O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Rio ganha espaço para desenvolvimento de tecnologia digital
Publicado em: 03/07/2014

Rio ganha espaço para desenvolvimento de tecnologia digital


Lécio Augusto Ramos 

         

     Em seu discurso, o governador Luiz Fernando Pezão destacou
     a importância das parcerias de infraestrutura na área de C&T


Um conjunto arquitetônico tombado pelo patrimônio público, no Catete, Zona Sul da cidade, irá reunir, nos próximos meses, jovens empreendedores que desenvolverão, num ambiente de trabalho conjunto, cerca de 50 ideias que se transformarão em futuras empresas na área de Tecnologia da Informação (TI) e contribuirão para consolidar o Rio de Janeiro como estado-modelo do empreendedorismo digital. O anúncio foi feito pelo presidente da FAPERJ, Ruy Garcia Marques, na noite desta terça-feira, 1 de julho, durante a cerimônia de inauguração da sede da Start-Up Rio, programa da Fundação voltado a apoiar projetos na área de tecnologia digital, que conta com apoio de consultores e parceiros do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro (Sebrae-RJ), da regional Rio da Associação de Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-RJ), e de empresas privadas, como Cisco Systems e Intel. “Essas ideias são denominadas start-ups. E ao reunirmos os responsáveis por elas num mesmo espaço, buscamos criar um ambiente ideal de cooperação tecnológica para que sejam desenvolvidas e ainda incluímos o estado no calendário de eventos internacionais, contribuindo para sedimentar nova cultura de inovação tecnológica, criatividade e empreendedorismo entre os jovens fluminenses”, complementou.

O evento contou com a presença do governador Luiz Fernando Pezão; do secretário estadual de C& T, Alexandre Tande Vieira; do ex-secretário da pasta, deputado Gustavo Ferreira Tutuca, do reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj); Ricardo Vieiralves, além de diversas autoridades. Antes dos discursos oficiais, foi descerrada  placa alusiva à inauguração do novo espaço. A sede do programa Start-Up Rio foi instalada em um dos três prédios do conjunto, cedido pela Uerj ao governo do estado. Com três andares e área total de 600 metros quadrados, tem quatro salões para os empreendedores trabalharem em esquema de co-working, salas de reunião, cabines para conferências privadas, auditório, lounge e cafeteria. O segundo prédio, em frente, abrigará futuramente a Biblioteca Barbosa Lima Sobrinho, enquanto o dos fundos será a sede de um programa para apoiar projetos na área de biotecnologia.

Durante o evento, o governador Pezão destacou as parcerias fechadas nos últimos anos na área de infraestrutura e de C&T. “O estado tem investido em parcerias com centros de pesquisa e universidades. Hoje, o Rio conseguiu atrair 19 dos 20 centros de pesquisas que estão se instalando no Brasil e as start-ups são um motivador”, afirmou. Ele ainda destacou a inauguração, naquele mesmo dia, do primeiro trecho do Arco Metropolitano da cidade – que integrará os municípios de Duque de Caxias, Itaguaí, Japeri, Nova Iguaçu, Queimados e Seropédica  –, e que, quando estiver totalmente concluído, até 2016, também incluirá Magé e Guapimirim. “Já contamos com um impressionante número de investimentos interessados em se instalar ao longo do Arco. São 38 empresas. Não podemos perder a oportunidade de fazer com que a Baixada Fluminense deixe de ser cidade-dormitório e se transforme num novo Eldorado de investimentos para o estado”, acrescentou.

O secretário Tande Vieira também destacou a importância da nova sede. “O espaço para co-working facilita a troca de ideias e o desenvolvimento dos projetos em espírito colaborativo. Na sede, também poderão ser realizadas palestras, cursos e workshops sobre tecnologia e inovação. Nosso objetivo é diversificar a economia com iniciativas na área de TI e de biotecnologia, além de fomentar a criação de um ambiente empreendedor no estado”, afirmou. 

Já o reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves, lembrou da importância histórica do espaço. “Ele já abrigou a Faculdade de Direito da Uerj e mais tarde a União Nacional dos Estudantes (UNE), depois do incêndio que destruiu a antiga sede da Praia do Flamengo. Com a cessão do espaço, a secretaria de C&T se compromete também a recuperar sua infraestrutura, que continua servindo de referência para o desenvolvimento da vanguarda da pesquisa em nosso estado”, conclui.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes