O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > SECTI divulga nota sobre desempenho do sistema de C&T no RJ
Publicado em: 30/06/2004

SECTI divulga nota sobre desempenho do sistema de C&T no RJ

O Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Wanderley de Souza, divulgou, no dia 29 de junho de 2004, nota rebatendo informações veiculadas na imprensa a respeito do desempenho da FAPERJ no apoio às áreas de ciência, tecnologia e inovação. Segue a nota:

"Nos últimos dias, tem havido divulgação de notas equivocadas em relação ao desempenho da FAPERJ. Em nenhum momento a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa (Faperj) foram consultadas. A coluna Informe, de O Dia, reproduz os mesmos dados, tecendo críticas às atuações dos governadores Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho no que se refere à área de C&T e Educação.

Tendo em vista estas informações, a Secti e a Faperj fazem os seguintes esclarecimentos:

1. Até 1998, a Faperj realizava investimentos anuais de cerca de R$ 20 milhões/ano;

2. Durante o Governo Anthony Garotinho, a Faperj realizou significativos investimentos em Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro. No período de janeiro de 1999 a março de 2002, foram investidos cerca de R$ 230 milhões, valor maior do que todo o investimento realizado nos 19 anos de existência da agência;

3. No ano de 2004, a governadora Rosinha Garotinho já autorizou, mediante decretos já publicados no Diário Oficial, investimentos pela Faperj de cerca de R$ 115 milhões. Até o dia de hoje, já foram realizados empenhos de cerca de R$ 60 milhões, sendo que cerca de R$ 48 milhões já foram pagos. Cabe esclarecer que há duas formas de atuação da Faperj: liberação direta para pesquisadores e liberação para instituições de Ciência e Tecnologia vinculadas ao Estado (Uerj, Uenf, Cederj, etc.), via descentralização financeira. As liberações feitas diretamente aos pesquisadores podem ser verificadas no site da FAPERJ.

4. No que se refere à Educação Profissional, a Faetec está inaugurando, nas próximas semanas, 14 novas unidades, passando a contar com cerca de 206 mil alunos, o que constitui a maior rede de escolas técnicas do país.

5. Os dados acima deixam claro a prioridade conferida pela governadora Rosinha Garotinho às áreas de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional."

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes