O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas 435 - Semana de 29 de maio a 5 de junho de 2013
Publicado em: 29/05/2013

Notas 435 - Semana de 29 de maio a 5 de junho de 2013

Fórum reúne FAPs em São Paulo para debater fomento à C,T&I
Representantes de Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) de 25 estados brasileiros, do Distrito Federal, integrantes do Conselho Nacional das FAPs (Confap) e das principais instituições de fomento à pesquisa do país, como o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), estiveram reunidos, no último dia 23 de maio, no Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), em São Paulo. O encontro serviu para debater ações que podem ser articuladas e coordenadas entre as FAPs e as instituições de financiamento à pesquisa, sobretudo federais, estaduais e federais para contribuir para o avanço do desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação (C,T&I) no País. A participação das FAPs no fomento à C,T&I vem apresentando incremento substancial nos últimos anos. Em 2006, as FAPs contribuíram com 23% do total dos recursos destinados ao financiamento à pesquisa por agências de fomento no país; em 2011, essa participação subiu para 32%, superando o total dos dispêndios feitos isoladamente por agências federais de fomento à pesquisa, como o CNPq, e em 2012, o total aportado pelo conjunto das FAPs atingiu 50% desse volume de recursos. Segundo o presidente do Confap e presidente da FAP de Santa Catarina (Fapesc), Sérgio Luiz Giargioni, "esses encontros para troca de experiências são absolutamente necessários para nos auxiliar a avançar", disse. "As FAPs podem contribuir para a criação de um federalismo cooperativo, para a união de esforços e para o desenvolvimento de formas pelas quais, por meio do conhecimento, nossa sociedade seja capaz de lidar com seus desafios e ampliar o controle sobre o próprio destino", concluiu Celso Lafer, presidente da Fapesp, no encerramento da reunião, que contou com a participação do ministro Marco Antonio Raupp (MCTI). Em seu discurso, Raupp anunciou a continuidade do programa INCT, assim como outros programas já consagrados, como Pronex (núcleos de excelência em pesquisa), PPP (Primeiros Projetos) e Pronem (núcleos emergentes de pesquisa), ainda para este ano. Para o ministro, a ciência vive um bom momento. Uma prova é o recente anúncio feito pela presidente Dilma Roussef de que o orçamento para a área não sofreria contingenciamento de recursos. Pela FAPERJ, participaram do fórum o presidente Ruy Marques, o chefe de gabinete, Roberto Dória, e o assessor de planejamento e gestão, Alfredo Coutinho. A próxima reunião do Confap está prevista para acontecer em julho, paralelamente à 65 Reunião da SBPC, em Recife.

Museu de Patologia da Fiocruz inaugura exposição sobre medicina
Instrumentos médicos raros, empregados em exames e tratamentos antigos, vacinas, desenhos de anatomia, fotos e documentos, reunidos desde o início do século XX. Tudo isso integra a exposição Corpo, Saúde e Ciência: o Museu da Patologia do Instituto Oswaldo Cruz, que abre suas portas para o público na próxima quinta-feira, 6 de junho, na Sala 307 do Castelo da Fiocruz (Av. Brasil, 4.365, no bairro de Manguinhos). Com visitação gratuita, a exposição faz parte das atividades do Museu da Vida da COC/Fiocruz e colocará em exibição cerca de 100 peças, que integram o acervo histórico original de algumas das coleções biológicas de maior valor histórico mantidas pelo IOC e pela Fiocruz: a Coleção da Seção de Anatomia Patológica, criada em 1903 pelo próprio sanitarista Oswaldo Cruz, a partir das amostras trazidas da Alemanha pelo pesquisador Rocha Lima; a Coleção de Febre Amarela (1930-1970), que registra a história das epidemias do agravo no país; e a Coleção do Departamento de Patologia do IOC, iniciada em 1984. A visitação pode ser feita de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30 (com agendamento prévio, pelo telefone), e aos sábados, das 10h às 16h (visitação livre). Mais informações: 2590 6747, 2562-1506 e www.ioc.fiocruz.br

Museu Nacional da UFRJ abre chamada para mestrado e doutorado
De 3 a 28 de junho, estarão abertas as inscrições para o programa de pós-graduação em Antropologia Social (PPGAS), vinculado ao Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que lança edital para concurso de seleção para mestrado e doutorado 2013/2014. Esse ano, pela primeira vez, a seleção inclui uma política de ação afirmativa para candidatos negros e indígenas. Mais informações: www.museunacional.ufrj.br/ppgas

QS lista melhores universidades latino-americanas
Ao divulgar seu ranking das melhores universidades da América Latina, o grupo britânico organização inglesa Quacquarelli Symonds (QS) avaliou que avaliou 300 instituições de ensino superior da América Latina e listou quatro instituições brasileiras nos dez primeiros lugares: A USP figura como primeira colocada em qualidade de ensino; enquanto a Unicamp fica em terceiro lugar; a UFRJ, em oitavo e a UFMG, em décimo. Com o resultado, a UFRJ repetiu a colocação do ranking do ano passado, mas subiu 11 colocações em relação aos dados divulgados em 2011. O Brasil também é o país latino-americano com maior número de universidades no ranking: são 81, das quais 80% são públicas). O México entra como segundo colocado, com 49 instituições. Honduras figura como o último país da lista, com somente uma instituição aparecendo no ranking. A QS elabora listagens de instituições regionais e de outras partes do mundo. Para esse ranking, foram usados como critérios o "indicador de impacto", que conta quantas vezes cada trabalho acadêmico foi mencionado em artigos científicos. No ranking latino-americano do QS, esse critério vale 10% das notas recebidas pelas universidades. Professores com doutorado valem também 10% no regional. Mais informações: http://www.topuniversities.com/university-rankings/latin-american-university-rankings/2013

LNLS busca pesquisadores
Interessados em ocupar duas vagas de pesquisadores do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) têm até o dia 7 de junho para enviar seus currículos. Uma das vagas é para dar continuidade à pesquisa com difração de raio X, no projeto, construção e futura operação das linhas de luz do Sirius, a nova fonte de luz síncrotron brasileira de terceira geração e também na operação da linha de difração de raio X da atual fonte de luz de segunda geração. Para tanto, os candidatos devem comprovar sólida experiência em difração de monocristais e difração por pó; doutorado (ou equivalente) em Física, Biologia, Química ou área correlata; experiência em design de linhas de luz – experiência em comissionamento é desejável, mas não é fundamental; e domínio do inglês em nível avançado. A segunda vaga também será para dar continuidade a projeto em andamento: pesquisa com microtomografia em raio X, construção e futura operação das linhas de luz do Sirius e também na operação da linha de difração de raio X da atual fonte de luz de segunda geração. Exige-se sólida experiência em microtomografia em raio X; doutorado (ou equivalente) em Física, Biologia, Química ou área correlata; inglês avançado; e experiência em design de linhas de luz – experiência em comissionamento é desejável, mas não é fundamental. Curriculum vitae deve ser enviado até 30 de maio. Em ambos os casos, o salário será negociado, dependendo da experiência do candidato. Mais informações: davi.bufalo@cnpem.br (currículos) e http://www.lnls.br/

Mudanças climáticas são o tema do Tome Ciência desta temporada
Os distúrbios climáticos fazem parte de ciclos inevitáveis do planeta ou são consequência do descaso humano com o meio ambiente? Este assunto será debatido no programa de TV Tome Ciência até esta quinta-feira, 30 de maio. Participará desta edição Valdo da Silva Marques, pesquisador da FAPERJ, doutor em meteorologia com
pós-doutorado no exterior. Marques foi chefe do departamento de meteorologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e foi presidente da Sociedade Brasileira de Meteorologia (SBMET) e atualmente é diretor regional da entidade para o Rio de Janeiro; Henrique Gomes de Paiva Lins de Barros, biofísico pesquisador da FAPERJ e pesquisador titular do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF),doutor em Física Atômica, dedica-se ao estudo da resposta magnética de microorganismos, é colaborador do Tome Ciência desde o início, em 1987, já dirigiu o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), foi curador de exposições científicas e produziu vários filmes e livros, sendo um dos maiores estudiosos em Santos Dumont no Brasil e acaba de lançar pela editora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) o livro “Biodiversidade e Renovação da Vida”; José Antônio Marengo Orsini, físico, com doutorado em meteorologia, fez pós-doutorado na NASA e especializou-se em modelagem climática. Foi coordenador científico do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), onde é professor na pós-graduação e chefe do Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST), integra o comitê científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC); Roberto Schaeffer, um dos integrantes brasileiros do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) das Nações Unidas desde 1998, sendo também o vice-coordenador do Programa de Planejamento Energético (PPE) da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mais informações: http://www.tomeciencia.com.br/

Escola de Enfermagem da Unirio lança portal sobre tuberculose
O programa de pós-graduação da Escola de Enfermagem, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), lançou no dia mundial de combate à doença, 24 de março, o portal da Tuberculose. A proposta é apresentar, de maneira simples e prática, respostas às principais dúvidas manifestadas no cotidiano dos trabalhadores que atuam no controle da doença. Com linguagem simples e interface amigável, o Portal reúne informações sobre sintomas, diagnóstico e tratamento, orientações sobre os procedimentos necessários diante de um quadro sugestivo de tuberculose e artigos científicos disponíveis para download. Também há material de campanhas governamentais e uma seleção de vídeos jornalísticos e institucionais produzidos sobre o tema. Desde que foi lançado, o site já contabiliza mais de 650 acessos, do Brasil e de outros países, como Japão, China, Holanda, Estados Unidos e Canadá. O Portal, primeiro produto privado do gênero no Brasil, recebeu a marca da Stop TB Partnership, entidade internacional com sede em Genebra, na Suíça, voltada para o combate à tuberculose e vinculada à Organização Mundial de Saúde (OMS). O Brasil integra o grupo de 22 países que concentram 80% da carga mundial de tuberculose, ocupando o 19 lugar em número de casos da doença. Com o Portal, os profissionais de saúde ganharam uma nova arma no enfrentamento dessa realidade. Mais informações: www.portaldatuberculose.com.br

Departamento de Química da PUC-Rio abre processo seletivo para professor
Até 31 de julho, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo aberto para a contratação de professor em regime de tempo integral e dedicação exclusiva para o Departamento de Química do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio). O docente será contratado ainda em 2013, para atuar no ensino de graduação e pós-graduação. Ele deverá mostrar claro potencial para desenvolver pesquisa independente e interagir com os grupos de pesquisa já existentes. O candidato deve ter condução de trabalhos de pesquisa experimental na área de Química Analítica, além de possuir formação e doutorado em Química e experiência de, pelo menos, dois anos. A faixa salarial varia de R$ 8.439,00 para professor assistente Nível 1, até R$ 10.201,00 para professor associado Nível 2, dependendo da experiência do candidato. Mais informações: diretorioaqui@puc-rio.br e www.ctc.puc-rio.br 

Instituto Oswaldo Cruz lança vídeo-aulas sobre dengue
O mosquito Aedes aegypit é o principal personagem das dez vídeo-aulas que o Instituto Oswaldo Cruz acaba de lançar. A responsável pelo projeto é a pesquisadora Denise Valle, que idealizou um modo para ajudar a população a conhecer mais sobre o mosquito e sobre a doença, além de contribuir para que professores, estudantes e profissionais da comunicação se tornem multiplicadores de conhecimento sobre o assunto e sobre as formas de prevenção da doença. Com 10 módulos temáticos, o projeto aborda desde a biologia do mosquito, seus criadouros e hábitos, até seu ciclo de vida e aspectos sobre sua biologia, além das diferenças entre o Aedes aegypti e o pernilongo comum, o Culex, entre vários outros assuntos. Os vídeos estão sendo divulgados entre as Secretarias Estaduais de Educação, particularmente dos 13 estados em que foram registrados os mais altos índices de dengue, assim como nas escolas e via on-line. Mais informações: www.ioc.fiocruz.br

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes