O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Faetec ganha programa de apoio à infraestrutura laboratorial por meio da FAPERJ
Publicado em: 11/07/2019 | Atualizado em: 12/07/2019

Faetec ganha programa de apoio à infraestrutura laboratorial por meio da FAPERJ

Por Ascom Faperj

A partir da esq., Jerson Lima, Eliete Bouskela, Leonardo Rodrigues, Romulo
Massacesi, Gilson Paulino e Felipe Cavalcanti (Foto: Lécio Augusto Ramos)

Em cerimônia realizada nesta quinta (11/7), nas dependências da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), foi lançado, pela FAPERJ, o programa de Apoio à Infraestrutura Laboratorial da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec). Serão apoiados até dez projetos coordenados por professores daquela Fundação, totalizando um investimento de R$ 6 milhões na melhoria de instalações voltadas ao ensino técnico e ao desenvolvimento tecnológico do estado.

O edital apoiará projetos que tenham como objetivo a modernização e otimização de espaços e equipamentos multiusuários na Faetec, apresentando grande potencial para o desenvolvimento do ensino técnico e de ambientes destinados à execução de projetos em diferentes áreas da ciência e tecnologia no estado do Rio de Janeiro.

Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, diante do cenário de recuperação da economia do Estado do Rio de Janeiro, é importante o apoio a projetos que apresentem resultados, que transformem o produto final através da formação profissional. “Queremos ser capazes de atingir o target, montar os laboratórios e atender as necessidades de mercado”, disse Rodrigues.

Entre as áreas a serem fomentadas com a criação de cursos profissionalizantes, o secretário destacou a de instalação e manutenção de energia fotovoltática e de manutenção de aeronaves. Dessa forma, Rodrigues espera que após a recuperação fiscal haja pessoal capacitado para enfrentar as futuras demandas. “Vamos começar pela base a fim de garantir oferta de mão de obra qualificada para o mercado”, afirmou o secretário.

O presidente da Faetec, Romulo Mello Massacesi, destacou a integração entre a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e suas vinculadas como uma das marcas da secretaria, mais uma vez demonstrada com a assinatura do edital. Garantiu que ao longo de seis meses sua equipe se dedicou ao levantamento das necessidades prioritárias a serem apoiadas pelo edital e que o foco serão a área de inovação e a reestruturação dos laboratórios. “Identificamos as áreas prioritárias em suas quase 140 unidades da Faetec e vamos transformar esse apoio em novas oportunidades para os jovens”, disse Massacesi.

“Vejo com bastante entusiasmo os recursos que temos para aplicar este ano em projetos prioritários da Faetec, um importante apoio ao ecossistema de ciência e inovação”, afirmou o presidente da FAPERJ, Jerson Lima. Ele acredita que atualmente o mais importante a ser apoiado no estado do Rio são a educação e o aumento do nível de emprego. Ressaltou que o Rio de Janeiro é um dos maiores formadores de doutores do país, mas, com o índice de desemprego alto, vem perdendo seus talentos para outros países. O secretário Leonardo Rodrigues concordou que é preciso completar o ciclo, oferecendo amparo aos pesquisadores para que seus projetos e conceitos tenham lugar no mercado. Para gerar oportunidades de trabalho para os jovens, Rodrigues aposta no programa Startup Rio, também apoiado pela FAPERJ, que objetiva fomentar a cultura de empreendedorismo.

A diretora científica da Fundação, Eliete Bouskela, lembrou a importância da Faetec para a formação e inserção de jovens no mercado de trabalho. “É preocupante a falta de empregos para os jovens. Eles precisam sair do ensino médio com alguma formação profissional”, alertou. Ela, que é membro da Academia Francesa de Medicina, falou da experiência daquele país com a inovação reversa, que estimula inovações de baixo custo na área da saúde.

Também estiverem presentes à cerimônia, o vice-presidente administrativo Faetec, Gilson Carlos Rodrigues Paulino; o assessor da presidência da FAPERJ e professor Vitor Ferreira; e o chefe de gabinete da Secti, Felipe Cavalvanti.

Confira no link abaixo a íntegra do edital:

Programa de Apoio à Infraestrutura Laboratorial da Faetec

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes