O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > FAPERJ divulga os resultados do edital Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica – 2014
Publicado em: 08/05/2014

FAPERJ divulga os resultados do edital Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica – 2014

Dando continuidade aos esforços para a internacionalização da Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) fluminenses, a diretoria da FAPERJ divulgou nesta quarta-feira, 30 de abril, a lista de contemplados no programa “Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no Estado do Rio de Janeiro – 2014”. Foram selecionados nove projetos, oriundos de nove diferentes instituições: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Centro Universitário de Barra Mansa (UBM); Instituto Vital Brazil (IVB); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ); Instituto Nacional de Tecnologia (INT); Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio); e Centro Universitário Serra dos “rgãos (Feso).
  
O objetivo do edital “Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no Estado do Rio de Janeiro – 2014” é apoiar projetos que visem à criação e/ou ampliação de NITs para gerir a política de inovação nas instituições científicas e tecnológicas (ICTs) públicas e/ou privadas, sem fins lucrativos, e iniciativas diversas, com vistas à difusão da inovação como instrumento de competitividade e crescimento sustentável do estado do Rio de Janeiro. Os recursos alocados para financiamento do edital são da ordem de R$ 1 milhão, definidos na programação orçamentária da FAPERJ, podendo, a critério de sua diretoria, incluir recursos adicionais, dependendo da disponibilidade decorrente de alteração na citada programação. Em cada proposta pôde haver a solicitação de até um máximo de R$ 100.000,00. 

São competências mínimas dos NITs: a) zelar pela manutenção da política institucional de estímulo à proteção das criações, licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia; b) avaliar e classificar os resultados decorrentes de atividades e projetos de pesquisa para o atendimento das disposições da Lei de Inovação; c) opinar pela conveniência e promoção da proteção das criações desenvolvidas na instituição; d) avaliar solicitação de inventor independente para adoção de invenção; e) opinar quanto à conveniência de divulgação das criações desenvolvidas na instituição passíveis de proteção intelectual; f) acompanhar o processamento dos pedidos e a manutenção dos títulos de propriedade intelectual da instituição.

Puderam ser proponentes profissionais com vínculo empregatício ou funcional com instituições científicas e tecnológicas (ICTs), públicas ou privadas, sem fins lucrativos, em operação no estado. Para tanto, o coordenador do projeto teve que comprovar marcante experiência na área, especialmente nos últimos cinco anos, e contar com a anuência do dirigente máximo de sua instituição de origem. Teve também que demonstrar a aplicabilidade dos objetivos propostos, assim como sua experiência e capacidade técnica de sua equipe no desenvolvimento do projeto proposto, e ainda sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, estratégico, econômico, ambiental e social fluminense. Os projetos foram analisados por um Comitê Especial de Julgamento, designado pela diretoria da FAPERJ.

Veja a lista de contemplados no edital Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica no Estado do Rio de Janeiro – 2014


 

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes