O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas – Semana de 3 a 9 de outubro de 2019
Publicado em: 03/10/2019

Notas – Semana de 3 a 9 de outubro de 2019

Maglev-Cobra completa cinco anos em operação na Cidade Universitária da UFRJ
O Maglev-Cobra completou cinco anos de operação experimental na última terça-feira, 1º de outubro. O veículo do Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), que levita sobre trilhos, sem emissão de poluentes, se prepara para entrar em uma nova fase com a troca de alguns componentes que permitirão condução autônoma, melhoria da tração linear, aumento na velocidade, e funcionamento em situações adversas, como trilhas íngremes, interrupção de energia ou chuvas e ventos fortes. Nesses cinco anos, o Maglev-Cobra, que contou com apoio da FAPERJ, já transportou cerca de 20 mil pessoas em uma linha experimental que liga os Centros de Tecnologia 1 e 2, na Cidade Universitária. Ele é o primeiro veículo no mundo a transportar passageiros utilizando a tecnologia de levitação magnética por supercondutividade. O diretor da Coppe e Cientista do Nosso Estado, professor Romildo Toledo, destacou na cerimônia o idealismo e a alegria da equipe que trabalha no projeto, lembrando que o caminho entre o desenvolvimento do conhecimento e a apropriação dele pela sociedade na forma de produtos é longo, mas vale a pena porque pode beneficiar muitas pessoas, no mínimo com a formação de recursos humanos. Durante o evento de celebração de aniversário do projeto, o professor Richard Stephan lançou o livro Maglev-Cobra: uma breve retrospectiva, no qual conta o passo a passo da evolução do projeto, além de detalhes de bastidores. Painéis solares asseguram energia suficiente para movimentar o veículo, que pode transportar até 20 passageiros por viagem, a uma velocidade de 10 km/hora na trilha de 200 metros criada apenas para demonstrar a viabilidade da tecnologia de levitação. Mas o Maglev-Cobra pode atingir até 100 km/hora ou mais, com segurança, em percursos mais longos, além de ter baixo custo de implantação, equivalente a cerca de 1/3 do valor de implantação do metrô na mesma extensão. Sem contar que a operação do veículo é silenciosa e sem emissão de poluentes. Mais informações: http://www.coppe.ufrj.br  

PUC-Rio abre vaga para professor de Química com salário acima de R$ 12 mil
O Departamento de Química do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) está com processo seletivo aberto para uma vaga de professor. O candidato deve ter disponibilidade para dedicação exclusiva (40h semanais) e titulação de doutor em Química Inorgânica (de preferência em Química de Coordenação, Bioinorgânica, Organometálicos ou Química Inorgânica Medicinal). As inscrições podem ser feitas até 18 de outubro. É essencial aptidão para lecionar disciplinas de graduação e de pós-graduação em Química e habilidade de orientar alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado. O candidato deve também ter potencial para desenvolver linha de pesquisa independente, demonstrar capacidade de produção científica continuada e de qualidade e além de interagir com os grupos e linhas de pesquisa já existentes no departamento. O salário inicial é de R$ 12.735,88, equivalente ao cargo de Professor Assistente 1. Mais informações (Edital em formato PDF): http://www.qui.puc-rio.br/wp-content/uploads/2019/09/Edital-para-processo-seletivo-de-Professor-de-Qu%C3%ADmica-Inorg%C3%A2nica.pdf

Embrapa busca startups que desenvolvam soluções de problemas da cadeia do leite
A Embrapa Gado de Leite promoverá nesta sexta-feira, 4 de outubro, no auditório do Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), a Caravana 4.0 – Ideas for Milk, um evento de mobilização para divulgar nas universidades a cadeia produtiva do leite, a revolução digital no agronegócio e o mercado agtech, com objetivo de motivar o desenvolvimento de propostas de startups voltadas para a solução de problemas da cadeia do setor leiteiro. O Ideas for Milk também promove os eventos Vacathon e Desafio de Startup. Vacathon é uma maratona com cinco dias de duração, realizada na Embrapa Gado de Leite, em Juiz de Fora. Participam times de até 20 universidades e cada instituição escala cinco estudantes, de cursos variados, reunindo ciências agrárias, exatas e humanas. Um professor é escolhido como embaixador e fica responsável por organizar o time. Já o Desafio de Startup é destinado a empreendedores com projetos de inovação digital, design industrial, produtos lácteos, biotecnologia, nanotecnologia, materiais, insumos, entre outras soluções com modelos de negócio inovadores. As inscrições estão abertas e podem ser feitas gratuitamente no site do evento. Mais informações: http://www.ideasformilk.com.br

Projeto da Escola de Música da UFRJ apresenta ópera infantil
A Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apresenta, nos dias 8, 9, 11 e 12 de outubro, a montagem em formato de ópera do famoso conto de Hans Christian Andersen, A nova roupa do Imperador. A apresentação faz parte do projeto A Escola vai à Ópera, que este ano chega à sua 10ª edição. O espetáculo foi concebido pelo compositor sueco Sven Kristersson a partir da tradicional história de Andersen. A junção destes dois grandes artistas resultou na opereta a que o público terá a oportunidade de assistir, em primeira audição mundial, no Salão Leopoldo Miguez. Criado em 2008, o projeto A Escola vai à Ópera busca divulgar espetáculos com temática infantil, incentivando, de maneira lúdica, a participação de crianças no mundo da ópera. Além disso, a iniciativa proporciona tanto aos espectadores quanto àqueles que atuam na montagem a oportunidade de conhecer as obras e seus autores. Mais informações: http://musica.ufrj.br/index.php/comunicacao/noticias/destaques/a-nova-roupa-do-imperador-estreia-em-outubro 

Primavera Literária reúne autores e editoras independentes no Museu da República
Começou nesta quinta, 3, e vai até domingo, 6 de outubro, a 19ª edição da Primavera Literária do Rio de Janeiro, tradicional feira de autores e editoras independentes, organizada pela Liga Brasileira de Editoras (Libre), nos jardins do Museu da República (Rua do Catete, 143), de 10h às 20h, com entrada gratuita. A edição deste ano tem como tema Equidade, Sustentabilidade e Bibliodiversidade e contará com sessões de bate-papos, conversas, mesas de debate, lançamentos, escritores convidados nacionais e internacionais, um festival de poesia e um encontro de podcasters, além de uma programação educativa e infantil com contação de histórias e oficinas de ilustração. As novidades deste ano são a Rua do Desenho e um Bar Literário, com shows que irão ocupar os jardins do Museu da República. No sábado, 5 de outubro, acontece o lançamento da 3ª edição do livro A derradeira gesta - Lampião e nazarenos guerreando no sertão (Ed. Mauad X, 2019, 364 p.), de Luitgarde Oliveira Cavalcante Barros, cuja primeira edição, de 2000, foi financiada pela FAPERJ. A Primavera Literária do Rio de Janeiro é organizada pela Libre desde 2002 e, na edição de 2018, recebeu, em quatro dias, 10 mil pessoas nas suas quase 100 atrações culturais diversificadas gratuitas. Mais informações: http://libre.org.br 

Projeto Fiocruz no Ar aborda riscos da sífilis em gestantes para mães e bebês
Considerada uma epidemia pelo Ministério da Saúde, desde 2016, a sífilis vem avançando no País. Em relação às gestantes, de 2005 a 2018 foram notificados 259.217 casos, sendo que 52% das ocorrências foram em mulheres na faixa etária entre 20 e 29 anos. Causada pela bactéria Treponema Pallidum, a sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) e pode ser adquirida por meio de relação sexual sem preservativo ou do contato com feridas expostas – a chamada sífilis adquirida, ou a que é transmitida da gestante para a criança ainda no útero, a sífilis congênita. No caso das gestantes infectadas, a transmissão para o bebê pode levar a danos graves, como parto prematuro, fissura perto da boca, convulsões, surdez, dificuldade de aprendizado e até a morte. Para ouvir as recomendações do médico e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gabriel Osanan, sobre essa IST acesse o podcast Sífilis em gestantes: um risco para mães e bebês, do Projeto Fiocruz no Ar. Mais informações: https://soundcloud.com/user-881543515/fiocruznoar-sifilis-gestantes

Uerj sedia Encontro Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação
O XXXV Encontro Nacional de Pró–Reitores de Pesquisa e Pós-graduação (Enprop) será realizado de 11 a 14 de novembro no Teatro Odylo Costa Filho, campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O tema deste ano, Planejamento Estratégico e Avaliação Multidimensional, deverá atrair a participação de mais de 250 instituições interessadas em discutir não só a nova forma de avaliação para os programas de pós-graduação, mas também como as pró-reitorias devem estar inseridas no planejamento das instituições. Além do tema geral, o processo de internacionalização desencadeado pelo Capes-Print será também discutido durante os quatro dias. Mais informações: https://www.uerj.br/noticia/universidade-abre-inscricoes-pro-forum-de-pro-reitores-de-pos-graduacao-e-pesquisa

Professor da UFRRJ coordena projeto de remição de pena através da leitura
O Brasil possui a quarta maior população carcerária do mundo, perdendo apenas para Estados Unidos, China e Rússia. De acordo com o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), em 2016 havia 726.712 pessoas presas no País, com um déficit de aproximadamente 360 mil vagas nas unidades prisionais. Diversos presídios brasileiros são contemplados com ações de remição de pena. O professor Marcos Pasche, do Departamento de Letras e Comunicação Social da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), coordena um projeto de extensão de remição de pena em unidades prisionais do Complexo de Gericinó, em Bangu. Atualmente, o trabalho é realizado na Cadeia Pública Bandeira Spampa. Para cada obra lida, o preso terá quatro dias da sua pena reduzidos. Após a leitura de cada livro, o preso precisa fazer uma redação e obter nota mínima 6 para ter o benefício da redução de sua pena. Os textos são avaliados pela equipe docente. O projeto também conta com apoio de dois graduandos de Letras, além de bolsistas da Pró-Reitoria de Extensão (Proext). O projeto aceita doações de livros em bom estado, desde que esteja previsto na lista oficial, que pode ser acessada na Internet. Mais informações: http://abre.ai/remicao_de_pena 

Seminário na Fiocruz discute os desafios do acesso a medicamentos no Brasil
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) promoverá amanhã, sexta-feira, 4 de outubro, das 9h30 às 13h, o seminário Desafios do acesso a Medicamentos no Brasil. Promovido pela iniciativa Saúde Amanhã, no contexto da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030, o seminário abordará o cumprimento do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3.8 e 3.b da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável (ONU), voltado para a questão do acesso a medicamentos seguros, eficazes, de qualidade e a preços acessíveis para todos. O programa conta especialistas convidados Vera Lúcia Luíza, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), Rondinelli Mendes (Ensp/Fiocruz) e Jorge Costa (Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde/Fiocruz). Haverá debate com os convidados Antônio Carlos Bezerra, presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina, Biotecnologia e Especialidades (Abifina), Norberto Rech, professor do Departamento de Ciências Farmacêuticas da Universidade Federal de Santa Catarina e Suzete Henrique da Silva, superintendente de assistência farmacêutica e insumos estratégicos da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. O seminário acontece no Auditório do Centro de Documentação e História da Saúde – Casa de Oswaldo Cruz (CDHS/COC/Fiocruz), 4º andar. Mais informações: https://saudeamanha.fiocruz.brwww.icict.fiocruz.br

UFF sedia III Seminário de Pesquisa sobre os usos terapêuticos da maconha
O Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (Ineac) da Universidade Federal Fluminense (UFF) vai realizar neste mês o III Seminário de Pesquisa sobre os usos terapêuticos da maconha. O evento ocorrerá nos dias 9, 10, 11 de outubro no auditório do bloco P do campus do Gragoatá em Niterói. A programação conta com mesas sobre os estudos relacionados à neurociência realizados pelo Instituto D'Or, a legislação de drogas e sobre as características botânicas da planta. O seminário também contará com transmissão ao vivo pelo Facebook. O evento é gratuito e as inscrições serão feitas na hora. Mais informações: http://www.ineac.uff.br/index.php/noticias/item/479-iii-seminario-de-pesquisa-sobre-os-usos-terapeuticos-da-maconha

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes