caio Meira)

No contexto de retomada da capacidade de fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) da FAPERJ, cujos repasses haviam sido afetados pela crise fiscal do estado em anos recentes, a Fundação reafirma a área de cooperação internacional como um dos seus pilares para o ano de 2020. “Nosso papel é fortalecer e expandir programas e ações voltados à possibilidade de cooperação dos pesquisadores fluminenses com pesquisadores de outras partes do mundo, de maneira a desenvolver áreas de pesquisa estratégicas e de interesse do estado do Rio de Janeiro. Os programas de pós-graduação das instituições fluminenses podem se beneficiar muito da mobilidade de pesquisadores seniores e jovens, para instituições de outros países”, disse a coordenadora da Assessoria de Relações Internacionais da FAPERJ, Vania Paschoalin.

Ela destaca que a internacionalização é um ponto estratégico para o fortalecimento da C,T&I do estado do Rio de Janeiro, considerado o segundo maior em produção de conhecimento do País. “É importante reforçar a possibilidade de obtenção de financiamentos a pesquisas disponibilizados por órgãos e agências de fomento internacionais, voltados para a cooperação bilateral entre os países, em áreas específicas. O desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação no estado podem ser impulsionados a partir de ações da FAPERJ, que facilitem e apoiem a integração de nossos pesquisadores em centros de pesquisa e inovação renomados, localizados em todo o mundo. Além disso, a participação de pesquisadores estrangeiros nas instituições de ensino e pesquisa fluminenses também está sendo fortemente estimulada”, apontou.

Ao longo de 2019, a FAPERJ retomou vários programas lançados anteriormente, como o Mobility CONFAP Italy e o CONFAP-CNPq-UK Academies – parcerias com a participação do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e de instituições estrangeiras. A Fundação anunciou ainda o lançamento de novos programas, entre eles o Programa de Mobilidade Internacional FAPERJ, que tem como objetivo fomentar a mobilidade de doutorandos, pós-doutorandos e pesquisadores sêniores e pesquisadores visitantes estrangeiros. As ações de cooperação internacional privilegiam os temas de interesse do estado do Rio de Janeiro, assim como as instituições parceiras da FAPERJ, que são especificadas no texto de cada chamada.

No decorrer deste primeiro semestre de 2020, diversos programas de cooperação internacional bilateral estão ou serão abertos. Um deles é o programa Cátedras Francesas, que tem o objetivo de estimular a vinda de pesquisadores sêniores e doutorandos estrangeiros a todas as universidades e instituições fluminenses, com inscrições abertas até a próxima segunda-feira, dia 17 de fevereiro. Outras iniciativas são a Chamada de Cooperação Bilateral com a Itália (CONFAP/MAECI) – voltada para o apoio de projetos de pesquisa bilaterais entre pesquisadores fluminenses e italianos que teve o prazo de submissão encerrado esta semana e será implementada ainda este ano –,  e o programa FameLab, competição científica promovida pelo British Council no Brasil e apoiada pela FAPERJ. A lista continua com as chamadas CONFAP-CNPq-UK Academies 2019, CONFAP/RISE 2020, Poluentes Aquáticos, entre outros programas oriundos de colaborações internacionais, que têm o lançamento previsto ainda para este semestre.
 
Com o objetivo de alavancar a participação da comunidade científica em projetos de grande escala, a FAPERJ irá apoiar equipes fluminenses que desejem participar das chamadas Horizonte 2020. O apoio se dará através do lançamento de quatro chamadas anuais de pré-seleção, onde os pesquisadores do estado do Rio de Janeiro deverão inserir as propostas destinadas às chamadas multilaterais promovidas pela Comissão Europeia, a fim de obterem o apoio financeiro da FAPERJ. As propostas aprovadas pela Fundação receberão uma carta confirmando o fomento requisitado, que acontecerá apenas se a proposta for aprovada também pela Comissão Europeia.

“Ainda para este ano, estão entre as metas da Assessoria de Relações Internacionais da FAPERJ estreitar os laços de cooperação com a China, os Estados Unidos e o Canadá, além de reativar programas bilaterais com países da América Latina”, completou Vania, explicando que a maioria das parcerias internacionais estabelecidas pela FAPERJ até o momento foi feita com países membros da Comunidade Europeia.

Com o intuito de viabilizar os programas de cooperação bilateral, além dos auxílios a cooperações bilaterais, a FAPERJ criou recentemente a Bolsa de Mobilidade Internacional (http://www.faperj.br/?id=84.4.0), voltada unicamente para promover o intercâmbio de pesquisadores fluminenses para todo o mundo, com cinco modalidades de fomento: Doutorado-sanduíche, Doutorado-sanduíche Reverso, Pós-doutorado, Pós-doutorado reverso, Pesquisador Sênior e Pesquisador visitante. Todas as chamadas internacionais podem ser consultadas no site institucional, em: http://www.faperj.br/?id=84.4.0

A Assessoria de Relações Internacionais da FAPERJ, coordenada por Vania Paschoalin, conta ainda, em sua equipe, com os assessores Ana Beatriz Ramadas, Marcelo Branco e Maria Luiza de Castro.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes