O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 21 a 27 de janeiro de 2016
Publicado em: 21/01/2016

Notas - Semana de 21 a 27 de janeiro de 2016

Exposição apresenta inovações científicas e tecnológicas
desenvolvidas nos laboratórios da Coppe (Foto: Divulgação)

Coppe inaugura exposição Exploradores do Conhecimento
Na próxima quarta-feira, 27 de janeiro, às 15h, a Coppe/UFRJ – Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro – inaugura a exposição Exploradores do Conhecimento. A mostra reúne tecnologias e soluções inovadoras desenvolvidas nos laboratórios da Coppe que resultaram em importantes contribuições para a ciência e para a sociedade. Por meio de infográficos, multimídias, simuladores, aparatos interativos e ambientes virtuais imersivos, o visitante poderá explorar os avanços da engenharia que respondem a desafios do passado, do presente e do futuro. A exposição está instalada no Espaço Coppe Miguel de Simoni, no Centro de Tecnologia, na Cidade Universitária (Ilha do Fundão). Ocupando cerca de 500 m², ela aborda dez grandes temas: Arte e Ciência, Tecnologia e Saúde, Fotônica e Nanotecnologia, Matéria, Robótica, Petróleo, Oceanos, Cidades Sustentáveis, Tecnologia e Esportes, Energia e Meio Ambiente. Os temas são apresentados em 15 nichos espalhados ao longo do Espaço Coppe. Com entrada franca, a exposição está aberta à visitação às terças, quartas e quintas-feiras, das 13h às 16h.  A partir do dia 16 de fevereiro, serão oferecidas visitas guiadas para grupos e escolas. O agendamento deve ser feito pelo endereço espacocoppe@adc.coppe.ufrj.br ou pelo telefone (21) 3938-8296. Exploradores do Conhecimento faz parte do Projeto Coppe 50 Anos, iniciado em 2013 para marcar a comemoração de seus 50 anos de atividade. O projeto conta com o patrocínio da Petrobras, Eletrobras Furnas, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Halliburton, GE, Braskem e Itaipu Binacional. Mais informações: http://www.planeta.coppe.ufrj.br

ABC sediará apresentação da estratégia nacional de C,T&I
Em evento que terá lugar na próxima segunda-feira, 25 de janeiro, às 14h, no auditório da Academia Brasileira de Ciências, será conhecida a proposta da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2016-2019. Com a presença do ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, e do presidente da Financiadora de Estudos e Projetos, Wanderley de Souza, o documento será apresentado por Jailson de Andrade, da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento (Seped). Elaborada em reunião organizada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que aconteceu no dia 15 de janeiro, em São Paulo, a proposta agora será objeto de um debate estendido à comunidade científica e ao público em geral, que, na ocasião, poderá fazer comentários, críticas e sugestões. Mais informações: www.abc.org.br

Pesquisadores apoiados pela FAPERJ são indicados ao Prêmio Faz Diferença 2015
Três pesquisadores apoiados pela FAPERJ foram indicados ao Prêmio Faz Diferença 2015. Iniciativa do jornal O Globo em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a premiação é voltada a reconhecer o trabalho, a dedicação e o talento de brasileiros, que, nas mais diversas áreas de atuação, serviram de inspiração para o país e o mundo. Na categoria Sociedade/Ciência e Saúde, o indicado foi o cardiologista, professor e pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Cláudio Gil Araújo. Maior especialista brasileiro em medicina do exercício e do esporte, Araújo é autor do teste de sentar-levantar (TSL), capaz de prever quanto tempo uma pessoa entre 51 e 80 anos ainda vai viver. Já na categoria revista O Globo, os indicados foram os oceanógrafos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) José Lailson Brito Junior e Alexandre de Freitas Azevedo, coordenadores do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua), que desenvolve, desde 1992, ações e pesquisas visando sensibilizar autoridades e população para a necessidade urgente de conservação dos botos fluminenses. Em cada categoria, são três indicados. A expectativa é de que o resultado final seja divulgado no sábado, 23 de janeiro, no jornal O Globo. Mais informações: http://eventos.oglobo.globo.com/faz-diferenca/2015

Departamento de Física do CTC/PUC-Rio abre processo seletivo para professor 
O Departamento de Física do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CTC/PUC-Rio) está com inscrições abertas para uma vaga de professor assistente. Os documentos exigidos no edital devem ser enviados até 29 de fevereiro para o endereço eletrônico concurso@fis.puc-rio.br. Como pré-requisito, é preciso ter doutorado em Física. O candidato selecionado desenvolverá atividades de pesquisa experimental nos laboratórios das diversas áreas contempladas pelo departamento, como Física de Superfícies, Nanociências e Materiais Nanoestruturados, Física Atômica e Molecular, Instrumentação e Medidas Magnéticas, Biofísica Molecular e Espectroscopia de Biomoléculas, Optoeletrônica, Filmes Finos e Optoeletrônica Molecular. O professor será contratado no regime de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva, salário de R$ 10.424, para começar a trabalhar ainda no primeiro semestre deste ano. Embora a vaga se destine ao cargo de professor assistente, dependendo da experiência do candidato aprovado, esta classificação poderá ser reconsiderada. A PUC-Rio oferece plano de saúde coletivo por adesão, auxílio creche para despesas com mensalidade de creche ou escola dos filhos (até o mês em que completam sete anos) e previdência privada. O programa de pós-graduação do Departamento de Física do CTC/PUC-Rio é nota seis na Capes, está entre os 15 melhores do país, e seus professores e estudantes participam de importantes projetos de cooperação nacionais e internacionais. A primeira etapa do processo seletivo consiste na avaliação da documentação apresentada na inscrição. São exigidos Curriculum Vitae em formato livre, memorial sobre suas atividades de ensino, pesquisa e extensão de serviços à comunidade, plano de pesquisa, título do seminário a ser apresentado na segunda etapa do processo seletivo, diploma do grau de doutor, coleção de separatas de suas publicações e cartas de recomendação de, pelo menos, dois pesquisadores. Na segunda fase, com início em 13 de abril, cada concorrente selecionado deverá apresentar o seminário — previamente escolhido pelo candidato, na inscrição — em português ou inglês, com duração máxima de uma hora. Será preciso ainda apresentar uma aula didática de até 50 minutos sobre um dos temas previstos no edital, a ser sorteado com pelo menos 24 horas de antecedência. Os horários de apresentação de cada candidato também serão definidos através de sorteio. Detalhes podem ser consultados no edital. Mais informações (Arquivo em PDF): http://www.fis.puc-rio.br/Edital_Concurso_2016-1.pdf

Congresso em São Paulo vai discutir técnicas de cirurgia da mão
A capital paulistana receberá, nos dias 26, 27 e 28 de maio, o 36º Congresso Brasileiro de Cirurgia de Mão, a ser realizado no Maksoud Plaza Hotel. A edição 2016 do congresso será organizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, e terá como tema “A mão olímpica”. O evento contará com a participação de convidados brasileiros e estrangeiros e colocará em discussão as tendências da especialidade, além de dar uma maior visão da cirurgia de mão no Brasil e das empresas parceiras. Mais informações: tels.: (11) 5092-3434/ (11) 5092-3426, atendimento@cirurgiadamao.org.br, www.mao2016.com.br e  www.cirurgiadamao.org.br


Pós-incubação: duas novas empresas chegam ao Parque Tecnológico da UFRJ
A partir deste mês de janeiro, as empresas Aquafluxus e SeaHorse passam a fazer parte do portfólio de companhias do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ambas estreiam o programa de pós-incubação, lançado no final de setembro de 2015, e visam abrigar e apoiar empreendimentos de pequeno porte voltados para a pesquisa e desenvolvimento de oriundos de incubadoras de todo o país. O programa de pós-incubação do parque começa agora em janeiro, já com duas empresas graduadas pela incubadora da Coppe. Atualmente o parque conta com 13 grandes empresas, seis pequenas e médias empresas, seis laboratórios e 27 start-ups. A Seahorse desenvolve tecnologias capazes de transformar as ondas do mar, de marés e de correntes de rios em eletricidade e, ao mesmo tempo, dessalinizar a água. A empresa foi fundada em 2006 e quatro anos depois passou a ser residente da incubadora da Coppe/UFRJ. Por sua vez, a Aquafluxus desenvolve estudos e projetos de controle de inundações e de sistemas de drenagem com precisão, baixo risco e sustentabilidade. A empresa estava na incubadora da Coppe/UFRJ desde 2010. Além do programa de pós-incubação, o parque está atualmente com edital aberto para receber empresas de micro, pequeno e médio porte. Mais informações: http://www.parque.ufrj.br/

Fiocruz abre curso de especialização em análise de redes sociais
O curso de especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICTS 2016), oferecido pelo ensino do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde (Icict ) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), está com as inscrições abertas até 12 de fevereiro de 2016. Os interessados devem acessar o site da Plataforma Siga (www.sigals.fiocruz.br), seguindo os links: inscrição > presencial > especialização > Icict > Informação Científica e Tecnológica em Saúde – 2016/Sede. Ao todo, estão sendo oferecidas 15 vagas. Com o tema Análise de Redes Sociais, o curso  é voltado para profissionais que atuam nas áreas de produção, organização, análise e disponibilização de informação científica e tecnológica em saúde, e com as tecnologias a elas associadas. A especialização, que é gratuita, tem carga horária total de 360 horas, ministradas de segunda-feira à quinta-feira, durante uma semana por mês, em período integral, das 9h às 17h. As aulas começarão no dia 28 de março e serão encerradas em dezembro desse ano. Mais informações: tel.: (21) 3882-9033, gestaoacademica@icict.fiocruz.br e www.icict.fiocruz.br/content/an%C3%A1lise-de-redes-sociais-%C3%A9-tema-de-especializa%C3%A7%C3%A3o-na-fiocruz 

Fundação Conrado Wessel anuncia os vencedores do prêmio FCW Ciência
A Fundação Conrado Wessel (FCW) anunciou, na primeira quinzena de janeiro, os vencedores do prêmio FCW Ciência, Cultura e Medicina 2015. Os escolhidos, que receberão R$ 300 mil cada um em 2016, foram o oftalmologista Rubens Belfort Mattos Junior (Medicina) e a escritora Lygia Fagundes Telles (Cultura). Graduado pela Escola Paulista de Medicina em 1970, com doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Rubens Belfort é professor titular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e presidente da Academia Brasileira de Oftalmologia e do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa em Oftalmologia. Na década de 1990, promoveu mutirões de cirurgias de catarata e de diabetes ocular e participou da criação do primeiro centro de oncologia ocular na Amazônia, que começou a funcionar em 2014, em Manaus. Atualmente, Belfort desenvolve um programa para fornecer óculos gratuitos para idosos e crianças. É membro da Academia Brasileira de Ciências, da Associação Nacional de Medicina e da Academia Ophthalmologica Universalis e integrante do International Council of Ophthalmology. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, a paulista Lygia Fagundes Telles é membro da Academia Brasileira de Letras desde 1985. Formada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), é autora de dezenas de livros de contos e romances, como Ciranda de pedra (1954), As meninas (1973) e As horas nuas (1989). Lygia teve suas obras publicadas em diversos países, entre eles França, Estados Unidos, Alemanha e Itália. Alguns de seus textos foram adaptados para TV, teatro e cinema. Mais informações: http://www.fcw.org.br 

Colônia de férias do planetário: atividades lúdicas para crianças
O Planetário da Gávea (Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100) está proporcionando atividades para crianças de 6 a 10 anos. Na colônia de férias "Brincando e Aprendendo Astronomia", os pequenos podem viajar entre as estrelas, aprender conceitos básicos de astronomia ensinados pelos próprios astrônomos da Fundação Planetário e a cuidar do planeta Terra, além de participar de oficinas de artes visuais e teatro, aulas sobre horta orgânica e ações sustentáveis, como colorir com pigmentos naturais, como carvão, beterraba, café, urucum e ervas aromáticas. A cada dia, o planetário oferece um conteúdo diferente e, no final das atividades, as crianças ainda recebem o título de Astrônomo Mirim. A colônia de férias acontecerá até o dia 29 de janeiro. Há opção à tarde, das 13h às 17h, ou em horário integral, das 9h às 17h, incluindo almoço e lanche. Mais informações: tel.: (21) 96907-2480 / 2220-5243 (das 11h às 17h, nos dias úteis) e feriasnoplanetario@gmail.com

Guobin fala na Coppe sobre novo veículo de levitação magnética produzido na China
Nesta sexta-feira, 22 de janeiro, o professor Lin Guobin, vice-diretor do National Maglev Transportation Development Co., dará palestra na Coppe – o Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – sobre o "Changsha Urban Maglev Project".  Desenvolvido na China, o novo veículo de levitação magnética vai interligar o aeroporto de Changsha a uma estação ferroviária (estação HSR), totalizando um percurso de 18,5 km de extensão. A previsão é de que o início da operação ocorra ainda este ano. O evento será realizado às 11h, no auditório da Coppe (sala G-122). Guobin estará acompanhado pelos professores Liu Wanming (Tongji University), Cao Guangzhong (Shenzhen University) e pelo engenheiro Zhang Peizhu (China Railway Liuyuan Group Co.). A comitiva chinesa aproveitará a ocasião para visitar o projeto MagLev-Cobra da Coppe, que também estará aberto para a visitação da comunidade. As técnicas de levitação do Maglev-Cobra e de Changsha Urban Maglev utilizam princípios diferentes. O veículo brasileiro levita por meio de forças estáveis entre supercondutores e ímãs permanentes. Já o veículo chinês emprega o princípio eletromagnético, que exige malhas de controle para sua estabilização. Essa é a terceira visita de Guobin ao Brasil. Em 2014, o professor foi um dos conferencistas da Maglev 2014, organizada pelo professor Richard Stephan, do Programa de Engenharia Elétrica da Coppe. Saiba mais sobre o Maglev-Cobra, o trem de levitação magnética, desenvolvido pela Coppe/UFRJ. Mais informações: http://www.planeta.coppe.ufrj.br/index.php

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes