O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Programa de Apoio à Inovação Tecnológica contempla 70 novos projetos
Publicado em: 06/06/2013

Programa de Apoio à Inovação Tecnológica contempla 70 novos projetos

Alguém já ouviu falar em motonurse? Pois trata-se de um laboratório móvel, com refrigeração autônoma, para campanhas de vacinação em áreas de difícil acesso. Como este, outras diversas propostas, que procuram trazer inovações ou facilitar processos de produção, foram contemplados na listagem final do edital de Apoio à Inovação Tecnológica – 2013, divulgada nesta quinta-feira, 6 de junho, pela diretoria da Fundação, como previsto em seu cronograma. Ao todo, 70 propostas obtiveram a qualificação final por comprovação de regularidade econômico-financeira e compõe a relação final de proponentes aptos a receber recursos do programa. O edital conta com um total de R$ 16 milhões.

Objeto de projetos de empresas e empreendedores, os projetos poderiam contemplar diferentes áreas de interesse para o desenvolvimento socioeconômico fluminense, como aeroespacial, agropecuária, aquicultura; biocombustíveis, biodiversidade, biotecnologia, design, energias alternativas, energia nuclear, medicina regenerativa, meio ambiente, nanotecnologia, naval, petróleo e gás, robótica, rochas ornamentais, saúde, segurança pública e defesa, siderurgia, tecnologias da informação, tecnologias de comunicação, transporte, TV digital e outras.

Puderam concorrer empresas brasileiras sediadas no estado do Rio de Janeiro; empresários exercendo atividades como produtores rurais; sociedades cooperativas; inventores independentes; e empreendedores individuais, que poderiam, ou não, estar em cooperação com instituições científicas e tecnológicas (ICTs) fluminenses. Cada proponente precisou comprovar experiência no tema proposto ou em áreas correlatas, especialmente nos últimos cinco anos, por declaração de terceiros (clientes e/ou parceiros no desenvolvimento de outros produtos ou processos) e em sinopse descritiva dos processos e produtos desenvolvidos.

Os recursos solicitados por cada projeto inscrito não poderiam exceder R$ 400 mil. Como contrapartida aos recursos da FAPERJ, cada proponente deveria apresentar, no mínimo, 10% do valor solicitado. A contrapartida poderá contemplar gastos previstos no projeto, mesmo em itens não financiáveis pela Fundação, quando especificamente destinados à sua consecução.

Metade dos recursos do edital custeará despesas de capital, enquanto a metade restante financiará despesas de custeio, como material de consumo; pequenas reformas e adaptações de infraestrutura e instalações; e serviços de terceiros, desde que compreendam despesas necessárias para o desenvolvimento do projeto; e despesas de importação. O prazo para o desenvolvimento dos projetos contemplados é de até 24 meses.

Para o diretor de Tecnologia da Fundação, Rex Nazaré Alves, o programa de fomento à inovação tecnológica da FAPERJ tem atraído cada vez mais e melhores projetos. "Somente nesta edição foram recebidos pelo sistema inFAPERJ 423 propostas de empresas, inventores e empreendedores de mais de 50 municípios fluminenses. Desde meados de 2011, a FAPERJ apoia projetos em todos os 92 municípios do estado, uma conquista facilitada pela Lei de Inovação do Estado do Rio de Janeiro e da contribuição de parceiros como a Firjan e Sebrae-RJ na divulgação dos programas de fomento praticados pela FAPERJ direcionadas ao setor produtivo”.

 

Os proponentes dos projetos contemplados deverão aguardar contato da FAPERJ para retirada de seus respectivos termos de outorga.

 

Confira a listagem completa dos contemplados no edital de Apoio à Inovação Tecnológica – 2013

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes