O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas 486 – Semana de 5 a 11 de junho de 2014
Publicado em: 05/06/2014

Notas 486 – Semana de 5 a 11 de junho de 2014

Rede Biotech-Space premia Pesquisadores do Ano

 Divulgação

           
          Os premiados: Stevens Rehen, na primeira foto à esquerda e 
             Paula Grazielle Chaves da Silva, na segunda foto à direita
Dois pesquisadores da Universidade Federal de Rio de Janeiro (UFRJ) ganharam o prêmio Pesquisador do Ano – 2013, da Biotech-Space, rede social criada para reunir, em um único ambiente, informações sobre biotecnologia e subáreas de modo que pesquisadores, professores, estudantes e empresários da área possam trocar conhecimentos, ter acesso às notícias do meio acadêmico e científico e a produtos e serviços diversos, como assessoria administrativa e de mercado para empresas do setor. Na categoria pesquisador pleno, o premiado foi o professor Stevens Kastrup Rehen, cuja cerimônia para a entrega da placa comemorativa foi realizada nesta quinta, 5 de junho, no Instituto D'oR de Pesquisa e Ensino. Rehen atua na área de morfologia, com ênfase no estudo da biologia de células-tronco embrionárias e células-tronco de pluripotência induzida. Na categoria pesquisador aluno, o reconhecimento foi para a pós-doc Paula Grazielle Chaves da Silva, que recebeu o prêmio das mãos de sua orientadora Silvana Allodi, na última sexta-feira, 30 de maio, durante cerimônia no Instituto Carlos Chagas. Paula, que é graduada em Fisioterapia, desenvolve pesquisas sobre células sanguíneas, células gliais, degeneração axonal, neuroinflamação, crustáceos decápodes. O prêmio Pesquisador do Ano foi instituído pela Biotech-Space para promover o reconhecimento de pesquisadores e alunos que tenham contribuído de forma relevante à pesquisa em biotecnologia ou biociências. As indicações foram feitas pela comunidade de pesquisadores de diversas instituições brasileiras que participam da Rede Biotech-Space e a seleção foi realizada por um comitê composto por pesquisadores de importantes universidades e centros de pesquisa do país. Mais informações: http://www.biotechspace.com.br/home 

Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos comemora três anos
Será comemorado, nesta quinta-feira, 5 de junho, o aniversário de três anos do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos (Região do Vale do Paraíba, às margens da antiga Estrada Imperial que ligava Mangaratiba a Minas Gerais, no município fluminense de Rio Claro, na estrada RJ 149 (Rio Claro – Mangaratiba), Km 20 Rio Claro – RJ.). Durante a cerimônia, todos os operários da obra estarão presentes e receberão seus certificados da oficina de consolidação. Também serão premiados os vencedores do III Concurso São João Marcos de Desenho e Redação. O visitante 30 mil, um aluno da rede pública local, também receberá um prêmio. Ainda aproveitando a ocasião, será inaugurado um campo de futebol com a disputa da I Taça São João Marcos de Futebol Infantil. Neste mesmo dia serão realizadas atividades de replantio na área do mirante, com as crianças. E o coquetel será baseado em itens da culinária de época de São João Marcos, que marcará a primeira atividade comercial da São João Marcos Alimentos, da empreendedora local Tina Leone. Na ocasião, o público e as autoridades presentes na celebração poderão conferir de perto o resultado das obras de requalificação do sítio arqueológico, que compreende cerca de trinta benfeitorias. Entre os destaques está a requalificação de três importantes construções: a casa do Capitão-Mor, a Igreja Matriz e as praças Feliciano Sodré e Cinco de Julho. A restauração da casa do Capitão-Mor, por exemplo, permitiu reerguer parte da fachada principal. Na Igreja Matriz foram retirados os sedimentos que escondiam suas estruturas remanescentes e que agora estão sendo consolidadas e estabilizadas. Já as praças tiveram seu traçado original resgatado. Também foi refeito o calçamento da matriz e a recolocação de uma cruz da antiga cidade onde outrora existia o cruzeiro, dois marcos importantes à composição daquele espaço. Além disso, o busto original de Feliciano Sodré voltou a ficar exposto na praça que leva o seu nome. As obras, coordenadas pelo Instituto Cultural Cidade Viva, foram fruto de investimento da Light, com financiamento do BNDES. Com esses recursos, além de melhorar sua infraestrutura, o parque incrementou sua capacidade operacional com a efetivação da Reserva Técnica de acordo com as orientações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O investimento possibilitou também a melhoria no acesso ao parque, com a instalação de placas de sinalização nas estradas circunvizinhas. Com vistas a melhorar o transporte de turistas pelas estradas e trilhas da região, foi adquirido um jipe de 12 lugares. Outra aquisição foram dois cavalos e um "charretão" de oito lugares para promover passeios gratuitos com as crianças nos finais de semana. O parque aumentou ainda sua área de lazer e educação patrimonial: foi criado o Mirante Imperial, com exuberante vista para a represa, e, próximo a ele, três espaços para atividades com crianças: o Espaço Obra-Escola, para iniciação ao mundo da arqueologia, o Viveiro São João Marcos, para atividades de replantio, e a Horta-Escola, uma horta orgânica preparada para atividades com os mais novos, que vão plantar e colher para seu próprio uso o que for produzido. Mais Informações: http://www.saojoaomarcos.com.br

IRD sedia o I Congresso Brasileiro de Metrologia das Radiações Ionizantes
O Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD) sedia o I Congresso Brasileiro de Metrologia das Radiações Ionizantes, de 23 a 25 de novembro, no Rio de Janeiro. O evento é realizado em conjunto com o Inmetro e com a Sociedade Brasileira de Metrologia e tem como tema "Metrologia das radiações ionizantes pela qualidade de vida e bem estar das pessoas". O prazo para submissão de trabalhos é o dia 1 de agosto. Entre as áreas do congresso, estão metrologia em raios X, gama e elétrons e partículas carregadas; metrologia de radionuclídeos; metrologia de nêutrons; metrologia e instrumentação em radiações ionizantes; metrologia nas áreas de saúde, indústria e proteção radiológica; incerteza, estatística e matemática; metrologia legal; sistemas de gestão; instrumentação e infraestrutura para laboratórios; educação em metrologia, normalização e avaliação da conformidade. Durante o congresso haverá apresentações de trabalhos técnicos, palestras de cientistas convidados com contribuições importantes e atuais na área e intercâmbio técnico e científico entre profissionais e instituições, do país e do exterior. Os melhores trabalhos apresentados serão selecionados para publicação em revista indexada. Haverá premiação para a categoria Jovem Cientista. Mais informações: (21) 2532-7373, cbmri@metrologia.org.br e www.cbmri.org.br 

Livro apresenta o pensamento do geógrafo Mauricio de Almeida Abreu
Uma coletânea em homenagem ao geógrafo Mauricio de Almeida Abreu (1948-2011), professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), terá lançamento na próxima quarta-feira, 11 de junho, às 19h, na livraria Blooks, no Espaço Itaú de Cinema (Av. Praia de Botafogo, 316, Zona Sul do Rio). Autor, entre outros livros, de Sistema urbano de conservação do ambiente (1972), Evolução urbana do Rio de Janeiro (1987) e Geografia histórica do Rio de Janeiro, 1502-1700 (2010), Mauricio de Almeida Abreu foi um geógrafo que procurou abordar os acontecimentos e conflitos do seu tempo pelo viés das transformações da geografia urbana, analisando o processo histórico e as heranças do passado colonial e imperial no espaço contemporâneo. Os escritos reunidos na obra, organizada por Fania Fridman e Rogério Haesbaert, representam uma pequena parte da fecunda produção intelectual do autor. Eles foram elaborados quase ao mesmo tempo em que trabalhava na sua já clássica obra Geografia histórica do Rio de Janeiro e representam uma fonte de importância decisiva para quem queira compreender a dinâmica da realidade espacial, social, política, econômica e cultural do Rio de Janeiro e do Brasil. Mais informações: http://www.mauricioabreu.com.br

PUC-Rio promove debate sobre compartilhamento do Rio Paraíba do Sul para abastecer Rio e São Paulo
O “IV Debate Nacional Reflexões da Engenharia”, promovido pela Academia Nacional de Engenharia (ANE), será realizado no dia 10 de junho na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), das 17h às 20h no auditório RDC (Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea), com entrada franca e sem necessidade de inscrição prévia. O evento tem como tema a discussão de termos técnicos entre Rio de Janeiro e São Paulo pelos recursos hídricos do Rio Paraíba do Sul e contará com a participação de entidades de grande tradição na engenharia como: Associação Brasileira de Mecânica dos Solos (ABMS), Clube de Engenharia e Comitê Brasileiro de Barragens (CBDB). O Rio Paraíba do Sul, com nascente em São Paulo, corta os estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Para os cariocas, o rio abastece 11 milhões de moradores e alimenta a atividade industrial do RJ, incluindo a região metropolitana do Rio de Janeiro e pelo menos outras 57 cidades do estado. Sem previsão de chuvas e com medo de um esvaziamento do reservatório, o Rio Paraíba do Sul passou a ter uma grande importância também para a cidade paulista, diante dos índices cada vez mais baixos do sistema Cantareira. O governador paulista Geraldo Alckmin quer aproveitar a água do Rio Paraíba do Sul também para o estado de São Paulo, mas o governo do Rio não ficou satisfeito com a decisão e disse não autorizará qualquer mudança que prejudique o abastecimento das residências e empresas do estado. Para avaliar as consequências dessa decisão, o evento “IV Debate Nacional Reflexões da Engenharia” terá a participação de representantes dos dois estados, em que será apresentado o uso racional e sustentável dos recursos hídricos do Sistema Cantareira e do Guandu, além de conceitos e análise crítica de exemplos como o do Rio Colorado, nos Estados Unidos.  Do lado paulista, o professor Rubem La Laina Porto, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Epusp), vai mostrar com a palestra "Gestão Compartilhada de Recursos Hídricos: Conceitos e Exemplos" aspectos técnicos da transposição do Paraíba do Sul, que ele acredita que poderá ser proveitosa para os dois estados. Entre os cariocas, a defesa estará a cargo do professor Jerson Kelman, do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ). A mediação ficará por conta dos professores Alberto Sayão, do departamento de Engenharia Civil do Centro Técnico Científico (CTC) da PUC-Rio, e Marilene Ramos, da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Mais informações: http://www.anebrasil.org.br

Fundo Verde vai lançar concurso de desenvolvimento sustentável
Nesta quinta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, foi lançado no auditório do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), às 15h, o concurso “Soluções Sustentáveis na Cidade Universitária”, promovido pelo Fundo Verde da UFRJ. Um dos objetivos do concurso é divulgar o Fundo Verde, fruto de uma parceria entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Light e a UFRJ, que isenta a universidade do ICMS da conta de luz para que o recurso seja investido em projetos sustentáveis. Na ocasião, serão assinados acordos de cooperação entre a Coppe e as três organizações apoiadoras da iniciativa: a Nissan, através do comodato de um carro elétrico, a ONG Conservation International, com a criação de espaços verdes no Fundão, e a Agência Internacional de Cooperação Alemã (GIZ), com a implementação de projetos nas áreas de energias renováveis e eficiência energética. O evento contará com a presença do reitor da UFRJ, professor Carlos Levi, de Júlio Bueno, secretário de Desenvolvimento Econômico de Energia Indústria e Serviço, Suzana Kahn, coordenadora do Fundo Verde, e representantes da Coppe e das empresas apoiadoras. Para participar do concurso é preciso enviar uma proposta de projeto sustentável para a Cidade Universitária que seja viável e tenha custo máximo de implantação de 500 mil reais. Cada candidato pode concorrer em apenas uma das três categorias: Energia, Água e Mobilidade. Os projetos devem ter orçamento e metodologia detalhados e se enquadrar no Plano Diretor 2020 da UFRJ (disponível para consulta aqui). Podem participar do concurso alunos, professores e pesquisadores da UFRJ. As inscrições, que devem ser feitas através do site do concurso, vão de 5 de maio a 6 de setembro. O resultado do concurso será anunciado no dia 30 de outubro. Mais informações: http://www.fundoverde.ufrj.br/concurso

Capes lança editais de apoio a projetos conjuntos de pesquisa com instituições alemãs
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou dois editais, para os programas Capes - Probral I-II e Capes - Unibral I-II, que apoiam projetos conjuntos de pesquisa com instituições alemãs. As chamadas públicas têm um valor total de R$ 24,5 milhões, e as inscrições devem ser feitas pelos coordenadores das equipes, via internet, até o dia 15 de julho. Mais informações: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/2952014-028-2014-PROBRAL-I-e-II.pdf e http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/2952014-029-2014-UNIBRAL-I-e-II.pdf 


MDIC lança novo programa, o InovAtiva 2014, e recebe propostas de projetos

Foi lançado o programa InovAtiva Brasil 2014 pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), que oferece capacitação em gestão empresarial a empreendedores de negócios inovadores. O programa é gratuito e reúne material em vídeos e textos focados nas melhores práticas empresariais. "O InovAtiva Brasil é aberto a todos os empreendedores que têm uma boa ideia, projeto ou tecnologia, mas que não têm experiência ou acesso ao mundo dos negócios. Vamos oferecer a eles as melhores técnicas e ferramentas práticas de gestão para que possam escalar os seus negócios", explicou o Secretário de Inovação do MDIC, Nelson Fujimoto. Os participantes do InovaAtiva terão acesso aos laboratórios de tecnologia e programas de inovação e empreendedorismo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Isso foi acertado por meio de um acordo de cooperação entre o MDIC e a instituição. O programa é dividido em etapas. A primeira delas é totalmente online e, ao fim, os empreendedores poderão submeter os projetos para continuar no InovAtiva. A segunda terá a participação de até 300 projetos que demonstrarem maior potencial e inovação. Os empreendedores terão apoio presencial e individualizado de mentores-empreendedores. Após a mentoria, os empreendedores que apresentarem os melhores projetos são selecionados para uma terceira fase, na qual poderão interagir com potenciais investidores e parceiros. A capacitação nesta fase consiste em bootcamps, bem como na apresentação das empresas para bancas de empreendedores e potenciais investidores. Mais informações: http://www.inovativabrasil.com.br 

Mast promove palestra com astrofísico esclarecendo se o homem pisou na lua
Todos sabem que o homem já esteve na Lua. A famosa frase “Este é um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”, dita por Neil Armstrong, momentos antes de pisar sobre o solo lunar, em 1969, se tornou épica e conhecida no mundo inteiro. Porém, esse feito histórico é acompanhado de uma poderosa arma de propaganda contrária a esse sucesso. Quando seus argumentos são apresentados, até pessoas mais esclarecidas se entregam ao benefício da dúvida. Por esse motivo, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) promoverá, nesse sábado, 7 de junho, às 16 horas, o ciclo de palestras com o tema E aí? O homem pisou ou não na Lua? Um sucesso ou uma grande farsa? com o astrofísico e bolsista do Mast, Alberto Alves. A atividade, que vai acontecer no auditório do prédio sede do museu (Rua General Bruce, 586, Bairro Imperial de São Cristóvão), é gratuita e direcionada a jovens e adultos. Ainda no sábado, às 17h30, terá início o programa de Observação do Céu. Estarão visíveis, no céu do Rio de Janeiro, os planetas Mercúrio, Marte, Júpiter e Saturno. E a Lua passará bem próxima ao planeta Marte, formando o que se chama de conjunção astronômica. No domingo, 8 de junho, haverá sessões do planetário digital e visita orientada pelo campus do museu. Mais informações: http://www.mast.br

Capes seleciona projetos de engenharia para fomentar intercâmbio com a França
Foi lançado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) o edital n21/2014, que selecionará projetos de pesquisa de universitários, na área de engenharia, para o programa Brasil France Ingénieur Technologie (Brafitec). O valor total aplicado na chamada pública será R$ 134 milhões. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pela internet até o dia 19 de setembro. O objetivo é apoiar a cooperação entre o Brasil e a França por meio de parcerias universitárias em todas as especialidades de engenharia, favorecendo o intercâmbio de estudantes de graduação. É prevista a aprovação de até 15 projetos, podendo haver alteração desse quantitativo, conforme a decisão conjunta entre as agências financiadoras e a disponibilidade orçamentária. Mais informações: http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/franca/brafitec

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes