O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Fundação divulga resultado de dois editais e contempla 55 novos projetos
Publicado em: 29/05/2013

Fundação divulga resultado de dois editais e contempla 55 novos projetos

Ao divulgar o resultado do programa de Estágio de Doutorandos no Exterior (doutorado-sanduíche) – 2013, e do edital Apoio a programas de pós-graduação stricto sensu em universidades estaduais – 2013, a Fundação anuncia seu apoio a 55 novos projetos. Nos dois programas, sete instituições fluminenses serão beneficiadas.

Tornando possível a 22 pesquisadores do estado do Rio de Janeiro a realização de parte de seus projetos de doutoramento em universidades prestigiadas no exterior, como o Massachusetts Institute of Technology (MIT) ou o Museu de História Natural de Paris, o Estágio de Doutorandos no Exterior – 2013 beneficiou cinco instituições de ensino e pesquisa: a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que teve oito propostas contempladas; a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), que aprovou sete projetos; a Universidade Federal Fluminense (UFF), com cinco propostas beneficiadas; o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) e a Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), ambos com uma proposta aprovada, cada.

Criado em 2010, o programa tem como objetivo priorizar o fomento de redes cooperativas de ensino e de pesquisa entre instituições estrangeiras de ensino superior e pesquisa e alunos de doutorado em programas de pós-graduação fluminenses, reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), oferecendo bolsas em diversas áreas do conhecimento. Puderam submeter projetos doutorandos de instituições sediadas no estado, de satisfatório desempenho acadêmico e proficiência no idioma do país em que pretendem estagiar, desde que comprovassem a necessidade de desenvolver parte de seu trabalho, objeto da tese que será defendida ao fim de seu curso, no exterior. Os concorrentes, no entanto, não podem ter bolsas anteriores com a mesma finalidade – estágio de doutorado ou doutorado pleno no exterior.

Com valores de R$ 2.600 mensais, quando o estágio ocorrer no continente americano, e de R$ 3.200 mensais, quando se tratar de estágio na Europa ou no Oriente, as bolsas incluem seguro saúde, no valor de R$ 250 mensais, pagos durante o tempo de permanência do estágio no exterior. Além da passagem aérea (ida e volta), o bolsista receberá, junto com a primeira mensalidade, um acréscimo, no valor correspondente à sua bolsa, para despesas de instalação.

Os contemplados agora devem aguardar contato do Departamento de Auxílios e Bolsas (DAB) da FAPERJ, via e-mail, confirmando informações e os procedimentos a serem adotados para a implantação das respectivas bolsas.

No caso do edital de Apoio a programas de pós-graduação stricto sensu em universidades estaduais – 2013, foram contemplados 33 novos projetos: 22 deles com origem na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj); dez na Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf); e um na Universidade Estadual da Zona Oeste (Uezo).

Com recursos de R$ 2,5 milhões, o programa, criado em 2008, possibilitará a universidades estaduais fluminenses a aquisição de materiais de consumo, equipamentos, serviços diversos e a execução de obras de infraestrutura previstos em projetos apresentados por programas de pós-graduação stricto sensu em universidades estaduais, de modo a estimular e garantir a continuidade da progressão quantitativa e qualitativa da produção acadêmica.

Para submeter propostas, os proponentes precisavam ser coordenadores ou coordenadores-adjuntos de programas de pós-graduação credenciados pela Capes, sediados nas universidades estaduais fluminenses, com anuência da instituição a que pertencem, e ata de aprovação do projeto no colegiado do respectivo programa de pós-graduação. Cada um desses programas pôde inscrever apenas um único projeto, avaliado por um Comitê Especial de Julgamento, designado pela diretoria da FAPERJ, por diversos critérios, entre eles, o impacto para a melhoria do conceito do programa junto à Capes; o impacto que os recursos solicitados terão sobre a melhoria da produção acadêmica e da integração entre graduação e pós-graduação; e sua relevância para o aprimoramento desse programa e seu desenvolvimento no cenário científico, tecnológico, econômico e social do estado.

Os projetos inscritos foram enquadrados em uma de duas faixas, de acordo com o montante solicitado: Faixa A – de R$ 40.001 a R$ 80 mil; e Faixa B – valor inferior ou igual a R$ 40 mil.

Ruy Marques, presidente da FAPERJ, comentou o resultado anunciado: “Esta é a terceira vez que lançamos esse programa. A pós-graduação em nossas universidades estaduais tem evoluído muito e na última avaliação trienal da Capes (2007 a 2009), realizada em 2010, passamos a ter um programa com conceito sete (Educação – Uerj). Estou bastante otimista para a avaliação de nossa pós-graduação pela Capes neste novo triênio (2010-2012), que acontecerá no segundo semestre deste ano, não somente no que se refere aos programas das universidades estaduais, mas em todas as instituições sediadas no estado.”

Os aprovados devem agora aguardar contato da Fundação para informar-se sobre a entrega de seus termos de outorga.


Conifra a listagem completa dos contemplados no Estágio de Doutorandos no Exterior (doutorado-sanduíche) – 2013

Conifra a listagem completa dos contemplados no Apoio a programas de pós-graduação stricto sensu em universidades estaduais – 2013

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes