O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 6 a 12 de julho de 2017
Publicado em: 06/07/2017 | Atualizado em: 07/07/2017

Notas - Semana de 6 a 12 de julho de 2017

Membro titular da ABC, Eliete Bouskela ganha homenagem da Uerj
Diretora de Tecnologia da FAPERJ e integrante da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Eliete Bouskela será homenageada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) com o Prêmio de Iniciação Científica. Professora titular da instituição, ela completa, em 2017, 40 anos de atividades na universidade. O prêmio é dedicado a professores que se destacaram pelo envolvimento com o programa de iniciação científica, que há 20 anos recebe um apoio institucional substancial, com 400 bolsas próprias da universidade. A homenagem terá lugar no dia 12 de julho, às 14h, na capela ecumênica da Uerj (R. São Francisco Xavier, 524, Maracanã). Membro da Academia Nacional de Medicina (ANM), com mestrado em biofísica e doutorado em fisiologia, Eliete coordena o Laboratório de Pesquisas Clínicas e Experimentais em Biologia Vascular (BioVasc) e o Centro Multidisciplinar de Pesquisas em Obesidade (Cempo) da Uerj. Desde o seu primeiro ano, ela tem trabalhado na formação de pesquisadores, especialmente na identificação de novos talentos. Uma quantidade expressiva de seus ex-alunos de iniciação científica ocupam, hoje, posição de destaque em carreiras acadêmicas, tanto no serviço público quanto no setor privado. Mais informações: http://www.uerj.br

Jerson Lima profere palestra no IX Confict e II Congresso de Pós-Graduação
O diretor Científico da FAPERJ, Jerson Lima Silva, proferiu palestra, na tarde desta quinta-feira, 6 de julho, dentro da programação do IX Congresso Fluminense de Iniciação Científica e Tecnológica (Confict) e II Congresso Fluminense de Pós-Graduação, realizado no Centro de Convenções da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), em Campos. Ao abordar o tema “Um projeto de Ciência para o Brasil”, ele se mostrou otimista em relação ao futuro, afirmando que não continuaria no cargo que ocupa na Fundação se não acreditasse que a crise vai passar. Professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Jerson iniciou a palestra enfatizando os avanços da Ciência no Brasil na última década, resultantes de um aporte financeiro maior à área. Ele citou, por exemplo, a 13ª posição alcançada mundialmente pelo País no número de publicações científicas em periódicos indexados — posição que recentemente caiu para 14ª. “Os avanços foram significativos ao longo dos últimos anos, mas o volume de recursos destinados à C&T tem diminuído o que é muito preocupante”, disse. Nesta sexta, 7 de julho, às 14h, acontece a mesa-redonda “Financiamento da pesquisa em instituições públicas brasileiras”. Participarão do debate o presidente do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies), Fernando Peregrino (Coppe/UFRJ), e o professor Eduardo Atem de Carvalho (Lamav/Uenf). O moderador será o superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campos dos Goytacazes, Romeu e Silva Neto. Mais informações: http://www.confict.iff.edu.br

Instituto Serrapilheira lança seu primeiro edital em julho
O Instituto Serrapilheira, instituição privada de apoio à ciência, promove sua primeira chamada pública para projetos de pesquisa nas áreas de ciências da computação, ciências da terra, ciências da vida, engenharias, física, matemática e química. O lançamento está marcado para as 13h do dia 19 de julho, durante a 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Belo Horizonte. O evento será realizado no CAD 2 - Sala C 207 – Campus Pampulha, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O edital estará disponível para consulta no site www.serrapilheira.org e as inscrições terão início na primeira quinzena de agosto. Num primeiro momento, serão selecionados 70 projetos com subvenção de até R$ 100 mil. Depois de um ano, de 10 a 20 projetos dentre os 70 iniciais serão contemplados com aportes de até R$ 1 milhão para três anos de pesquisa. Uma parte desse aporte será condicionada ao cumprimento de critérios de diversidade, cuja política será definida pelo instituto ao longo do primeiro ano. Segundo a instituição, o objetivo do edital é incentivar o treinamento de pesquisadores que façam parte de minorias por cientistas de excelência. O principal critério de seleção será a excelência da pesquisa; os critérios de elegibilidade serão idade científica do postulante (poderão se inscrever apenas aqueles que obtiveram o título de doutor a partir de 2007) e vínculo com instituições brasileiras. Um conselho científico formado por 12 cientistas que atuam no Brasil e no exterior avaliará os projetos encaminhados e divulgará os resultados até o final de 2017. Mais informações: www.serrapilheira.org

Físico Ildeu de Castro Moreira é eleito presidente da SBPC
O professor Ildeu de Castro Moreira, do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi eleito, no último dia 26 de junho, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Vanderlan da Silva Bolzani, professora do Instituto de Química do campus Araraquara da Unesp, e Carlos Roberto Jamil Cury, professor emérito da Faculdade de Educação da UFMG, serão os vice-presidentes. Na nova composição da diretoria da entidade, Paulo Roberto Petersen Hofmann, do Departamento de Biologia Celular, Embriologia e Genética da UFSC, assume a secretaria-geral; Leandro Araújo Lobo, do Instituto de Microbiologia da UFRJ, será o secretário regional do Rio de Janeiro, e Ligia Bahia, da Faculdade de Medicina, também da UFRJ, a secretária adjunta. A nova diretoria assume o mandato para o biênio 2017-2019, em 20 de julho, durante a Reunião Anual da SBPC, em Belo Horizonte. Atual vice-presidente da instituição, Ildeu Moreira sucederá a bióloga e professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Helena Nader, que está concluindo o seu terceiro mandato à frente da entidade. Nascido em Capela Nova, no sul de Minas Gerais, Ildeu Moreira se formou em física pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1973 e três anos mais tarde ingressou na UFRJ, onde é professor no Instituto de Física e no Programa de Pós-graduação em História da Ciência e das Técnicas e Epistemologia. Atuando principalmente nas áreas de Educação Científica, Divulgação Científica e Popularização da Ciência, em 2013 foi contemplado com o Prêmio José Reis de Divulgação Científica, concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). No âmbito acadêmico, além de desenvolver pesquisas em física dos sistemas não lineares, que inclui a chamada Teoria do Caos, Ildeu Moreira publicou livros e artigos sobre história e popularização da ciência. Foi editor científico da revista “Ciência Hoje” e colaborador da revista “Ciência Hoje das Crianças”, ambas criadas pela SBPC. Sua contribuição mais importante para a divulgação e a popularização da ciência foi a criação, em 2004, da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o maior programa de difusão científica do País, que coordenou durante os oito anos (2004 a 2012) em que esteve à frente do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Mais informações: http://portal.sbpcnet.org.br

Livro Integridade científica, saúde pública, bioética e educação em saúde no IOC está disponível para download
Está disponível para download gratuito o livro Integridade Científica, Saúde Pública, Bioética e Educação em Saúde no Instituto Oswaldo Cruz, da Editora Fi, organizado pelas pesquisadoras Márcia de Cássia Cassimiro e Marcelle Mourelle Perez Diós-Borges. Com a publicação, as pesquisadores buscam estimular uma ampla discussão na comunidade acadêmica a respeito da construção de dispositivos democráticos de governança da pesquisa, em especial, conferir maior visibilidade e institucionalidade aos procedimentos que tangenciam a integridade na pesquisa no mundo contemporâneo. O livro, estruturado em 16 capítulos e três relatorias dos temas desenvolvidos durante o “I Simpósio e Workshops Internacionais sobre Integridade Científica, Saúde Pública, Educação em Saúde e Bioética”, realizado em 2016, busca por uma ciência livre, sem qualquer tipo de censura ou restrição temática, mas com responsabilidade pela atuação dos seus agentes pesquisadores, como também pelos métodos empregados e pelas repercussões nos diretamente envolvidos e nas comunidades que podem ser indiretamente atingidas pela prática científica. Mais informações: http://www.editorafi.org/129fiocruz

Vital Brazil promove Férias Científicas gratuitas
O Instituto Vital Brazil (IVB) oferece uma boa programação para quem está a fim de se divertir e aprender nas férias de julho: a partir do dia 10, estarão abertas as inscrições para as Férias Científicas. A atividade é gratuita e o objetivo é promover a divulgação científica para o público infantil de forma descontraída e enriquecer as atividades educacionais da criança. São oferecidas 20 vagas para crianças de 8 a 10 anos. Para inscrição, o responsável deverá se dirigir ao Centro de Estudos do Instituto Vital Brazil (R. Maestro José Botelho, 64, Vital Brazil, Niterói), das 9h às 11h ou das 14h às 16h, com documento de identidade, CPF e cópia da certidão de nascimento da criança, além de duas garrafas PET 2 litros com tampa e jornal para uso nas atividades. As crianças que participaram das últimas edições não poderão se inscrever. As Férias Científicas serão realizadas entre os dias 24 e 28 de julho, das 13h40 às 16h30. A programação envolve aulas sobre cobras, aranhas e escorpiões, cadeia alimentar, produção de soros, mitos e lendas dos povos indígenas, além de visitas a diversos espaços do Instituto como o serpentário, aracnário e o biotério. O Instituto Vital Brazil é uma empresa de ciência e tecnologia do Governo do Estado do Rio de Janeiro ligado à Secretaria de Estado de Saúde. É um dos 21 laboratórios oficiais brasileiros e um dos quatro fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos para o Ministério da Saúde. Mais informações: http://www.vitalbrazil.rj.gov.br 

Seminário no Corecon-RJ vai discutir alternativas para frear a crise econômica
O desenvolvimento econômico do estado do Rio de Janeiro estará em pauta nos dias 28 e 29 de setembro, no I Seminário de Economia Fluminense, que será realizado no auditório do Conselho Regional dos Economistas do Rio de Janeiro (Corecon-RJ). O seminário tem o objetivo de reunir professores, pesquisadores, estudantes, políticos, administradores públicos e agentes da sociedade civil para discutir temas de Economia Regional e Políticas Públicas, com base em abordagens multidisciplinares, para propor alternativas para a retirada da economia fluminense da atual crise econômica e financeira. A criação do seminário é uma iniciativa dos professores do Departamento de Ciências Econômicas (DeCE), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Políticas Públicas (PPGDT) e dos pesquisadores do Núcleo de Análises Regionais, Setoriais e Políticas Públicas (NARSPP), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); com a participação de professores doutores da Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Corecon-RJ, entre outras instituições. Mais informações: http://www.corecon-rj.org.br

VideoSaúde lança sua programação de férias
Neste mês de férias – julho –, o programa VideoSaúde fez uma seleção de alguns vídeos que já foram exibidos este ano com temáticas bem variadas para agradar diversos públicos. O primeiro vídeo é o documentário Doutores da alegria que acompanha os bastidores da ONG mobilizadora de sorrisos e não para aí: juventude, ciência, saúde do trabalhador, amamentação, informação em saúde e medicalização. O seguinte é o É isso aí – Estatuto da Juventude em Debate, que traz jovens negras comentando sobre a importância do Estatuto na vida de cada uma delas. Já o documentário Fé eterna na Ciência, é sobre o médico, poeta e pesquisador da Fiocruz Luiz Fernando Ferreira, criador da Paleoparasitologia, ciência que estuda parasitas em material arqueológico. Eletricitários mostra uma profissão marcada por acidentes e tragédias. Os documentários da VideoSaúde são exibidos no Canal Saúde – pelo site www.canal.fiocruz.br – ou pelos canais canais 2.4 - Rio de Janeiro e Brasília, e Canal 62.4 - São Paulo, da TV aberta e pela OI TV. Mais informações: http://www.icict.fiocruz.br/videosa%C3%BAde-programa%C3%A7%C3%A3o-julho-2017#overlay-context=videosa%25C3%25BAde-programa%25C3%25A7%25C3%25A3o-junho-2017

Lançado edital do Mapeamento de Experiências Exitosas de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa
A 5ª edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa – 2017 foi lançado em 1º de julho. A iniciativa, uma parceria entre a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa (Cosapi), o Ministério da Saúde e o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), visa a escolher, a cada ano, nas cinco regiões do Brasil, as 14 melhores práticas. As inscrições vão até o dia 31 de agosto e podem participar gestores, profissionais de saúde e interessados em geral de todo o país. O edital do 5º Mapeamento de Experiências Exitosas de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa está disponível no site do Icict. Mais informações: http://www.icict.fiocruz.br/content/sa%C3%BAde-da-pessoa-idosa-lan%C3%A7ado-edital-2017-para-experi%C3%AAncias-exitosas

Parque Tecnológico da UFRJ tem três empresas entre as 50 mais inovadoras do país
Três empresas do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão entre as 50 mais inovadoras do país, segundo o ranking do anuário Valor Inovação Brasil 2017. GE, Ambev e L´Oreal aparecem, respectivamente, na 21ª, 23ª e 33ª colocações no estudo. Nas classificações por segmento, a Ambev libera o ranking do setor de alimentos, bebidas e ingredientes. Já a GE também aparece no top 5 de seu segmento, de bens de capital, ficando em 4º lugar, atrás de Embraer, WEG e Embraco. Outra parceira do Parque por meio do programa de aceleração CrowdRio, a Telefonica, aparece no topo do ranking setorial de telecomunicações. O Parque Tecnológico da UFRJ é um ambiente de inovação dentro da UFRJ que permite a interação entre a universidade – alunos e corpo técnico-acadêmico – e as empresas, transformando conhecimento em emprego e renda e oferecendo produtos e serviços inovadores para a sociedade. Sua missão é fortalecer a capacidade de inovação do ecossistema para a criação de riqueza e bem-estar da sociedade em um ambiente de conexões de iniciativas empreendedoras e geração de conhecimento. Inaugurado em 2003, o Parque é constituído por centros de pesquisa de empresas inovadoras, laboratórios da UFRJ, uma incubadora de empresas e espaços para desenvolvimento do empreendedorismo e integração. Situado em 350 mil metros quadrados dentro da Ilha da Cidade Universitária, no Rio de Janeiro, o Parque é um projeto da UFRJ que abriga, atualmente, 57 instituições. Está em fase de construção o Centro de Referência Nacional em Farmoquímica, do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), fortalecendo ainda mais as diferentes interações com a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mais informações: http://www.parque.ufrj.br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes