O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > No Instituto Gênesis, FAPERJ promove ação de divulgação de seus editais
Publicado em: 30/01/2020 | Atualizado em: 03/02/2020

No Instituto Gênesis, FAPERJ promove ação de divulgação de seus editais

Por Ascom Faperj

Guilherme esclareceu dúvidas sobre o enquadramento de itens
nas rubricas de custeio e financiamento, e a contratação de
prestadores de serviços e licenças de softwares, entre outros

A administradora de empresas Maísa Marques era uma das empreendedoras que estavam na plateia no Instituto Gênesis, a incubadora de empresas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), na manhã da última sexta-feira, dia 24 de janeiro. Ao lado dos outros presentes que lotavam o auditório, ela estava atenta às explicações dos assessores da Diretoria de Tecnologia da FAPERJ sobre as oportunidades de fomento oferecidas pela Fundação que estão com inscrições abertas neste início de 2020. Desde o início de janeiro, como parte da estratégia de divulgação de seus editais, os assessores vêm realizando apresentações em universidades, institutos de pesquisa, mecanismos de geração de empreendimentos inovadores, associações de classe e outras instituições que compõem o ecossistema de inovação fluminense. O objetivo é dar maior visibilidade às oportunidades de financiamento de projetos, voltadas para graduandos, mestres e doutores que têm interesse no empreendedorismo e na inovação.

Na apresentação no Instituto Gênesis, a FAPERJ esteve representada por Guilherme Santos, Marcos Neme e Paulo Buarque, assessores da Diretoria de Tecnologia da Fundação. Eles apresentaram os programas Iniciação Tecnológica (IT), Doutor Empreendedor, InovaAÇÃO RIO e Startup Rio (confira a íntegra dos editais ao fim do texto). Nos últimos dias, a equipe promoveu palestras na Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro), na Casa Firjan, e na Universidade Federal Fluminense (UFF).

Em 2016, Maísa teve apoio de um dos programas que agora estão novamente com inscrições abertas, o programa Startup Rio, quando, junto com o atual sócio desenvolveu o Shosp, um software que auxilia no gerenciamento completo das rotinas de clínicas e consultórios médicos, pretende submeter um projeto de expansão e inovação do sistema. Com cerca de 5.000 clientes e atuação nacional, o Shosp possui agenda médica, prontuário eletrônico, faturamento (as guias de faturamento que são enviadas para os convênios), controle financeiro e de estoque, além das opções de agendamento pelo próprio site de cada clínica e envio de SMS e e-mail para confirmação de consulta com o paciente, entre outras funcionalidades. O usuário pode acessar as informações tanto pelo computador, quanto por dispositivos móveis como seu smartphone.

A designer de moda Janara (esq.) e a diretora do Shosp, Maísa, 
tiraram 
suas dúvidas após a apresentação dos assessores da 
diretoria 
de Tecnologia da FAPERJ (Fotos: Paula Guatimosim)

Diretora de Marketing do Shosp, Maísa explica que o próximo projeto da empresa, que será submetido ao programa Doutor Empreendedor da FAPARJ é incluir cada vez mais na plataforma o paciente usuário das clínicas e consultórios. “Toda a nossa atenção é voltada para impactar positivamente o usuário final da plataforma, ou seja, o paciente”, explica Maísa. Por isso, a meta da Shosp é desenvolver mecanismos que permitam aos pacientes interagirem com seus prontuários médicos.Em 2016, Maísa teve apoio de um dos programas que agora estão novamente com inscrições abertas, o programa Startup Rio em 2016, quando, junto com o atual sócio desenvolveu o Shosp, um software que auxilia no gerenciamento completo das rotinas de clínicas e consultórios médicos, pretende submeter um projeto de expansão e inovação do sistema.

Doutora em design pela PUC-Rio, Janara Morenna também estava no auditório do Instituto Gênesis. Ela está na dúvida se submete seu projeto ao Programa Doutor Empreendedor ou ao Startup Rio. Ela trabalha com moda, tecnologia e sustentabilidade, desenvolvendo projetos especiais customizados e depois de muita dedicação à Academia, decidiu voltar a empreender. Janara, que aos 19 anos já participava da feira alternativa de moda Mundo Mix, presta serviços e consultoria em design estratégico, marketing e gestão, e se especializou em desenvolvimento de conteúdo e soluções para empresas com "DNA carioca", especialmente na área de moda, saúde e beleza. Ganhadora dos prêmios “Meu Futuro Negócio"​ - da Firjan/ IEL (Instituto Euvaldo Lodi) e do prêmio do Instituto Gênesis com o projeto LabMuseu de cultura de praia, a designer pretende desenvolver seu projeto de arte, moda e tecnologia no segmento da moda praia.Com seus projetos de mestrado e doutorado ficados no corpo da brasileira, Janara pretende propor tecnologias disruptivas e design customizado para as infinidades de constituições corporais e especificidades das brasileiras. “Temos carência de customização. Precisamos contar com o auxilio de novas tecnologias, como o body scanner, para criarmos moda cada vez mais de acordo com o corpo e o gosto da cliente, especialmente em moda praia”, explica Morenna.

O auditório do Instituto Gênesis recebeu um grande número de
interessados em obter recursos para abrir seu próprio negócio

Uma das maiores preocupações dos interessados em chamadas e editais da FAPERJ é a prestação de contas. Por isso, surgiram na plateia dúvidas quanto ao enquadramento de itens nas rubricas de custeio e financiamento. Outra questão recorrente é quanto à contratação de pessoal. Guilherme dos Santos esclareceu reiteradas vezes que é vetada a contratação direta de funcionários nos projetos. Explicou que são permitidos serviços de terceiros (pessoa física e/ou jurídica), com caráter eventual (no máximo três meses subsequentes, para não configurar vínculo empregatício), incluindo a contratação de consultoria. Uma dúvida também frequente no ambiente de inovação é sobre licenças de softwares, que são admitidas desde que até o máximo de 30% do montante solicitado na rubrica de custeio. Além de solicitar aos interessados que leiam o manual de instruções para prestação de contas para que não haja enganos e decorrentes glosas, a  equipe disponibilizou também os e-mails específicos para esclarecimento de cada um dos programas.

Ao longo da última semana, a equipe de assessores da FAPERJ promoveu palestras na Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro), na Casa Firjan, na Universidade Federal Fluminense (UFF) e No Instituto Nacional de Tecnologia (INT).

Confira a íntegra dos editais com inscrições abertas:

Programa Doutor Empreendedor: Transformando Conhecimento em Inovação – 2019

Programa de Apoio à Inovação em Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado do Rio de Janeiro InovAÇÃO RIO

Startup Rio 2020: Apoio à Difusão de Ambiente de Inovação em Tecnologia Digital no Estado do RJ

Programa de Iniciação Tecnológica (IT)

Veja a lista completa de editais da FAPERJhttp://www.faperj.br/?id=3532.3.5

Confira abaixo a agenda de divulgação dos editais, com os respectivos locais e horários:

Fonte: Diretoria de Tecnologia

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes