O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ divulga o resultado de seu edital Start-Up Bio 2016
Publicado em: 18/05/2017

FAPERJ divulga o resultado de seu edital Start-Up Bio 2016

Na listagem do resultado do edital Apoio ao Empreendedorismo e Formação de Start-Ups em Saúde Humana do Estado do Rio de Janeiro – 2016 (Start-Up Bio), que a FAPERJ divulga nesta quinta-feira, 18 de maio, oito projetos foram contemplados. Entre eles, estão propostas como o desenvolvimento de novos candidatos a fármacos antitumorais; testes para diagnóstico molecular em cardiologia e neuro-oncologia, como forma de inserir estudos genéticos no mercado de saúde do estado do Rio de Janeiro; e o desenvolvimento de um produto de diagnóstico molecular para auxiliar o tratamento do câncer de mama, que, uma vez desenvolvidos e fabricados, em todo o território nacional, certamente serão de grande utilidade na área da saúde. De acordo com o objetivo do programa, os aprovados se colocam entre propostas inovadoras para o desenvolvimento de produtos e tecnologias, com foco nas doenças prioritárias dos Programas Estratégicos do Ministério da Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com recursos de R$ 10 milhões, o edital visa ainda estimular projetos que possam vir a se tornar empresas nascentes de base científica e tecnológica, as chamadas start-ups, criando, desse modo, um cluster de biotecnologia no estado do Rio de Janeiro. Como definia o programa, os projetos inscritos deveriam abranger os seguintes grupos: Grupo 1: fármacos; Grupo 2: medicamentos; Grupo 3: adjuvantes; Grupo 4: hemoderivados e hemocomponentes; Grupo 5: vacinas; Grupo 6: soros; Grupo 7: produtos biológicos ou biotecnológicos de origem humana, animal ou recombinante; Grupo 8: produtos para diagnóstico de uso in vitro.

Puderam submeter projetos grupos de pesquisa formados por profissionais da área, professores pesquisadores, estudantes e/ou técnicos, de reconhecida atuação em linhas de pesquisa, com especialidades do conhecimento e setores de aplicação bem definidos, com produção científica e tecnológica e padrões de interação com o setor produtivo, sediados em universidades, instituições isoladas de ensino superior, institutos de pesquisa científica, institutos tecnológicos, incubadoras e parques tecnológicos, laboratórios de pesquisa e desenvolvimento de empresas estatais e de empresas privadas no estado do Rio de Janeiro.

As propostas submetidas foram de valores, no mínimo, R$ 500 mil, e, no máximo, de R$ 1,5 milhão, sempre detalhando as diferentes etapas de execução do projeto e deixando claro qual o produto estratégico que se estará objetivando atingir em cada uma das etapas.

Para o desenvolvimento dos projetos contemplados, os recursos financeiros serão liberados em três parcelas, que estarão condicionadas à aprovação, pela FAPERJ, do relatório técnico apresentado pela equipe e da avaliação de acompanhamento pela Fundação. Os grupos de pesquisa beneficiados poderão ainda solicitar bolsas para complementar a equipe (pós-doutorado; doutorado e mestrado, para alunos de programas de pós-graduação de instituições de educação superior (IES) fluminenses; iniciação tecnológica, para alunos de programas de graduação de IES fluminenses; e técnicos de nível médio e superior).

Os recursos do programa se destinam a custear despesas de capital, como material permanente e equipamentos; e ainda despesas de custeio, em que se enquadram material de consumo; serviços de terceiros (pessoas físicas e jurídicas) com caráter eventual, incluindo a manutenção de equipamentos e material permanente; a realização de pequenos reparos e adaptações de bens imóveis; e a contratação de licenças de softwares, além de diárias e passagens, desde que compreendam despesas necessárias para o desenvolvimento do projeto (excluídas diárias e passagens para participação em eventos científicos e tecnológicos).

Com duração de 18 meses, o programa será finalizado com a apresentação dos projetos contemplados num “Demo Day”, quando os resultados obtidos serão exibidos para investidores que avaliarão sua viabilidade e poderão patrocinar a continuidade dos empreendimentos.

Confira a listagem completa do edital Apoio ao Empreendedorismo e Formação de Start-ups em Saúde Humana do Estado do Rio de Janeiro - 2016. 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes