O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 2 a 8 de fevereiro de 2017
Publicado em: 02/02/2017

Notas - Semana de 2 a 8 de fevereiro de 2017

Pesquisa confirma uso de nanopartículas de laponita® para estabilizar emulsões
Depois de dois anos de pesquisas, a parceria entre o Departamento de Engenharia Mecânica do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CTC/PUC-Rio), o de Química da Universidade de São Paulo (USP) e o de Física da Norwegian University of Science and Technology (NTNU), a maior universidade da Noruega, teve sucesso no uso de nanopartículas de laponita® (um tipo de argila sintética) para estabilizar emulsões. O resultado deu origem a um artigo no Scientific Reports, periódico on-line de acesso aberto publicado pela Nature, uma das mais importantes revistas científicas da atualidade. O estudo internacional e interdisciplinar pode ser aplicado nas indústrias de cosméticos, alimentar e de petróleo. Emulsões são dispersões de óleo em água, muito utilizadas nas indústrias de cosméticos (cremes em geral), alimentos (sorvetes e maioneses, por exemplo) e de petróleo. O desafio é fazer com que as gotas se mantenham dispersas, impedindo que se aglutinem e formem uma gota enorme, e também que fiquem sempre do mesmo tamanho, sem se alterarem à medida que o tempo passa. De acordo com o Prof. Márcio Carvalho, do Departamento de Engenharia Mecânica do CTC/PUC-Rio, o ineditismo foi conseguir formar essa carcaça de laponita® em volta das gotas como uma maneira de controlar a estabilidade da emulsão. Segundo Carvalho, a laponita®, uma argila sintética, é uma nanopartícula muito barata e de fácil acesso, tornando o processo ainda mais econômico. A laponita® é uma marca registrada por Southern Clay Products, Inc. Mais informações: http://www.ctc.puc-rio.br

Castelo da Fiocruz abriga exposição “A Biomimética e o Design de Produto”
O Museu da Vida, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), inaugurou nesta terça-feira, 31 de janeiro, a exposição “A Biomimética e o Design de Produto”. Ela tem como proposta abordar a natureza como inspiração inventiva, aprender com ela e, com isso, reencontrar caminhos mais seguros a fim de projetar um futuro melhor para o ser humano em nosso planeta. A biomimética visa estudar as estruturas biológicas e suas funções, buscando aprender com a natureza, entender suas estratégias para utilizar esse conhecimento em diferentes domínios da ciência. A mostra acontece no Castelo da Fiocruz (sala 307).  A exposição é composta de 36 painéis que ilustram e explicam o tema e sua utilidade a partir de diversos exemplos da natureza, desde o mundo micro ao macroscópico. Ao percorrê-la, o visitante confere como os animais, as árvores e até os corais podem servir de inspiração a novos projetos de artefatos diversos. Na mostra, é possível saber, por exemplo, como a produção da teia de aranha – cujo fio tem resistência maior do que cinco vezes ao de aço da mesma espessura – pode ajudar na obtenção de novos tecidos e materiais biodegradáveis resistentes, aplicáveis em cirurgias, tecidos e em construções tensionadas. A exposição “A Biomimética e o Design de Produto” é uma parceria do Museu da Vida com a Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI), da Uerj, e apoio da FAPERJ. A visitação pode ser realizada de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30; no sábado, das 10h às 16 horas. Mais informações: telefone (21) 2590-6747 ou por e-mail: recepcaomv@coc.fiocruz.br

Projeto Alunos Contadores de Histórias, da UFRJ, seleciona voluntários
Estão abertas as inscrições para o projeto de extensão Alunos Contadores de Histórias. O grupo seleciona e capacita, a cada período, 70 novos voluntários para levarem a alegria e a magia dos livros infantis às crianças do Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG), localizado na Cidade Universitária, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os únicos requisitos são possuir matrícula ativa nos cursos de graduação ou pós da UFRJ e ter disponibilidade para comparecer em todas as etapas da seleção. As inscrições vão até 12h do dia 14 de fevereiro na página do projeto. A palestra de apresentação acontece no dia 18 deste mês, quando será exposto o calendário completo. Em nove anos, o projeto já recebeu quase 900 alunos e atendeu milhares crianças. Mais informações: http://www.alunoscontadores.com.br/palestra

Fiocruz abre inscrições para mestrado em Divulgação Científica
A Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) abriu inscrições para o processo seletivo do mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde. Os interessados têm de 31 de março (via correios) a 17 de abril (presencial) para efetuar o cadastro na seleção. São oferecidas ao todo 15 vagas, sendo 5% destinadas a candidatos que se declararem Pessoa com Deficiência e 15% para candidatos que se autodeclararem Negros (pretos e pardos) ou Indígenas. O programa tem como objetivo a formação, em nível de mestrado acadêmico, de pesquisadores qualificados para a produção de novos conhecimentos que visam incrementar o diálogo dos campos da saúde, da ciência e da tecnologia com a sociedade e que induzam o desenvolvimento de novas ações e estratégias de divulgação científica. O mestrado é resultado de parceria da COC com o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), a Fundação Cecierj e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mais informações: www.coc.fiocruz.br

Professor da Coppe é nomeado Pesquisador Emérito do CNPq
O professor da Coppe/UFRJ, Sandoval Carneiro Junior, será contemplado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) com o título de Pesquisador Emérito do CNPq, edição 2017. O professor foi escolhido pelo Conselho Deliberativo do CNPq para receber a honraria, em reconhecimento a sua contribuição às engenharias e a sua exemplar carreira acadêmica e profissional. A cerimônia será realizada no dia 9 de maio de 2017, às 18h, no Auditório da Escola Naval, da Marinha do Brasil, na Av. Almirante Sylvio de Noronha, s/n, Castelo, Rio de Janeiro-RJ. Na ocasião, também será realizada a solenidade de diplomação dos novos membros da Academia Brasileira de Ciências (ABC). Mais informações: http://www.coppe.ufrj.br

Jogo digital ensina sobre riscos de intoxicação no ambiente doméstico 
O Polo de Jogos e Saúde do Multimeios do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz) e o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox/Fiocruz) transformaram a campanha de prevenção contra acidentes por intoxicação em jogo digital. É o “Quem deixou isso aqui?”. O programa vem atraindo a atenção de pais e filhos pela facilidade com que pode ser jogado e as informações que fornece. A ideia é manter a personagem central – Aninha, uma menina de 3 anos – longe de coisas que podem intoxicá-la, tais como medicamentos, plantas, materiais de limpeza, produtos químicos e até mesmo alimentos e bebidas alcóolicas. O jogo estará disponível para tablet e desktop nas plataformas Google Play e Apple, e brevemente poderá ser jogado nos sistemas Android e iOS. Mais informações: www.icict.fiocruz.br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes