O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > TCT contempla 101 novas propostas
Publicado em: 02/08/2012

TCT contempla 101 novas propostas

Seguindo o cronograma proposto, a Fundação divulga, nesta quinta-feira, 2 de agosto, o resultado de seu programa de Treinamento e Capacitação Técnica – 2012. Em sua sexta edição, o TCT contemplou um total de 101 propostas, de 16 diferentes instituições, das quais a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi a que mais teve projetos beneficiados, com 41, seguindo-se a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com 23, e a Universidade Federal Fluminense (UFF), com 10 propostas aprovadas.

Também foram contempladas a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), com sete propostas aprovadas; a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com seis; o Centro Universitário da Zona Oeste (Uezo), com três; e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), com dois. Foram ainda beneficiados o Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), o Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (Ieapm), o Instituto de Matemática Pura e Aplicada, o Instituto Nacional do Câncer, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro), a Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) e a Universidade Santa Úrsula (USU).

Com R$ 1,2 milhão em sua edição 2012, o TCT foi criado para treinar e aperfeiçoar técnicos de nível fundamental, médio e superior que participem de atividades de apoio a projetos de pesquisa financiados pela FAPERJ e desenvolvidos por pesquisadores com vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa do estado do Rio de Janeiro, o programa visa o posterior ingresso desses técnicos no mercado de trabalho, valorizando a formação obtida. Com as mesmas características de suas edições anteriores, puderam submeter propostas ao TCT profissionais com grau de doutor ou equivalente, com pesquisas financiadas pela FAPERJ em andamento – com exceção dos contemplados nos programas de Auxílio Instalação (INST), Auxílio para Organização de eventos (APQ 2); Auxílio Editoração (APQ 3); e Apoio para Participação em Reunião Científica (APQ 5).

O bolsista indicado deverá ser técnico de nível fundamental, médio ou superior, com ou sem pós-graduação, com aptidão específica e essencial à execução de projeto, ao qual deverá dedicar 40 horas semanais. O indicado também não pode ter vínculo empregatício, público ou privado, nem acumular qualquer outra bolsa. Também é vedada a sua concessão a qualquer aluno matriculado em curso de pós-graduação stricto sensu.

Classificadas em uma de cinco faixas, as propostas foram inscritas de acordo com a qualificação e atividade a ser desenvolvida pelo bolsista: TCT 1 -  técnicos de nível fundamental, sem formação específica; TCT 2 -  técnicos de nível médio, sem formação específica; TCT 3 - técnicos de nível médio, com formação específica na área a que se destina; TCT 4 -  técnicos de nível superior, com formação específica na área a que se destina; TCT 5 - técnicos com pós-graduação stricto sensu, nível de mestrado, com formação específica na área a que se destina.

Com valor mensal estipulado de acordo com a classificação pelas modalidades, as bolsas concedidas têm duração de doze meses, admitindo-se, no máximo, duas renovações por igual período. O início da vigência das s bolsas agora contempladas será o dia 1 de setembro. Os contemplados nesta edição deverão aguardar comunicado eletrônico do Departamento de Auxílios e Bolsas da FAPERJ (DAB) para retirada da documentação de contratação das propostas (termo de outorga e ofício bancário).

Confira a listagem completa dos contemplados no programa Treinamento e Capacitação Técnica - 2012



Aberta as edições do Programa Básico de fomento – novos procedimentos

Também, de acordo com previsto no calendário de bolsas e auxílios 2012, foram abertas nesta quinta-feira, 2 de agosto, as edições das seguintes modalidades do Programa Básico de fomento da FAPERJ: Auxílios à Pesquisa (APQ 1); Acervos (APQ 4);  Instalação (INST); Pesquisador Visitante (APV); Auxílio a Projetos de Inovação Tecnológica (ADT 1) e as modalidades de bolsas de Pós-Doutorado Sênior (PDS) e Pesquisador Visitante (PV). Essas novas edições marcam o início da implantação de novo procedimento de submissão de projetos que, a partir de 1 de agosto, passa a ser exclusivamente na forma eletrônica, por meio do Sistema inFAPERJ, suprimindo a entrega da tradicional versão impressa do projeto. Tal medida visa dar maior agilidade e economia nos procedimentos de submissão e avaliação de propostas.

 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes