O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Cientistas e empresas, cada vez mais próximos
Publicado em: 16/08/2012

Cientistas e empresas, cada vez mais próximos

Para favorecer a cultura da inovação em micro e pequenas empresas, 12 novos projetos foram pré-selecionados no edital de Apoio à Inserção de Mestres e Doutores em Empresas Sediadas no Estado do Rio de Janeiro – 2012. Os resultados do programa, que foi lançado pela primeira vez pela Fundação em maio deste ano, estão sendo divulgados nesta quinta-feira, 16 de agosto. Entre a diversidade de propostas, há desde a produção de soros hiperimunes para o Sistema Único de Saúde (SUS), como o desenvolvimento de novos produtos à base de carne de rã, ou a aplicação de microssensores de H2S para a indústria petrolífera.

Com foco voltado para a aproximação entre empresas e centros de pesquisa, tornando o caminho para o desenvolvimento de aplicações práticas de projetos científicos e tecnológicos cada vez mais curto, o edital incentiva mestres e doutores a executarem projetos de ciência, tecnologia e inovação em micro e pequenas empresas (MPEs) fluminenses, aumentando a competitividade dessas empresas no mercado. Além de favorecer o interesse pela continuidade desses profissionais nas MPEs, como facilitadores do processo de inovação, o programa também busca possibilitar o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores, permitindo uma melhora significativa da competitividade de micro e pequenas empresas e o desenvolvimento do processo de inovação no estado, além de induzir o aumento do investimento privado no desenvolvimento tecnológico e transferir o conhecimento adquirido na formação acadêmica para projetos que contribuam para o desenvolvimento econômico e social fluminense.

Com recursos de R$ 1,5 milhão anuais, o programa visa possibilitar a inserção de até quinze mestres e até quinze doutores em micro e pequenas empresas. Por outro lado, deverá haver, por meio dos proponentes das propostas, a contrapartida de micro e pequenas empresas aos recursos da FAPERJ de natureza financeira ou não de, no mínimo, 10% do valor correspondente ao valor da bolsa em 24 meses, para uso nos projetos inscritos. Em sua execução, também poderão ser empregados recursos de outras empresas que se mostrarem interessadas em participar.

O diretor de tecnologia da Fundação, Rex Nazaré Alves, considera a inserção de mestres e doutores no setor produtivo como um importante instrumento para ampliar a competitividade de mercado e transferir conhecimento adquirido durante a formação acadêmica às empresas fluminenses. "Sem dúvida esse instrumento vai permitir uma aproximação entre o conhecimento produzido nas universidades e centros de pesquisa e as MPEs. Dentre os 21 projetos apresentados por empresas à FAPERJ, neste primeiro edital, 12 foram pré-selecionados. Dessa inédita iniciativa, espera-se que os resultados sejam tão significativos como vem acontecendo com os projetos das MPEs apoiados pela FAPERJ no período de 2007 a 2012. Com efeito, até 2012 acumulamos 50 vezes mais projetos implementados do que os registrados até 2007. São projetos com potencial para contribuir para a melhor distribuição de renda no Estado, fazendo com que a inovação tecnológica seja também um instrumento de redução de desigualdade", afirmou.

As diferentes modalidades de bolsas, classificadas de acordo com a qualificação e experiência do bolsista, comprovada em Currículo Lattes, terão duração de 12 meses, com possibilidade de renovação por, no máximo, igual período. Caso um desses bolsistas venha a ser contratado pela empresa onde exercerá a atividade, poderá manter a bolsa até o final de sua vigência, na razão de 60% (sessenta por cento) do valor da bolsa, desde que a bolsa esteja no seu segundo ano de vigência (há mais de 12 meses ativa).

Os proponentes dos projetos pré-selecionados agora terão até o dia 4 de setembro para fazer a entrega da documentação para comprovação da regularidade econômica, financeira e fiscal das empresas selecionadas. A divulgação dos resultados finais deve ocorrer a partir de 13 de setembro e o início de vigência das bolsas está programado para 1 de outubro.

 

Confira a listagem completa dos pré-selecionados no edital Apoio à Inserção de Mestres e Doutores em Empresas Sediadas no Estado do Rio de Janeiro – 2012

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes