O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas – Semana de 2 a 8 de maio de 2019
Publicado em: 02/05/2019

Notas – Semana de 2 a 8 de maio de 2019

Instituto Serrapilheira lança nova chamada pública para projetos de Divulgação Científica
O Instituto Serrapilheira lançou nesta quinta-feira, 2 de maio, a sua segunda chamada pública de Divulgação Científica. Serão selecionadas 35 iniciativas para participar do Camp Serrapilheira, um grande evento com workshops, palestras e debates sobre os desafios atuais da divulgação científica, realizado no segundo semestre, no Rio de Janeiro. As inscrições para a chamada pública vão até o dia 7 de junho. São bem-vindas iniciativas de formatos variados: arte, ciência cidadã, educação, jornalismo impresso ou digital, mídias digitais, museus, eventos, programas, rádio e televisão. Também serão aceitos projetos que não se enquadrem no sentido clássico de divulgação científica, bem como as multidisciplinares. No Camp Serrapilheira, a ideia é reunir pessoas de todo Brasil com interesse por novas formas de comunicar a ciência em um ambiente criativo e estimulante. No encontro de quatro dias, os divulgadores têm contato com referências internacionais na área, formam redes de colaboração e concorrem a recursos financeiros do Instituto para realizar projetos voltados à promoção do pensamento científico. Após participar do Camp, os 35 selecionados são convidados a elaborar e apresentar projetos de divulgação científica ao Serrapilheira. Na segunda etapa, até 14 iniciativas serão contempladas com um apoio de até R$ 100 mil, cada, para investir na viabilização do projeto selecionado. Alguns exemplos dos 14 projetos que já conquistaram este apoio em 2018 e compõem a primeira turma de grantees da Divulgação Científica do Serrapilheira são o 37 graus (podcast que conta histórias com um pé na ciência); a BORI (agência que fará a ponte entre cientistas brasileiros e jornalistas para divulgar a pesquisa produzida no país); o Cientista Beta (que leva a iniciação científica ao Ensino Médio e incentiva que alunos se tornem pesquisadores); e o Silo – Arte e Latitude Rural (que vai promover um laboratório de experimentação e inovação cidadã em comunidades da Serrinha do Alambari - RJ). Criado em 2017, o Instituto Serrapilheira é a primeira instituição privada, sem fins lucrativos, de fomento à ciência no Brasil. Foi criado para valorizar o conhecimento científico e aumentar sua visibilidade, contribuindo para a construção de uma cultura de ciência no País. Atua em duas frentes: Ciência e Divulgação Científica. Mais informações: https://serrapilheira.org

Série de debates 'Diálogos da Inovação' apresenta palestra sobre cultura empreendedora
A Casa Firjan recebe na próxima quarta-feira, dia 8 de maio, às 16h, o segundo encontro da série mensal “Diálogos da Inovação”, fruto da parceria entre a FAPERJ e a FIRJAN SENAI. Dessa vez, o tema a ser debatido será “Cultura Empreendendora”. Estará em pauta a importância dos ambientes de geração de conhecimento para o surgimento de novos negócios e o aprimoramento dos negócios já existentes. Estão programadas palestras do presidente da Federação das Empresas Juniores do Estado do Rio de Janeiro (Riojunior), Felipe Rochefeller; do presidente da TECCAMPOS (Incubadora de Base Tecnológica no Norte Fluminense) e diretor de Inovação do Polo Embrapii em Campos, Henrique da Hora; o presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), José Alberto Aranha; e o CEO e co-fundador da Fábrica de Startups Brasil, Hector Gusmão. Serão moderadores do debate o diretor de Tecnologia da FAPERJ, Mauricio Guedes, e a  e a jornalista e Especialista de Projetos Especiais da Casa Firjan, Julia Zardo.

Matemática brasileira perde Maurício Matos Peixoto, um dos fundadores do Impa
A comunidade científica lamenta a perda do matemático Maurício Matos Peixoto, um dos fundadores do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), que morreu no domingo, dia 28 de abril, aos 98 anos, no Rio. Peixoto também foi presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Academia Brasileira de Ciências e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Ele era reconhecido pela contribuição que deu à matemática brasileira, com mais de 40 trabalhos publicados. Ganhou o prêmio de matemática da Academia Mundial de Ciências (TWAS), a Grã-Cruz e a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico. Foi Cientista do Nosso Estado, da FAPERJ, em 2000. Filho do governador do Ceará José Carlos de Matos Peixoto, deposto pela Revolução de 1930, ele veio morar com a família no Rio de Janeiro. O interesse pela matemática surgiu aos 11 anos, curiosamente após ser reprovado na disciplina no Colégio Pedro II. Peixoto se formou em engenharia em 1942 e ao lado de Lélio Gama e de Leopoldo Nachbin, fundou o Impa em 1952. No instituto, desenvolveu estudos importantes e criou o Teorema de Peixoto, que caracteriza os campos de vetores estruturalmente estáveis em variedades compactas de dimensão. Ele se casou três vezes e teve quatro filhos: Martha, Ricardo, Marcos e Elisa.

Conjunto arquitetônico da Avenida Koeler, em Petrópolis, é tema de palestra
A arquitetura do casario senhorial da principal avenida do centro histórico de Petrópolis será tema da segunda conferência da série "Casas brasileiras & interiores". Com o título “Avenida Koeler: as divisões internas de uma casa senhorial do século XIX”, a palestra será ministrada pelo mestrando em Critica e História da Arte da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA/UFRJ) Júlio Reis, na terça-feira, dia 14 de maio, às 18h, no auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa. A entrada é franca. A Avenida Koeler, em Petrópolis, destaca-se pela preservação de seu conjunto arquitetônico composto por palacetes e casas senhoriais em sua maioria do séc. XIX, mantendo-se inalterado até hoje. Por meio de registros fotográficos, é possível conhecer os interiores e os seus aposentos, e assim compreender melhor a noção de espaço e convivência desta elite. Promovida pelo Grupo de pesquisa "Casas senhorias e seus interiores: estudos luso brasileiros em arte, memórias e patrimônio", da Fundação Casa de Rui Barbosa, a série dedica-se à divulgação de estudos, pesquisas, fontes textuais e visuais sobre interiores de casas brasileiras, sua divisão espacial, decoração e representação, foi iniciada em março e terá continuidade nos dias 20 de agosto e 5 de outubro. Confira a programação completa. Mais informações: www.casaruibarbosa.gov.br 

Palestra do escritor Antônio Torres marca aniversário de 25 anos da EdUerj
Como parte das atividades de comemoração  pelos seus 25 anos, a Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (EdUerj) vai realizar uma palestra do escritor Antônio Torres, ocupante da cadeira 23 da Academia Brasileira de Letras (ABL). O evento ocorrerá no dia 29 de maio, às 14h, na Capela Ecumênica da Uerj. Mais informações: https://www.eduerj.com/eng

Inscrições abertas para o III Festival Interuniversitário de Cultura (FIC)
A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) receberá, até 8 de maio, inscrições de atividades culturais e artísticas para a edição 2019 do III Festival Interuniversitário de Cultura (FIC). O evento, que reúne instituições de ensino superior do Rio de Janeiro para desenvolver ações de divulgação artística e cultural, em estreito diálogo com a sociedade, acontecerá nos dias 15 e 16 de junho, no Museu da República. Os interessados devem enviar um e-mail para cultura.proexc@unirio.br, com um resumo da apresentação, horário de preferência, tempo de duração, equipe envolvida, equipamento necessário e professor proponente. Mais informações: cultura.proexc@unirio.br e www.unirio.br 

Simpósio apresenta palestra sobre Charles Darwin e suas viagens científicas
O projeto de extensão “Turismo Científico: Caminhos de Darwin na cidade do Rio de Janeiro”, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), promoverá o “I Simpósio Turismo Científico: Charles Darwin e suas viagens científicas”, no dia 10 de maio, na Casa da Ciência da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da 13h30 às 17h. O simpósio foi organizado pelo Laboratório de Eventos em Turismo (Labetur/UniRio), sob coordenação da professora Bruna Conti (UniRio). O objetivo é marcar o início dos trabalhos que serão desenvolvidos pelo projeto de extensão, que visa aprofundar um novo campo de discussão do turismo na cidade, envolvendo a perspectiva do turismo científico. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. Mais informações: https://www.sympla.com.br/i-simposio-turismo-cientifico-charles-darwin-e-suas-viagens-cientificas__509889

Palestra no IB/UniRio discute demandas pelo acesso ao uso terapêutico da maconha
O Instituto Biomédico da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (IB/UniRio),  da 'Seminários do IB' promove nesta sexta-feira, dia 3 de maio, às 12h, a palestra “Entre a Ciência e o Direito: demandas pelo acesso ao uso terapêutico de maconha no Rio de Janeiro”. O debate, com o professor Frederico Policarpo de Mendonça Filho, da Universidade Federal Fluminense (UFF), será realizado no Anfiteatro do Bloco G107, do IB (Rua Frei Caneca, 94, Centro). O professor Frederico possui graduação em Ciências Sociais pela UFRJ, mestrado e doutorado em Antropologia pela UFF, com bolsa-sanduíche na University of California, Hastings College of the Law (EUA).  Ele é professor no Curso de Políticas Públicas da UFF e Jovem Cientista da FAPERJ.

Pesquisa clínica em Chikungunya é tema de simpósio no INI/Fiocruz
O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (INI/Fiocruz), em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde, realiza no dia 10 de maio, das 8h30 às 17h, o simpósio “Desafios e Oportunidades na Pesquisa Clínica em Chikungunya: Produzindo Evidências para Saúde Pública”. Em 2019, a região Sudeste apresentou o maior número de casos prováveis da doença, com 8.536 casos (66,0 %) em relação ao total do País. Em seguida, aparecem as regiões Norte (2.139 casos; 16,5%), Nordeste (1.786 casos; 13,8 %), Centro-Oeste (293 casos; 2,3 %) e Sul (188 casos; 1,5 %). Em 2019, não foram confirmados óbitos por Chikungunya e existem 14 óbitos em investigação. No mesmo período de 2018, foram confirmados 9 óbitos (1 na Paraíba, 4 no Rio de Janeiro, 4 no Mato Grosso). As inscrições são limitadas e devem ser feitas até o dia 5 de maio pelo Campus Virtual da Fiocruz. Mais informações: https://campusvirtual.fiocruz.br/gestordecursos/hotsite/eventochikungunya2019/programa-do-curso/1960

UFF lança projeto de Divulgação Científica
A Universidade Federal Fluminense (UFF) lançou no mês de abril a Iniciativa Institucional de Divulgação Científica, com o objetivo de estreitar a relação com a imprensa e com a comunidade universitária. Entre as iniciativas, está um canal de busca para ser consultado por jornalistas e pela sociedade em geral. O site pode ser acessado pelo endereço: http://pesquisadores.uff.br. A Superintendência de Comunicação Social (SCS) também estará disponível para qualificar e orientar os professores sobre a rotina de trabalho dos jornalistas. Técnicas de como dar entrevistas também figuram no projeto. Além disso, a SCS também criou campanhas audiovisuais em que os docentes e estudantes podem explicar suas pesquisas ou conceitos que trabalham em quadros de um minuto para circulação no Instagram, Youtube e outros meios oficiais da UFF. Mais informações: www.uff.br 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes