O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > ‘Aventura pelo corpo humano’ em cartaz na Casa da Ciência
Publicado em: 13/06/2019

‘Aventura pelo corpo humano’ em cartaz na Casa da Ciência

Débora Motta*

O nariz gigante é uma das atrações da exposição que despertam o interesse infantil para
 
a importância da pesquisa científica (Fotos: Divulgação/Casa da Ciência/UFRJ)

A curiosidade é uma característica inata das crianças, que sistematicamente fazem perguntas para entender o mundo e como as coisas funcionam. Essa característica, se bem aproveitada, pode ser o primeiro passo para conquistar corações e mentes para o universo da ciência. Com o objetivo de despertar vocações no público infantil para temas científicos, a exposição itinerante “Aventura pelo corpo humano”, concebida por uma equipe coordenada pela jornalista e pesquisadora Luisa Massarani, da Casa de Oswaldo Cruz da Fundação Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), segue em cartaz até o dia 4 de agosto na Casa da Ciência, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que fica na Rua Lauro Müller, nº 3, em Botafogo.

A exposição foi criada em 2009, com apoio da FAPERJ, pelo edital Apoio à Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro, e pensada especialmente para crianças entre cinco e oito anos. “Apesar da curiosidade natural das crianças, especialmente nessa faixa etária, ainda há poucas iniciativas que buscam alcançar este público de forma instigante e criativa. O Rio de Janeiro é um dos estados que mais concentram museus de ciência brasileiros, mas não existe na cidade um espaço expositivo de popularização da ciência específico para elas. Em geral, o conteúdo científico transmitido para crianças é apresentado de forma inadequada, desconsiderando a capacidade de compreensão nessa idade e os seus padrões físicos, como a altura das crianças, que muitas vezes não conseguem visualizar as peças expostas nas bancadas dos museus. Além disso, experiências educacionais vêm demonstrando que o público infantil tem grande capacidade de lidar com temas de ciência”, justificou Luisa, que é a curadora.

A proposta é apresentar o corpo humano ao público infantil a partir de uma série de atividades lúdicas e interativas, que também agradam aos adultos. A exposição convida os visitantes a um passeio por dentro do corpo. Entre as atrações, estão instalações artísticas e didáticas que reproduzem partes do organismo, como células, órgãos, tecidos e sistemas. Por exemplo, a “Caverna de Nariz”: um nariz gigante inflável, onde é possível sentir as réplicas dos pelos e das secreções nasais e debater sobre a importância da respiração. Há também atividades sobre os sistemas digestivo, circulatório, nervoso, esquelético, muscular e tegumentar – o sistema da pele e outros anexos, como unhas, pelos e glândulas.

Atividades lúdicas e interativas são propostas na exposição,
que já atraiu mais de 3.500 visitantes à Casa da Ciência  

Por sua vez, o "Quebra-cabeça dos órgãos" estimula os visitantes a perceber a localização dos órgãos do tórax. Já em "Semelhanças e diferenças", é possível explorar o cérebro e o coração, discutindo suas estruturas, funções e estabelecendo uma comparação entre humanos e animais. “O público encontrará atividades e oficinas interativas, como, por exemplo, a atividade ‘Mexa o esqueleto’, em que os visitantes dançam com um jogo de videogame, e também alguns ossos e um cérebro humanos, itens do Museu de Anatomia da UFRJ que poderão ser tocados”, explicou a coordenadora de programação da Casa da Ciência, Livia Mascarenhas. “Todas as nossas atividades são sempre divulgadas nas redes sociais da Casa: Facebook e Instagram. Fiquem de olho por lá para conferir as atividades complementares que serão informadas em breve”, complementou.

Para a produtora cultural Miliana Fernandes, do Serviço de Itinerância do Museu da Vida, diante do atual cenário de cortes e contingenciamento de verbas públicas no País, principalmente das instituições de ciência e tecnologia, é fundamental unir esforços pela permanência e diversificação das atividades de divulgação e popularização da ciência, que buscam promover o engajamento social. “Nosso objetivo é sempre fortalecer a ação das instituições públicas e potencializar seu diálogo junto a diferentes públicos, oferecendo nosso portfólio de exposições itinerantes como uma estratégia de aproximação e comunicação”, defendeu.

A idealizadora do projeto, Luisa Massarani, destacou a importância do papel da Divulgação Científica no contexto atual. “No momento de crise, em que a ciência perde espaço, status e recursos na sociedade, é preciso reforçar junto à população, com o trabalho de Divulgação Científica, que a ciência é fundamental para o desenvolvimento social e para o estabelecimento de uma economia sustentável”, ressaltou.

A exposição foi concebida no âmbito do projeto “Ciência para pequenos curiosos”, que visa ao desenvolvimento e a montagem de ambientes expositivos itinerantes, que podem ser oferecidos em diversos lugares, como museus, parques e praças públicas. “Aventura pelo corpo humano” é financiada pela FAPERJ e desenvolvida pelo Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, em parceria com o Instituto de Ciências Biomédicas (IBqM) da UFRJ. Segundo informações da assessoria do evento, desde o dia da inauguração, 4 de junho, mais de 3.500 pessoas já visitaram a exposição na Casa da Ciência. 

Serviço: "Aventura pelo corpo humano"
Entrada gratuita
Temporada: até 4 de agosto de 2019
Horários: Terça a sexta, das 9h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h. Endereço: Rua Lauro Müller, nº 3, Botafogo (ao lado do Shopping Rio Sul)
Oficinas: consulte as redes sociais da Casa da Ciência para saber os horários e dias de algumas atividades dentro da exposição

*Com informações das Assessorias de Comunicação da Casa da Ciência/UFRJ e do Museu da Vida/Fiocruz

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes