O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Fundação divulga resultado do Apoio Emergencial para os programas e cursos de pós stricto sensu
Publicado em: 18/05/2017

Fundação divulga resultado do Apoio Emergencial para os programas e cursos de pós stricto sensu

Para garantir a continuidade da progressão qualitativa e quantitativa da produção acadêmica nos programas de pós-graduação fluminenses, a FAPERJ divulga, nesta quinta-feira, 18 de maio, o resultado do edital Apoio Emergencial para os Programas e Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu do Estado do Rio de Janeiro – 2016. Com os recursos  emergenciais do programa, serão apoiados 230 projetos, de programas e cursos de pós-graduação stricto sensu fluminenses, .

O programa – lançado em setembro 2016, pela segunda vez – é  uma forma apoiar, emergencialmente, na forma de custeio, programas e cursos de pós-graduação stricto sensu de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) do estado do Rio de janeiro. O total de recursos aprovados para 12 meses é de R$ 9,2 milhões, que certamente minimizará os efeitos do atual momento econômico e manterá em funcionamento programas e cursos de pós-graduação do estado do Rio de Janeiro que tiveram grande crescimento qualitativo e quantitativo, particularmente os que têm conceito mais alto (6 e 7).

De acordo com o diretor Científico da FAPERJ, Jerson Lima, o crescimento da pós-graduação no Rio de Janeiro foi devido ao financiamento e ao apoio continuado aos pesquisadores pelas agências de fomento, mais especificamente pela FAPERJ. “Nesse momento de crise por que passa o estado, com reflexos nas atividades de ensino, pesquisa e inovação tecnológica, esse apoio é de extrema importância, principalmente na forma criativa como é concedido, sob a forma de bolsas de bancada em duas faixas. Esses recursos têm flexibilidade de uso, seja no custeio de bancas, de passagens, de itens e material de consumo, de modo que não haja comprometimento do andamento dos projetos”, disse.

As propostas foram enquadradas em uma das duas faixas, de acordo com o número de alunos dos programas – a Faixa A tem recursos de R$ 60 mil, pagos na forma de taxa de bancada em 12 mensalidades de R$ 5 mil; ou na Faixa B: recursos de R$ 36 mil, pagos na forma de taxa de bancada em 12 mensalidades de R$ 3 mil. Os programas de pós-graduação stricto sensu com recursos de mestrado, mestrado profissional e doutorado já credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), com mais de 120 alunos no total, puderam concorrer na Faixa A. Os cursos que não se enquadraram nestas características puderam concorrer na Faixa B.

Para análise das propostas foi criado um Comitê Especial de Julgamento, designado pela diretoria da FAPERJ. Nessa análise, foram avaliados diversos critérios além do mérito técnico-científico, entre os quais o impacto desses recursos para a melhoria do conceito do programa e/ou curso junto à Capes; o escopo da utilização dos recursos solicitados e sua abrangência em relação às linha de pesquisas do programa e/ou curso; o impacto dos recursos solicitados para a melhoria da produção acadêmica e para a melhoria da integração entre graduação e pós-graduação; a adequação do orçamento aos objetivos e metas apresentadas para uso do recurso emergencial; e, sobretudo, a relevância dos recursos emergenciais propostos para aprimoramento do programa e seu desenvolvimento no cenário científico, tecnológico, econômico e social do estado do Rio de Janeiro.

Confira a listagem completa dos contemplados no edital Apoio Emergencial para os Programas e Cursos de Pós-graduação Stricto Sensu do Estado do Rio de Janeiro

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes