O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Notas - Semana de 7 a 13 de março de 2013
Publicado em: 07/03/2013

Notas - Semana de 7 a 13 de março de 2013

Divulgação/Laboratório Cristália
     

Obstáculos ao desenvolvimento de
fármacos serão debatidos no evento   
 
 

"Como avançar na cadeia de fármacos inovadores": FAPERJ inicia seminários
A pesquisa necessária ao desenvolvimento de um fármaco inovador é uma das atividades científicas de maior risco, que exige vultosos investimentos. São várias etapas, desde a descoberta do princípio ativo até a chegada do medicamento às prateleiras da farmácia. Para discutir os gargalos que interferem no desenvolvimento de um fármaco inovador, a FAPERJ está promovendo o seminário "Como avançar na cadeia de fármacos inovadores", que acontece na terça-feira, 19 de março, no auditório da Academia Brasileira de Ciências (ABC - Rua Anfilófio de Carvalho, 29, 3 andar, Centro), das 9h às 17h. O evento, que terá duas mesas redondas, contará com a participação de Gustavo Reis Ferreira, secretário de Ciência e Tecnologia do estado, que estará presente à abertura do seminário, ao lado do presidente da Fundação, Ruy Garcia Marques. A primeira mesa redonda terá início logo depois, com a participação de Antonio Paes de Carvalho, da Extracta Moléculas Naturais; Dyeison Antonow, gerente geral da Redefac, do Inca; de Eliezer Lacerda de Jesus Barreiro, professor da Faculdade de Farmácia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); e Marcos Soalheiro, diretor de Desenvolvimento da Nortec Química. O assessor da diretoria científica, Vitor Ferreira, será o moderador. A segunda mesa redonda, programada para as 14h, contará com Hayne Felipe da Silva, diretor de Farmanguinhos, Fiocruz; Antonio Joaquim Werneck de Castro, presidente do Instituto Vital Brasil; Pedro Palmeira, representante do BNDEs e da Defarma; e Carlos Fernando Gross, do Laboratório Gross. O moderador será o diretor científico da Fundação, Jerson Lima Silva. O seminário de fármacos será o primeiro de uma série de eventos programados para acontecer ao longo do ano, como Internacionalização da FAPERJ, em abril; Propriedade Intelectual e Patentes, em maio; Ética em Pesquisa, no início de junho; Divulgação Científica, no final de junho; Potencial Tecnológico do Estado do Rio de Janeiro, em agosto; Por um Rio Saudável (sustentabilidade, esportes, transportes etc.), em setembro; e Energias Alternativas Renováveis, em outubro.

Divulgação/Coppe/UFRJ

     
      Maculan é o primeiro brasileiro
      a ocupar a presidência da Ifors
Pesquisador da Coppe assume presidência de federação internacional
Professor e pesquisador do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro e ex-secretário estadual de educação (2007-2008), Nelson Maculan Filho é o primeiro brasileiro a ocupar a presidência da Federação Internacional das Sociedades de Pesquisa Operacional (Ifors, do original em inglês). Fundada em 1959, a Ifors reúne mais de 30 mil especialistas de 45 países. O principal objetivo é promover a pesquisa operacional como disciplina acadêmica e também como profissão. A organização também publica a revista indexada International Transactions in Operational Research (Itor), cujo editor-geral é o professor Celso Ribeiro, da Universidade Federal Fluminense (UFF); promove e financia conferências e tutoriais em congressos nacionais e regionais; e concede premiações aos melhores trabalhos e aplicações de pesquisa científica. O mandato, iniciado em janeiro de 2013, é de três anos. O Brasil passou a integrar a Ifors em 1969. Hoje são cerca de mil pesquisadores brasileiros associados por meio da Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional (Sobrapo). Mais informações: www.coppe.ufrj.br


Reprodução 
     
Em comemoração a um ano nas mídias sociais,
 Fiocruz lançou
Facebook de Carta ao Cidadão

Fiocruz completa um ano nas mídias sociais
Com mais de 4 mil ‘curtidas’ no Facebook e 16 mil seguidores no Twitter, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) completou, no dia 27 de fevereiro, um ano de seu lançamento oficial nas principais redes sociais. Para marcar a data comemorativa, a Fundação lançou uma página no Facebook da Carta ao Cidadão e uma galeria de fotos no Flickr. Na fan page da Carta ao Cidadão, os usuários encontrarão informações sobre os serviços oferecidos pela Fundação, os compromissos com os resultados e as principais formas de contato com a instituição. Mais do que garantir o acesso a essas informações, a iniciativa de abrir mais este canal de comunicação com a população é incentivar ativamente o uso da Carta ao Cidadão como instrumento de controle social e ampliar a participação dos usuários visando à melhoria dos serviços prestados. Segundo o coordenador-geral da Comunicação Social da Fiocruz, Wagner de Oliveira, a decisão de se integrar às redes sociais fez parte de uma proposta estratégica mais ampla que prevê a ampliação de canais de comunicação junto à sociedade e o debate sobre o papel dessas mídias para o campo da saúde. A Coordenadoria de Comunicação Social gerencia, atualmente, um canal no YouTube, um perfil no Twitter, dedicado à divulgação de notícias e serviços de todas as unidades da Fiocruz, e uma página no Facebook, com foco nas agendas, programas e ações da Fundação. No Twitter, os usuários também podem seguir a Agência Fiocruz de Notícias, um canal com perfil mais noticioso voltado para as últimas novidades das pesquisas desenvolvidas na Fiocruz. Além das contas gerenciadas pela Presidência da Fiocruz, várias unidades da Fundação também já aderiram às redes com perfis independentes de forma a assegurar a comunicação com um público mais segmentado. Mais informações: www.fiocruz.br

Rio é a primeira cidade da América Latina a sediar congresso APLA
Descrita pela primeira vez nos anos de 1980, a Síndrome de Anticorpo Antifosfolipídeos (SAF) é reconhecida como a principal causa da trombose e está relacionada a eventos arteriais e venosos, além de perdas fetais. Trata-se de uma doença autoimune, relacionada ao lúpus eritomatoso sistêmico, ou até mesmo outra doença autoimune sistêmica, e pode ainda ocorrer de forma isolada (SAF primária) e atacar qualquer tecido ou órgão do corpo humano. Par debater o assunto, especialistas do mundo todo se reunirão, entre os dias 18 e 21 de setembro deste ano, no Rio de Janeiro. Esta será a primeira cidade da América Latina a sediar o XIV Congresso Internacional sobre Anticorpos Antifosfolipídicos (APLA) e Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídico (SAF), que acontecerá junto ao IV Congresso Latinoamericano de Autoimunidade (LACA). Antecedendo o congresso, nos dias 16 e 17 de setembro, também na capital fluminense, ocorrerá a reunião do grupo de ação em Síndrome Antifosfolipídica (APS Action, da sigla em inglês). Os três eventos, apoiados pelo programa de Auxílio à Organização de Eventos (APQ 2), da FAPERJ, são organizados pelo professor de Reumatologia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e pesquisador apoiado pela FAPERJ, Roger Abramino Levy. Segundo ele, os eventos, que contarão com participantes e pesquisadores renomados de todo o mundo, serviurão para transmitir às novas gerações o interesse pela pesquisa básica, raciocínio diagnóstico rápido e preciso, assim como tomada de decisão em relação à trombofilia autoimune chamada de SAF e às outras doenças autoimunes sistêmicas, como artrite reumatoide, lúpus eritematosos sistêmico, doença de Crohn, psoríase e vasculites, nas suas várias interfaces multidisciplinares. Mais informações: http://www2.kenes.com/apla-laca/pages/home.aspx

Pesquisadores da UFF vão à Antártica com apoio da FAPERJ
Uma expedição para a Antártica reunindo pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) partiu no dia 3 de março a fim de realizar pesquisas na Península Fildes, na Ilha Rei George, com o objetivo de verificar o estoque e a emissão de gás carbônico (CO2) em lagos da região e monitorar o recuo das geleiras, provocado pelo degelo, e sua relação com o aumento de temperatura no local (elevação de 3 Celsius nos últimos 50 anos). Além disso, serão monitorados os sedimentos enviados para o ambiente marinho em decorrência da retração das geleiras. A pesquisa, que conta com auxílio da FAPERJ através do edital Apoio à Instituições de Ensino e Pesquisa Sediadas no estado do Rio de Janeiro, e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) da Criosfera. Segundo a pesquisadora da UFF e coordenadora do projeto, Rosemary Vieira, a pesquisa é de extrema importância pois, as alterações climáticas no continente antártico influenciam diretamente nas mudanças de temperatura e na incidência de chuvas na América do Sul e, por conseqüência, no Brasil, o sétimo país mais próximo da Antártica. Mais informações: www.uff.br

Inscrições abertas para Prêmio José Reis 2013
Destinado a premiar iniciativas que contribuam significativamente para tornar a Ciência, a Tecnologia e a Inovação conhecidas do grande público, o Prêmio José Reis 2013 está com inscrições abertas até 17 de maio. Em 2013, a categoria contemplada é Divulgação Científica e Tecnológica, que premiará o pesquisador ou escritor enquanto divulgador da ciência, tecnologia e inovação para o grande público. O agraciado proferirá uma conferência sobre a sua contribuição para o conhecimento público da CT&I durante a reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). As inscrições podem ser efetuadas pelo próprio candidato ou seu representante legal ou por indicação de dirigentes de entidades públicas ou privadas, em conformidade com o regulamento. Mais informações: www.premiojosereis.cnpq.br

Associação Nacional de Mídia Afro será lançada no dia 18/3, no Cedim
Entidade criada como objetivo de ser referência em credibilidade e austeridade junto à mídia afro, cujas ações traduzem seu total respeito às tradições e cultura das religiões de matrizes africanas, a Associação Nacional de Mídia Afro (ANMA)será lançada oficialmente no dia 18 de março, à partir das 17h, no Espaço Cultural do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim – Rua Camerino, 51, Centro, RJ, Rio de Janeiro. Na ocasião, haverá a posse da Diretoria da Associação Nacional de Mídia Afro (ANMA), constituída por representantes do setor de mídia afro, que tiveram a iniciativa de fundar a associação. Mais informações: http://anma.org.br

PUC-Rio estende prazo para processo seletivo de professores de Química
O Departamento de Química da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) estendeu de 28/02 a 31/03 o prazo de inscrição no processo seletivo para o preenchimento de duas vagas para o cargo de professor de graduação e pós-graduação em Química. Em uma delas, é necessário ter conhecimento na área Físico-Química e afins e, na outra, Química Analítica. Os candidatos selecionados serão contratados ainda no primeiro semestre de 2013, com salário inicial que pode variar de R$ 8.439,00 (oito mil quatrocentos e trinta e nove reais) a R$ 10.201,92 (dez mil duzentos e um reais e noventa e dois centavos), dependendo de sua experiência. Os interessados devem ser formados em Química, com doutorado na área, além de possuir experiência em docência de no mínimo dois anos e condução de trabalhos de pesquisa experimental. A documentação exigida inclui currículo em formato livre e Currículo Lattes atualizado na internet, pelo menos duas cartas de referência, cópias dos últimos cinco artigos publicados em revistas científicas, diplomas, Identidade, CPF, PIS ou PASEP, carteira de trabalho e projeto de pesquisa, incluindo plano de trabalho. Mais informações: diretoriaqui@puc-rio.br 

Programa "Farmácia Viva" e Embrapa criam banco de material genético
O Programa Fitoterápico "Farmácia Viva" acaba de receber, por meio da Secretaria Nacional de Economia Solidária, um financiamento de R$ 149 mil do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para desenvolver suas atividades em 2013, além de ter renovado o convênio com o Ministério da Educação (MEC) e com o Banco Santander. Uma das mais importantes ações do programa é a reintrodução da ipecacuanha nas florestas do Estado do Rio de Janeiro. Trata-se de uma planta utilizada na composição de remédios fitoterápicos, principalmente contra a tosse e a bronquite, e que está ameaçada de erosão genética, fenômeno que ocorre quando a interferência humana impede o cruzamento entre indivíduos da mesma espécie que vivem em ambientes diferentes, provocando o empobrecimento genético e causando a extinção da espécie. A equipe de pesquisadores e técnicos envolvida nesse trabalho será capacitada para reproduzir o material genético da ipecacuanha no Banco Ativo de Germoplasma (BAG), que será implantado na universidade por meio de um convênio entre o "Farmácia Viva" e a Embrapa Amazônia Oriental. A partir do momento em que o material genético estiver replicado, a planta será reinserida na Mata Atlântica e introduzida para cultivo em canteiros, a fim de ser comercializada pelos agricultores familiares do Estado do Rio. O "Farmácia Viva" , uma iniciativa da Universidade Federal Fluminense (UFF), atua com outros oito subprojetos, dentre eles a elaboração de um guia prático destinado a profissionais de saúde para a prescrição de medicamentos fitoterápicos; pesquisas sobre a fertilidade do solo, avaliação da irrigação e drenagem do solo e a revitalização do cultivo agroecológico de hortaliças em faixas de oleodutos e gasodutos da Transpetro, por meio da Cooperativa de Agricultores Familiares Univerde de Nova Iguaçu. Em 2011, o subprojeto de cultivo agroecológico de hortaliças foi contemplado com o Prêmio Santander Universidade Solidária. A partir de 2013, será introduzido também o cultivo de espécies medicinais, com foco em geração de trabalho e renda por meio da capacitação de trabalhadores rurais. Mais informações: (21) 2629-9566.

UFRJ recebe a IV Semana do Cérebro

Com o objetivo de despertar o interesse pela neurociência, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – mais precisamente o Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), no Centro de Ciências da Saúde (CCS), no Fundão – e o Espaço Ciência Viva vão sediar, entre os dias 12 e 16 de março, a IV Semana do Cérebro, que tem nesta edição o tema “São tantas as emoções”. A meta do evento é expor para a comunidade os conhecimentos científicos e o cotidiano das pesquisas em neurociências, estimulando vocações e fornecendo recursos para que professores de variados níveis possam levar o tema neurociências para sala de aula e espaços não formais. Nas oficinas abertas ao público – todas gratuitas –, o visitante poderá aprender sobre o cérebro e as emoções. Um dos destaques da programação, para o público infantil, será a avaliação de estados mentais. Mais informações:  http://www.cienciasecognicao.org/semanadocerebro/

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes