O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Fundação divulga resultado de dois editais no campo das artes
Publicado em: 28/07/2016

Fundação divulga resultado de dois editais no campo das artes

O campo das artes ganha novos investimentos. Com a divulgação dos resultados de dois editais nessa área – Estímulo à Criação, Experimentação e Pesquisa Artística (Edital nº 02/2016), e a versão 2016 de Apoio à Produção e Divulgação das Artes no Estado do Rio de Janeiro (Edital nº 03/2016) a FAPERJ anuncia seu apoio a 58 novos projetos contemplados nos dois programas.

Fruto da parceria entre a FAPERJ e a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC-RJ), o edital Estímulo à Criação, Experimentação e Pesquisa Artística 2015 foi lançado em janeiro deste ano, numa cerimônia que contou com a participação da secretária estadual de Cultura, Eva Doris Rosental  e da diretora de Tecnologia da FAPERJ, Eliete Bouskela.  

"Estamos felizes com essa parceria inédita, voltada para artistas sem vínculo com a academia. Foram cerca de 400 inscrições, um sucesso. O mais importante é que não estamos fomentando apenas os projetos em si, mas os processos de criação artística que os envolvem. Os contemplados terão o acompanhamento e a orientação de professores universitários, o que tornará o trabalho mais enriquecedor e consistente. Conseguimos ampliar o número de vagas e pretendemos lançar outro edital até o fim do ano”, afirmou a secretária Eva Dóris. Ela espera, até o final do ano, lançar mais um edital em parceria com a FAPERJ.

"O mais interessante foi o estabelecimento de parceria com a área da Cultura, uma das vocações do nosso estado. O sucesso do edital, que pode ser medido pelo número de inscrições, confirma o acerto da nossa proposta e abre um leque de possibilidades de interação entre setores que não têm o hábito de trocar informações nem experiências e pode dar muitos frutos", afirmou a diretora de Tecnologia, da FAPERJ. Eliete não só destacou o sucesso da parceria, como disse esperar que este seja apenas o primeiro de uma série de programas lançados conjuntamente. 

O edital, inédito, teve aprovados 25 projetos. Foram cinco a mais do que o número de bolsas inicialmente previsto. “Isso se deveu à expressiva demanda e à qualidade das propostas apresentadas”, explica Isabella Paes de Carvalho, assessora da Diretoria de Tecnologia. 

Esta primeira edição de Estímulo à Criação, Experimentação e Pesquisa Artística 2016 oferecerá bolsas mensais, no valor de R$ 3.050, para a produção de projetos inéditos, com apresentação ou exposição pública, nas áreas de artes visuais, audiovisual, música, artes cênicas, literatura, culturas populares, arquitetura, memória e patrimônio. Os interessados em submeter propostas precisavam contar com um orientador, que deveria ser um professor universitário vinculado a alguma instituição de ciência e tecnologia (ICT) sediada no estado do Rio de Janeiro. Não houve exigência de titulação para o orientador.

Voltado a artistas, não houve exigência para que o bolsista também fosse universitário.  Mas para submeter propostas ao programa, o interessado não poderia ter vínculo empregatício e nem ser beneficiário de bolsa FAPERJ. Individuais e destinadas à pessoa física, as bolsas terão duração de 12 meses.

Embora não se exija uma prestação financeira de contas, cada bolsista deverá apresentar relatórios rotineiros que apontem para o processo de desenvolvimento do projeto. Também se exigirá a prestação de contas da taxa de bancada do orientador, que pôde ter apenas dois projetos sob sua orientação.

Apoio à produção e divulgação das artes contempla 33 projetos

Voltado a incentivar projetos que contribuam para o desenvolvimento do campo artístico no estado do Rio de Janeiro, o programa Apoio à Produção e Divulgação das Artes no Estado do Rio de Janeiro – 2016,  por sua vez, contemplou 33 novos projetos, selecionados de uma demanda de 36 propostas inscritas.

O resultado beneficiará 10 diferentes instituições, entre as quais a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) foi a que mais teve propostas aprovadas, com 14. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) aprovou sete projetos, seguida pela Universidade Federal Fluminense (UFF), que aprovou três projetos, e pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Também tiveram propostas contempladas o Conservatório Brasileiro de Música (CBM), o Instituto Federal Fluminense (IFF), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), o Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e a Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio).

Com recursos de pouco mais de R$ 1,5 milhão, a serem pagos em até 12 parcelas mensais, o edital financiará propostas a serem desenvolvidas nas áreas de Fundamentos e Críticas das Artes; Artes Plásticas; Música; Dança; Teatro; Ópera; Fotografia; Cinema; Artes do Vídeo; e Educação Artística. De acordo com o montante solicitado, os projetos foram classificadas em uma de duas faixas: Faixa A entre R$ 40 mil e R$ 60 mil, a serem pagos em até 12 parcelas fixas mensais de R$ 5 mil; Faixa B até R$ 36 mil, a serem pagos em até 12 parcelas fixas mensais de R$ 3 mil.

Os recursos do edital financiarão despesas de capital, como a aquisição de materiais permanentes e equipamentos; e despesas de custeio, em que se incluem serviços de terceiros (pessoas físicas e jurídicas), com caráter eventual, incluindo a manutenção de equipamentos e material permanente, a realização de pequenos reparos e adaptações de bens imóveis (até o máximo de 50% do montante total solicitado); diárias e passagens desde que compreendam despesas necessárias para o desenvolvimento do projeto de pesquisa; não serão permitidas diárias e passagens para participação em reuniões científicas; material de consumo, incluindo componentes e/ou peças de reposição de equipamentos; despesas de importação (até o limite máximo de 18% do valor do bem importado).

Confira a listagem completa dos contemplados no edital Estímulo à Criação, Experimentação e Pesquisa Artística

Confira a listagem completa dos contemplados no edital Apoio à produção e divulgação das artes no Estado do Rio de Janeiro  

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes