O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Última etapa da Jornada Jovens Talentos é realizada na Uerj
Publicado em: 12/12/2019 | Atualizado em: 27/12/2019

Última etapa da Jornada Jovens Talentos é realizada na Uerj

Por Ascom Faperj

Júlia Aranha ficou em segundo lugar na categoria Ciências Exatas 
na etapa das Jornadas realizada no Rio 
(Foto: Juliana Passos)

O campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) recebeu nesta terça-feira, dia 10 de dezembro, a última etapa da 20ª edição do programa Jovens Talentos Para a Ciência. Uma parceria da FAPERJ com a Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do RJ (Cecierj), o programa, de Pré-Iniciação Científica, soma hoje 870 bolsistas, em 50 cidades do estado do Rio de Janeiro, e mantém colaboração com 53 instituições de pesquisa. Este ano, o programa, dividido em três etapas, passou anteriormente pelas cidades de Macaé e Pinheiral, e recebeu um total de 250 trabalhos de 469 alunos e 190 orientadores.

Na mesa de abertura, o coordenador do programa, Jorge Belizário, falou da necessidade de sonhar e persistir. “Eu desejo e cobro que daqui a alguns anos vocês estejam aqui comigo, incentivando novos jovens talentos. E para isso é preciso sonhos, criatividade e determinação”, disse. Em seguida, a vice-presidente Científica do Cecierj, Mônica Dahmouche, destacou as duas décadas do programa e saudou os estudantes, orientadores e instituições envolvidas. “Os alunos são a alma desse projeto e estou energizada com o entusiasmo que vocês têm demonstrado com os trabalhos desenvolvidos. Não podemos deixar de parabenizar, igualmente, os orientadores, que desempenham papel importante para levar adiante esse projeto, e a equipe organizadora, por tornar tudo isso possível ao longo de 20 anos, o que não é algo simples”, disse Monica.

O programa destina-se à concessão de bolsas de pré-iniciação científica para estudantes do Ensino Médio público que tenham interesse e potencial para atuar em atividades de pesquisa em ciência e tecnologia. Ele visa estimular a formação científica e identificar vocações, contribuindo para a difusão do conhecimento, desmistificando a ciência e articulando pesquisa e ensino. As atividades são desenvolvidas nos laboratórios das instituições científicas conveniadas, sob a orientação de pesquisadores. Alguns egressos do programa são hoje mestres e doutores – e dois destes últimos orientam atualmente alunos que participam da iniciativa.

O coordenador do projeto na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Antonio Henrique de Moraes Neto, pesquisador do Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos, relembrou sua trajetória na Fundação ao longo de mais de 30 anos. “Quando entrei na Fiocruz, há 33 anos, meus colegas e eu estávamos cheios de sonhos e de vontade de mudar o mundo. Também tínhamos várias questões: como fazer, quem seguir? Dúvidas que também devem passar pela cabeça de vocês. Esses momentos partilhados de pesquisa, de curiosidade, de foco, trazem muita experiência não só para a vida acadêmica como para a vida de vocês. Tudo isso constrói uma pessoa, constrói mentes, constrói atitudes”, contou.

Interessada por saber como as coisas funcionam e no estilo “faça você mesmo”, a estudante de Ensino Médio do Colégio Pedro II Gabriela Alcântara está envolvida em projeto de robótica educacional. “Eu tinha um interesse grande pela eletrônica, mas depois que entrei no projeto acabei me apaixonando por robótica. Um amigo entrou para o Jovens Talentos quando já demonstrava interesse pela área de diplomacia, do que ele ainda gosta. Mas a chance de participar do programa lhe deu a oportunidade de adquirir outros conhecimentos, ter contato com outra área”, conta. Gabriela e o amigo desenvolvem robôs para que executem trajetos de forma autônoma e que possam ser utilizados em resgastes em áreas de risco.

Já Julia Aranha, 17 anos, estudante do terceiro ano do curso técnico em edificações do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ), está apaixonada por sua pesquisa sobre educação financeira. Além da pesquisa bibliográfica, a pesquisa tem um aspecto prático de elaboração de um curso da qual ela também é professora. “A primeira aula foi sobre juros compostos e simples, que não faz parte da base curricular. A partir daí, nós entramos na matemática financeira, em sistemas de amortizações, que é quando você vai fazer o financiamento de um imóvel. Uma coisa que a gente conseguiu derrubar em parte, é o mito de que apenas a poupança é um investimento seguro”, entusiasma-se.

Os coordenadores do programa, Jorge Belizário e Vera Medeiros,
celebram com equipe do Museu Nacional que ficou entre premiadas
na categoria Ciências Humanas (Foto: William Alves Júnior)

A estudante Ana Beatriz Adão, 16, foi convencida pela mãe a se inscrever no curso técnico em Meio Ambiente da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) em Saquarema. “Minha mãe veio com essa ideia de me inscrever no curso técnico em meio ambiente e eu fiquei meio receosa. Mas depois eu comecei a gostar e hoje eu não me vejo fazendo outra coisa”, conta. Agora, ela explica sobre a necessidade de melhorar as condições do aterro de Bacaxá, em sua cidade. “Queremos calcular o potencial energético do aterro de Bacaxá, mas por enquanto não obtivemos autorização da prefeitura para entrar no aterro e trabalhamos com estimativas. O projeto também visa mostrar os problemas que o aterro tem, porque é um aterro controlado e não sanitário, como seria o ideal. O controlado não tem impermeabilização do solo, não utiliza o biogás de forma correta, deveria ter um centro de reciclagem e aqui não tem nada disso. O centro de reciclagem está desativado”, fala, mostrando desembaraço e conhecimento sobre o assunto.

Confira abaixo a lista dos premiados desta edição:

Ciências Biológicas

1º  Lugar Ciências Biológicas (2 trabalhos empatados)

A - Trabalho: Branqueamento de corais da Praia da Tartaruga, Armação dos Búzios, RJ
Bolsista: Luiz Felipe do Nascimento Lira
Orientador: Amilcar Brum Barbosa
Instituição: ETE Heber Muniz Vignoli (FAETEC Saquarema)

B - Trabalho: Prevalência de parasitoses intestinais no âmbito do Programa Saúde na Escola em São Gonçalo, RJ.
Bolsista: Gabrielle Cristine D'Elia da Conceição
Orientador: Antonio Henrique Almeida de Moraes Neto
Instituição: Fiocruz

2º Lugar Ciências Biológicas
Trabalho: Análise polínica em espécies da família Vitaceae
Bolsista: Gabriel Henrique Cardoso Paulo
Orientador: Vania Gonçalves Lourenço Esteves
Instituição: Museu Nacional

3º Lugar Ciências Biológicas
Trabalho: Levantamento dos moluscos terrestres da Serra do Palmital, Saquarema, RJ
Bolsistas: Talita Peregrino de Amorim; Victória Vieira de Alvarenga
Orientador: Amilcar Brum Barbosa
Instituição: ETE Heber Muniz Vignoli (Faetec Saquarema)

Ciências Exatas

1º Lugar Ciências Exatas
Trabalho: Explorando a matemática em jogos etnomatemáticos.
Bolsista: Ana Carla Machado Alves
Orientador: Wellington Tatagiba de Carvalho
Instituição: CEFET Maracanã

2º Lugar Ciências Exatas
Trabalho: Introdução à Educação Financeira no Ensino Médio
Bolsista: Julia do Carmo Aranha
Orientador: Wellington Tatagiba de Carvalho
Instituição: CEFET Maracanã

3º Lugar Ciências Exatas
Trabalho: O Papel do Origami
Bolsistas: Marcos Estevam Silva; Pollyana Granado Martins Pereira
Orientador: Viviane Gomes Lagdem Tatagiba
Instituição: IFF  Maricá

Ciências Humanas

1º Lugar Ciências Humanas (2 trabalhos empatados)

A - Trabalho: Vulnerabilidade social na Baixada Fluminense: mapeando desigualdades e construindo indicadores
Bolsista: João Pedro Batista do Nascimento
Orientador: Viviane Espírito Santo Rodrigues
Instituição: IFRJ Nilópolis

B  - Trabalho: Acessibilidade Científico Cultural com e para Surdos em Museus, Espaços Culturais e Educacionais
Bolsistas: Matheus Araújo de Lima; Raissa Neumann do Nascimento Coimbra; Davi Pinto Santos; Douglas da Silva Filadelfo 
Orientador: Stella Savelli/Vanessa Pinheiro
Instituição: INES

 2º Lugar Ciências Humanas
Trabalho: A Caixa Misteriosa do Museu Nacional
Bolsistas: Caio Felipe Mendes; Lorrany Apóstolo Dias da Costa; Juliane Lopes de Oliveira; Isabela Mendes Fischdick; Julia Moura da Silva
Orientador: Fernanda de Lima Souza
Instituição: Museu Nacional

3º Lugar Ciências Humanas
Trabalho: Distopia e Crise Social
Bolsistas: Yasmin Souza Costa; Victoria Ferreira de Souza Pizza
Orientador: Alessandro Garcia da Silva
Instituição: IFF Maricá

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes