O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ faz entrega de termos de outorga no Museu do Amanhã
Publicado em: 26/09/2019

FAPERJ faz entrega de termos de outorga no Museu do Amanhã

Por Ascom Faperj

Nesta sexta-feira, dia 27 de setembro, em auditório do Museu do Amanhã, na Zona Portuária do Rio, o presidente da FAPERJ, Jerson Lima Silva, junto com a Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, e o governador Wilson Witzel, entregarão aos 200 Cientistas do Nosso Estado (CNE) e mais 158 Jovens Cientistas do Nosso Estado (JCNE) os termos de outorga dos seus projetos aprovados na mais recente edição desses programas de fomento à pesquisa, realizado anualmente pela FAPERJ. A cerimônia, marcada para as 10h, também incluirá a entrega das outorgas aos agraciados no edital Redes de Pesquisa Cooperativa em Nanotecnologia, outro edital lançado pela Fundação, no início de abril, que prevê investimentos superiores a R$ 30 milhões.

Para o presidente da FAPERJ, a realização de cerimônia em museu que leva "amanhã" no nome é bastante emblemático. "Faremos a entrega de outorgas de três importantes editais lançados pela agência em 2019. São investimentos destinados a assegurar que a pesquisa fluminense continuará tendo lugar de destaque nos próximos anos", disse Jerson Lima Silva. "O programa de formação de redes em nanotecnologia terá impacto determinante na pesquisa e desenvolvimento em nanomateriais e novos dispositivos, setor extremamente importante para a retomada da atividade industrial do estado do Rio de Janeiro. Os outros dois editais, Cientista do Nosso Estado e Jovem Cientista do Nosso Estado, são dois dos programas mais concorridos da Fundação, e que contempla a pesquisa de excelência fluminense", acrescentou.

Os programas CNE e JCNE destinam-se a apoiar, por meio de concorrência, projetos coordenados por pesquisadores de reconhecida liderança em sua área, com vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro. Selecionados entre as 1.167 propostas submetidas, os contemplados receberão uma bolsa mensal no valor de R$ 3 mil (CNE) e R$ 2.400 (JCNE), durante 36 meses, totalizando um investimento na ciência fluminense de mais de R$ 25 milhões.

Entre as 25 instituições contempladas na edição 2019 do edital, as que receberam um maior número de bolsas foram Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (119), Universidade Federal Fluminense - UFF (48), Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Uerj (42), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeirom - PUC-Rio (26), Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz (22), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ (11) e Universidade Estadual do Norte Fluminense - Uenf (08), além de outras 19 instituições sediadas no Estado. As grandes áreas do conhecimento que receberam o maior número de bolsas no CNE e JCNE, em ordem decrescente, são: Ciências Biológicas (80), Ciências Exatas e da Terra (60), Ciências Humanas (53), Engenharias (41), Ciências da Saúde (36), Ciências Sociais Aplicadas (27), Ciências Agrárias (19) e Linguística, Letras e Artes (15).

A edição 2019 dos programas CNE e JCNE foi a primeira em estender, em um ano, o período de avaliação da produtividade científica do solicitante no caso de nascimento ou adoção de crianças nos últimos cinco anos. Essa ação teve como objetivo minimizar o impacto do nascimento dos filhos na carreira científica das mulheres e compensar uma possível queda de produtividade decorrente do afastamento legal pela licença maternidade das atividades de pesquisa em institutos e universidades fluminenses.

Segundo a diretora Científica da FAPERJ, Eliete Bouskela, "essa e outras ações são necessárias para que se garanta maior participação feminina em todos os campos da sociedade, em especial na produção de conhecimento científico. Na edição de 2019, houve aumento de 3% na participação feminina em relação à edição de 2018 e de 5% em relação à 2017. O maior número de solicitações por parte de cientistas do sexo feminino reflete o estímulo à igualdade de gênero promovido pela Faperj nesses programas."

Na ocasião, também serão entregues os termos de outorga para os agraciados no edital Redes de Pesquisa Cooperativa em Nanotecnologia com impacto no desenvolvimento e consolidação da indústria 4.0 no Estado do Rio de Janeiro, incluindo produtos para diagnóstico (lab on a chip), nanopartículas para o carreamento e liberação de fármacos, regeneração de tecidos, entre outros. Os recursos deste edital são de mais de R$ 30 milhões. Foram selecionados sete projetos que reúnem 254 pesquisadores e mais de 600 pós-doutorandos e pós-graduandos de laboratórios de pesquisa de instituições de ensino e pesquisa do estado do Rio de Janeiro, além de duas startups e duas empresas.

Para mais informações sobre os programas/editais, visite a página da FAPERJ no endereço: www.faperj.br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes