O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Alunos brasileiros de Stanford promovem evento para aproximar o País do Vale do Silício
Publicado em: 18/04/2019

Alunos brasileiros de Stanford promovem evento para aproximar o País do Vale do Silício

Por Ascom Faperj

Plateia reuniu cerca de 700 pessoas nos dois dias de debates, realizados
no auditório do Museu da História do Computador, em Mountain View

Aumentar a competitividade brasileira, por meio da Inovação e da Tecnologia, e abrir oportunidades de negócio para o País no Vale do Silício, foi o que moveu um grupo de alunos e ex-alunos da Universidade de Stanford, na Califórnia (EUA), a promover a 1ª edição do Brazil at Silicom Valley, realizado nos dias 8 e 9 de abril, nos Estados Unidos. O evento aconteceu no auditório do Museu da História do Computador, em Mountain View, não longe de Palo Alto, onde fica o campus da universidade. Ambas as localidades ficam bem próximas à cidade de São Francisco, principal centro econômico e cultural da região, apontada como a cidade mais ecológica da América do Norte.

O evento contou com a presença de importantes nomes do empresariado e do sistema financeiro nacional, como Jorge Paulo Lemann (3G), Carlos Brito (InBev), Elie Horn (fundador  do grupo Cyrella) e André Esteves (BTG), e também de jovens empreendedores que hoje estão à frente de negócios inovadores e milionários, como David Velez, da Nubank e André Street, da Stone. O presidente da FAPERJ, Jerson Lima, acompanhou os debates a convite da organização.

Para o presidente do Conselho Administrativo do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor), Jorge Moll Neto, a conferência contribui para integrar o Brasil no universo de inovação e pesquisa que vai ditar o futuro do mundo nas próximas décadas. “Acredito que o evento pode estimular oportunidades de parcerias na área de inovação de tecnologia, bem como aproximar o país de toda a efervescência que existe no Vale do Silício. É fundamental que busquemos um protagonismo nessa área”, avalia Moll Neto.Nessa primeira edição da conferência, os oito brasileiros que lideraram a iniciativa optaram por uma agenda de debates voltada para o uso da tecnologia, inovação e empreendedorismo nas áreas de educação, governo, saúde e setor financeiro. O Idor, sediado no Rio, foi um dos patrocinadores do evento.

Fernanda Tovar-Moll foi a mediadora de painel que contou com a
presença de David Glazer (à esq.) e do professor Nigam Shah

A presidente do Idor, a pesquisadora Fernanda Tovar-Moll – que conta com apoio da FAPERJ em suas pesquisas por meio do programa “Jovem Cientista do Nosso Estado” –, mediou mesa sobre uso de tecnologia na Saúde, incluindo temas como Inteligência Artificial e Big Data. A mesa contou com a participação de David Glazer, diretor da Verily Life Sciences, uma spin-off da empresa Google, que destacou a importância do cloud computing e a necessidade de que organizações científicas acelerem seu desenvolvimento por meio de big data. O outro convidado da mesa foi o professor e pesquisador Nigam Shah, professor do Instituto de Neurociências da Universidade de Stanford.

Para Fernanda, o objetivo foi chamar a atenção para as parcerias que o Brasil e o Vale do Silício estão estabelecendo em vários setores. “Ficamos muito contentes com a repercussão do evento. A plateia, que reuniu em torno de 700 pessoas nos dois dias de evento, trouxe nomes importantes, incluindo de políticos a cientistas”, disse. “Participei como mediadora de uma mesa sobre Inteligência Artificial, na qual estava um diretor de uma spin-off do Google. E hoje, no sistema de saúde, os dados dos pacientes são fundamentais para melhorar a qualidade do atendimento e promover a sustentabilidade do sistema. Ou seja, vimos como a informação é relevante nesse caso”, completou.

Convidado pela organização, o presidente da FAPERJ viajou aos Estados Unidos para assistir aos debates. “O evento evidenciou muito bem como a cultura de inovação do Vale do Silício associado à excelência de universidades como a de Stanford cria o ecossistema perfeito para que inovações disruptivas surjam. O estado do Rio de Janeiro com uma alta densidade de universidades e institutos de pesquisa é um ambiente propício para que experiências como a do Vale do Silício possam ser replicadas. Ao financiar desde a pesquisa de excelência até o desenvolvimento de startups, a FAPERJ busca desempenhar um papel importante para que essa revolução ocorra”, disse Jerson Lima.

Jerson Lima: para o presidente da FAPERJ, experiência
do Vale do Silício pode ser replicada no estado do RJ

No site criado para divulgar o evento, os organizadores dizem que “o grande sonho” do grupo  é melhorar a competitividade do País por meio de tecnologia e inovação e que, para alcançá-la, esperam contribuir para facilitar um ecossistema que fomente esses elementos conectando melhor o Brasil ao Vale do Silício. Para eles, a proposta do evento foi a de abordar como as inovações tecnológicas podem impactar profundamente a competitividade do Brasil e “promover uma mentalidade que abrace o risco e o empreendedorismo”.

Confira abaixo alguns outros palestrantes que participaram do evento.

Ecossistemas

Scott Cook, fundador da Intuit participou do primeiro painel da conferência, moderado por Jorge Paulo Lemann. Ambos discutiram como estimular inovação e experimentação em grandes empresas.

Marcelo Claure, COO do Grupo SoftBank e CEO do recém-anunciado Fundo de Inovação do SoftBank para a América Latina, abriu a programação no segundo dia.

Em painel para discutir como transformar negócios tradicionais por meio da tecnologia, Fred Trajano, CEO do Magazine Luiza, compartilhou sua história de sucesso a frente do gigante do varejo.

Vinod Khosla, fundador da Khosla Ventures, focada em investimentos de impacto nas áreas de software, AI, robótica, impressão 3D, saúde entre outros, participou, junto com Carlos Brito, de debate sobre como construir e dar escala a um negócio de impacto.

FinTech – Setor Financeiro

David Vélez, fundador e CEO do Nubank, maior banco digital do Brasil, foi um dos palestrantes sobre empreendedorismo na área de finanças no Brasil. O fundador da StoneCo, André Street, também falou sobre tecnologia em serviços financeiros.

Roberto Sallouti, presidente do BTG Pactual, foi um dos destaques entre as empresas de finanças que participaram do evento. Ele participou, ao lado de Bina Kalola, diretora-geral do Bank of America Merrill Lynch, de um painel sobre como grandes instituições financeiras estão se preparando para o futuro.

GovTech – Governo

Joe Lonsdale e Zac Bookman, fundadors da OpenGov em 2012, foram palestrantes no BR@SV. A empresa oferece soluções tecnológicas baseadas na nuvem para que governos tenham facilidade em publicar dados sobre orçamento e prioridades.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e o fundador do RenovaBR Eduardo Mufarej também marcaram presença. Eles conversaram sobre investimentos em govtech com Ron Bouganim, sócio da Govtech Fund.

HealthTech – Saúde

Com mediação de Fernanda Tovar-Moll, presidente do Instituto D’Or, David Glazer, diretor da Verily Life Sciences, uma spin-off da empresa Google, foi um dos palestrantes no tema saúde, destacando a importância do com cloud computing e a necessidade de que organizações científicas acelerem seu desenvolvimento por meio de big data. O outro convidado da mesa foi o pesquisador Nigam Shah, professor do Instituto de Neurociências da Universidade de Stanford.

EdTech – Educação

Lord Jim Knight, Chief Education e External Officer na TES Global, falou sobre a empresa digital de educação que há um século ajuda a empresas, professores e universidades a educar.

Gavin Dykes, fundador da Education Fast Forward, organização de caridade que agrupa profissionais da área que apoiam ideias inovadoras, participou de debate mediado por Denis Mizne, CEO da Fundação Lemann e fundador do Instituto Sou da Paz.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes