O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ divulga o resultado da edição do Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1)
Publicado em: 17/10/2019

FAPERJ divulga o resultado da edição do Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1)

Por Ascom Faperj

A Fundação divulga nesta quinta-feira, 17 de outubro, o resultado da edição 2019 do Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1). Foram selecionados 411 projetos, representando R$ 14.349.212,71 em investimentos.

Trinta e sete instituições tiveram propostas contempladas, com destaque para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com 106 propostas, seguida pelas Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com 66 propostas, Universidade Federal Fluminense (UFF), com 61 propostas e FIOCRUZ com 35 propostas. Outros destaques são a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), com 29 projetos aprovados e a Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), com 23 projetos. As demais propostas beneficiadas ficaram distribuídas entre outras 31 instituições, o que indica o grande alcance do programa em promover o fortalecimento da capacidade de investigação científica nas instituições fluminenses.

O APQ 1 se propõe fundamentalmente a financiar o desenvolvimento de projetos nas mais diversas áreas do conhecimento, desde que conduzidos por pesquisadores com grau de doutor ou equivalente, com vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado. A liberdade na escolha dos temas faz do APQ 1 a modalidade de fomento mais procurada dentre os programas da FAPERJ, principalmente entre os jovens pesquisadores.

Para o presidente da FAPERJ, Jerson Lima, o APQ 1 é um programa de grande perenidade entre as modalidades de apoio praticadas pela Fundação. “A chamada deste ano contempla projetos até R$ 60 mil para serem executados em dois anos. O APQ 1 é um programa permanente da Fundação e muito importante para o desenvolvimento científico do estado, sendo bastante utilizado pelos pesquisadores nos estágios iniciais da carreira, e por isso altamente competitivo", observou.

Na avaliação da diretora Científica da FAPERJ, Eliete Bouskela, o APQ 1 é muito importante porque pesquisadores com doutorado em qualquer estágio da carreira, com exceção dos Jovens Cientistas do Nosso Estado e dos Cientistas do Nosso Estado, e em todas as áreas do conhecimento podem aplicar e, com isto, iniciar ou dar continuidade a seu projeto de pesquisa. “Entre 2007 e 2015, havia duas chamadas para concessão de projetos e a partir de 2016, passamos a ter apenas uma chamada anual. Assim, quem não foi contemplado este ano, pode e deve aplicar no ano que vem”, disse. Ela ressalta que  O APQ 1 continua sendo o programa regular e anual da Fundação que mais aloca recursos nas instituições sediadas no estado do Rio de Janeiro.

A avaliação das propostas leva em consideração a produção científica do(a) proponente, capacidade de formação de recursos humanos, liderança em sua área, mérito técnico-científico e viabilidade do projeto, relevância do projeto para o Estado do Rio de Janeiro e a capacidade do(a) proponente na obtenção de financiamento.

Os recursos do programa poderão ser aplicados em despesas de capital e custeio, escolhidas pelos proponentes, essenciais à realização do projeto, desde que estejam de acordo com o classificador de receita e despesa do estado do Rio de Janeiro e em consonância com as metas do projeto. Contados a partir da liberação dos recursos, os contemplados terão 24 meses para a execução de suas propostas.

Confira a listagem dos contemplados no APQ 1, clicando no link abaixo:

Resultado: Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1)

Essa edição contará com uma nova funcionalidade no SisFAPERJ. No caso de eventual recurso interposto ao resultado divulgado, o proponente deverá única e exclusivamente submeter o pedido através do SisFAPERJ. Essa ação deve ser realizada em até sete dias úteis após a divulgação da relação dos contemplados no sítio da Fundação, por uma única vez, não sendo permitido novo recurso.

Para acessar essa funcionalidade no SisFAPERJ, siga as seguintes instruções:

  1. A solicitação de recurso no sistema SisFAPERJ deverão ser realizadas pelo proponente do projeto (com login e senha próprios);

OBS: Para o preenchimento dos formulários no sistema SisFAPERJ devem ser utilizados

EXCLUSIVAMENTE os navegadores MOZILLA FIREFOX ou GOOGLE CHROME EM AMBIENTE

WINDOWS.

  1. Acessar o endereço eletrônico: https://sisfaperj.faperj.br/sisfaperj/ (login = o seu CPF);
  2. No item “Solicitante”, clicar em “Meu Protocolo”;
  3. Dentro da janela “Meu Protocolo”, selecionar a lista “Recurso”;
  4. Os pedidos negados aparecerão na lista;
  5. Selecione o pedido que deseja solicitar um recurso;
  6. Clique em “Solicitar”;
  7. Na aba “Inicial”, é possível ver o parecer fundamentado emitido pelo Comitê de Avaliação;
  8. Na aba “Arquivos”, descreva, em poucas palavras, o principal motivo da solicitação;
  9. No item “Arquivos em anexo”, clicar no botão “+” para anexar a carta de recurso. A carta deve conter apresentar argumentação necessária para interposição de recurso. Solicitações não fundamentadas não serão analisadas;
  10. Clicar na lista “Opção:” e selecionar “Enviar para FAPERJ”;
  11. Clicar em “Executar”
  12. O solicitante receberá um e-mail informando a conclusão;
  13. O status do pedido poderá ser acompanhado nessa mesma aba.
Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes