O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ anuncia edital para formação de redes de pesquisa em Saúde
Publicado em: 29/08/2019 | Atualizado em: 20/09/2019

FAPERJ anuncia edital para formação de redes de pesquisa em Saúde

Por Ascom Faperj

A FAPERJ lança nesta quinta-feira, 29 de agosto, o edital Apoio a Redes de Pesquisa em Saúde no Estado do Rio de Janeiro, com previsão de um investimento total de R$ 60 milhões. O objetivo é propor soluções que integrem pesquisa básica, pré-clínica e clínica nas áreas de doenças emergentes e reemergentes, doenças crônicas não transmissíveis e adição a drogas, permitindo a formação de Redes de Pesquisa voltadas para os principais problemas de saúde da população fluminense. Segundo a diretora Científica da FAPERJ, Eliete Bouskela, "este edital tem um aspecto original de abordar um dos temas mais prementes para a saúde pública no estado e no país, a adição a drogas". O período inicial para a submissão de propostas, que terminava no dia 26 de setembro, foi prorrogado para o dia 10 de outubro. 

Para que sejam formadas as Redes de Pesquisa, o edital prevê a realização de duas etapas. Numa primeira fase, serão apresentados projetos de pesquisa iniciais de grupos proponentes nas áreas previstas. Após a avaliação das propostas por um comitê especial de julgamento, a Faperj indicará, para a segunda etapa, a composição das Redes Temáticas e seus coordenadores e vice-coordenadores, que devem então submeter o projeto consolidado em conformidade com as determinações que serão encaminhadas a todas as equipes.

Podem ser apresentadas propostas de até R$ 4 milhões de reais na primeira etapa. A critério da diretoria da FAPERJ, essas propostas podem aumentar o valor solicitado, por ocasião da re-submissão do projeto, em até 50%, de acordo com as necessidades de fusão de equipes, alteração de objetivos e metas determinadas pelo comitê avaliador da primeira etapa.

As equipes proponentes serão compostas por um mínimo de 6 pesquisadores, dos quais pelo menos 3 devem ser pesquisadores com bolsa de produtividade nível 1 do CNPq e/ou serem Cientistas do Nosso Estado FAPERJ. O coordenador do projeto também tem de ter bolsa de produtividade nível 1 e/ou ser Cientista do Nosso Estado.

Serão financiados itens de custeio e capital, além de bolsas de Treinamento e Capacitação Técnica (TCT) e de Pós-Doutorado (PDR). Na rubrica custeio, podem ser solicitados serviços de terceiros, diárias e passagens (exclusivamente para trabalho de campo), material de consumo e despesas de importação. Os itens de custeio inscrição e participação em congressos não podem ser financiados neste edital. A rubrica capital contempla a aquisição de material permanente e equipamentos de pequeno (até R$ 100 mil) e médio (até R$ 600 mil) porte.

Confira a íntegra do edital no endereço abaixo:

Apoio a Redes de Pesquisa em Saúde no Estado do Rio de Janeiro

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes