O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Produtor de Vassouras aposta na ovinocultura leiteira com produtos inovadores e artesanais
Publicado em: 28/07/2016

Produtor de Vassouras aposta na ovinocultura leiteira com produtos inovadores e artesanais

Danielle Kiffer

 

Pedro Porto e Henrique Mirabeau: pai e filho
unidos para produção de laticínios de leite
de ovelha (Fotos: Divulgação) 

A atividade leiteira ovina em escala industrial no Brasil ainda é recente, mas vem crescendo a cada ano. Uma explicação é a qualidade do leite da ovelha: tem maior teor de cálcio, três vezes mais proteína que o leite de vaca e seus baixos teores de lactose permitem até que seja consumido por aqueles que têm intolerância. Por conta das tendências desse mercado que vem se expandindo em território brasileiro, Pedro Porto, pecuarista há mais de 30 anos, resolveu deixar a criação de gados no Sul do Brasil há cerca de sete anos e veio para a região montanhosa do Vale do Café, em Vassouras, com seu filho, Henrique Mirabeau, para uma empreitada completamente diferente: começar uma criação de ovelhas para produção de laticínios.

Hoje, na Cabanha Mirabeau, nome de sua propriedade, Porto possui 130 ovelhas da raça francesa Lacaune e 100 metros quadrados de sala de manipulação, onde acontece a produção dos queijos e de outros produtos. “A raça Lacaune foi criteriosamente escolhida por suas características de docilidade e por fornecer leite de qualidade”, explica Porto. Com o auxílio do programa de Apoio ao Desenvolvimento de Modelos de Inovação Tecnológica e Social, da  FAPERJ, ele equipou sua cozinha industrial com tanque de coagulação, tacho para fabricação de doce de leite e duas câmaras frias com potencial de congelamento de -20°C. “Esse auxílio foi muito importante para que meus objetivos de investir em tecnologia de ponta para a fabricação de produtos artesanais e 100% naturais, manufaturados sem a utilização de espessantes, firmantes, conservantes ou corantes”, complementa o produtor.

Iogurte e doce de leite de ovelha da Cabanha 
Mirabeau: artesanais e sem conservantes

O carro-chefe da Cabanha Mirabeau é o iogurte natural. De acordo com Porto, o leite da ovelha é mais espesso, o que proporciona um iogurte mais cremoso. “Além de mais cálcio e mais proteína, o iogurte de leite de ovelha também tem mais ferro”, acrescenta. Contudo, mesmo com o sucesso que o seu iogurte alcançou, Porto manteve a vontade de inovar. Para isso, ele desenvolveu o doce de leite de ovelha e está trabalhando na produção de produtos mais elaborados, como o queijo feta, uma espécie de queijo coalhado, típico da Grécia.

Outra novidade que Porto está desenvolvendo para o mercado é o gelato, um tipo de sorvete que, em sua formulação, não utiliza nenhum produto químico e leva muito menos gordura. “O problema é que sua durabilidade é menor. Mas acredito que ficará tão delicioso que isso não será problema: acho que não vai sobrar nenhum gelato de leite de ovelha nas nossas câmaras frigoríficas”, aposta e complementa: “Acredito que até a metade de 2017 já estaremos produzindo em escala comercial.” Para o desenvolvimento de todos esses produtos, Porto vem contando com o assessoramento de engenheiros de alimentos da Universidade Federal Fluminense.

Pela beleza, a localidade também tem potencial
para se firmar
 como ponto turístico

Mas os planos do produtor não param por aí. Entre eles, está a produção de uma bebida láctea à base do soro de leite, que é comumente descartado. "Com isso, evitamos a poluição dos corpos hídricos da região", fala Porto, preocupado com a questão ambiental. Ele pensa ainda em iniciar a fabricação de cupulate, uma espécie de chocolate feito a partir das sementes de cupuaçu, para incrementar seus doces de leite.

Porém, as ideias de Porto não se limitam aos alimentos. Ele também pretende explorar a potencialidade turística de Vassouras aliada às belezas de sua propriedade. “Já tenho um espaço reservado na Cabanha Mirabeau para workshops  em que explicaremos como são feitos os produtos de leite de ovelha e quais são suas vantagens nutricionais. Quero que as pessoas venham visitar a minha propriedade e conheçam mais sobre esses lindos e dóceis animais e sobre como funciona uma agricultura familiar”, diz. Para uma visita virtual, basta acessar  https://www.facebook.com/CabanhaMirabeau/

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes