O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Fundação investe R$ 9,4 milhões em 226 novos projetos
Publicado em: 06/06/2012

Fundação investe R$ 9,4 milhões em 226 novos projetos

Ao divulgar, nesta quinta-feira, 31 de maio, o resultado de mais três editais – Apoio à publicação de periódicos científicos e tecnológicos institucionais – 2012; Apoio à produção de material didático para atividades de ensino e/ou pesquisa – 2012 e Apoio à inovação e difusão tecnológica no estado do Rio de Janeiro - 2011 – a Fundação estará apoiando 226 novos projetos e investindo mais R$ 9,4 milhões na C&T fluminense. Os beneficiados agora deverão aguardar contato da Fundação informando sobre a entrega de seus termos de outorga.

No caso do edital de Apoio à inovação e difusão tecnológica no estado do Rio de Janeiro - 2011, lançado pela primeira vez em 2008 e parte do programa Rio Inovador, contemplou, na seleção final do programa, 98 novos projetos, vários deles com origem no interior fluminense. Destinado a financiar projetos de inovação ou a difusão de processos tecnológicos com potencial de inserção no mercado ou alta relevância social, em áreas de interesse para o desenvolvimento socioeconômico fluminense – como arranjos produtivos locais (APLs) (agropecuária, fruticultura, floricultura, rochas ornamentais, piscicultura, eletroeletrônica, eletromecânica, design etc.) e temas relacionados com o uso da inclusão digital em empresas, visando à interação e ao incremento da produtividade – o programa conta com um total de recursos de R$ 6 milhões. Esses recursos poderão custear tanto despesas de capital, como material permanente; equipamentos; e obras; quanto despesas de custeio, como material de consumo; pequenas reformas e adaptações de infraestrutura e instalações; serviços de terceiros (pessoas físicas e jurídicas) com caráter eventual para a manutenção de equipamentos e material permanente, para a realização de pequenos reparos e adaptações de bens imóveis, e para a contratação de licenças de softwares (até o máximo de 30% do montante solicitado em despesas de custeio); diárias e passagens, até o limite de 10% do montante solicitado em despesas de custeio (desde que compreendam despesas necessárias para o desenvolvimento do projeto); e despesas de importação (até o limite máximo de 18% do valor do bem importado); não serão permitidas diárias e passagens para participação em reuniões científicas/tecnológicas.

Para o diretor de Tecnologia da Fundação, Rex Nazaré, quando houve a primeira edição, 349 projetos foram apresentados, e deles 240 foram contemplados, cobrindo um espectro de 39 municípios de todo o estado. Esse sucesso foi graças à forte participação do Sebrae-RJ, importante parceiro na difusão do programa. "Como nesta área de tecnologia os editais costumam ser bianuais, o relançamos em 2011, quando tivemos demanda de 293 projetos, dos quais contemplamos agora 98, devido às exigências de comprovação de documentação fiscal. É importante lembrar que o programa é, nesta área, o que abrange o maior leque de atividades no estado ao mesmo tempo em que contempla ampla gama de municípios fluminenses. Quanto à qualidade, tivemos, sem dúvida, excelentes projetos apresentados, que certamente cumprirão o papel de redução de desigualdades entre os municípios e melhora na distribuição de renda do estado."

Em sua segunda edição, o programa Apoio à publicação de periódicos científicos e tecnológicos institucionais – 2012 contemplou 43 novas propostas que dividirão recursos de R$ 1,4 milhão. Ao todo, o programa beneficiou nove diferentes instituições. Com 18 novos projetos contemplados, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi a que mais teve propostas aprovadas. A segunda colocação ficou com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com sete, seguida pela Universidade Federal Fluminense (UFF), e pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), com quatro. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) aprovaram ambas três projetos, enquanto a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Energia Nuclear (IEN) e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) também foram contempladas.

Voltado a ampliar a divulgação de resultados de pesquisas e contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social fluminense, o programa financia a editoração e publicação de periódicos de caráter científico ou tecnológico, impressos ou por via eletrônica, em todas as áreas de conhecimento, mantidos e editados por instituições científicas e tecnológicas ou sociedades científicas brasileiras, com sede no estado do Rio de Janeiro.

O alvo são os periódicos indexados na base de dados SciELO e/ou classificados no Qualis da Capes, vinculados a instituições públicas ou privadas sediadas no estado, e não figurando em coleções, como bibliotecas ou outras do gênero, com abrangência nacional; corpo editorial; e publicando, predominantemente, artigos de autores locais. Devem ainda conter pesquisas originais, avaliadas por pares e não divulgadas em outros periódicos; ter circulado de forma regular nos dois anos imediatamente anteriores ao da solicitação da proposta (2010-2011); apresentar periodicidade de pelo menos dois fascículos ao ano; possuir International Standard Serial Number – ISSN; representar, em relação a outros periódicos da mesma área, a opção majoritária de publicações por autores brasileiros; atender aos padrões mínimos de normalização para publicação de periódicos científicos da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT; e publicar, no mínimo, cinco artigos por fascículo. Para tanto, os recursos do programa financiarão despesas de capital, como aquisição de materiais permanentes e de equipamentos; ou despesas de custeio, como serviços de terceiros (pessoas físicas e jurídicas); material de consumo, componentes e/ou peças de reposição de equipamentos, desde que o valor máximo de cada proposta não ultrapasse R$ 80 mil.

Com um total de recursos de com R$ 2 milhões, a segunda edição do programa de Apoio à produção de material didático para atividades de ensino e/ou pesquisa – 2012 apoiará 85 projetos para a produção de livros, coletâneas, apostilas, CDs, DVDs, jogos, blogs, portais, mídias eletrônicas diversas, dentre outros materiais de cunho didático, incluindo-se aí aqueles com conteúdos específicos para a educação a distância.

Dos contemplados, o maior número de propostas beneficiadas teve origem na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com 34 projetos, seguida pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com 14, e a Universidade Federal Fluminense (UFF), com 11. Das 17 instituições com propostas aprovadas fazem parte também a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), com 4 propostas beneficiadas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e a Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), todos com três projetos contemplados. A Universidade do Grande Rio (Unigranrio), a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) aprovaram dois projetos cada. Outras sete instituições também foram beneficiadas.

O edital custeará despesas de capital, como a  aquisição de materiais permanentes e equipamentos; e despesas de custeio, como serviços de terceiros (pessoas físicas e jurídicas) com caráter eventual, incluindo a manutenção de equipamentos e de material permanente e a realização de reparos e adaptações de bens imóveis; diárias e passagens (desde que compreendam despesas necessárias para o desenvolvimento do projeto de pesquisa); material de consumo, componentes e/ou peças de reposição de equipamentos; e despesas de importação..

Confira a listagem completa dos contemplados no edital de Apoio à inovação e difusão tecnológica no estado do Rio de Janeiro - 2011 (arquivo em PDF)

Confira a listagem completa dos contemplados no edital de Apoio à publicação de periódicos científicos e tecnológicos institucionais – 2012

Confira a listagem completa dos contemplados no edital de Apoio à produção de material didático para atividades de ensino e/ou pesquisa – 2012

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes