O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Luiz Edmundo toma posse como novo secretário de Ciência e Tecnologia
Publicado em: 06/06/2012

Luiz Edmundo toma posse como novo secretário de Ciência e Tecnologia

O engenheiro Luiz Edmundo Horta Barbosa da Costa Leite tomou posse nesta segunda-feira, 4 de junho, como novo secretário estadual de Ciência e Tecnologia. Em seu discurso de posse, realizada na sede da Academia Brasileira de Ciência (ABC), no Centro do Rio, Luiz Edmundo destacou os ganhos da secretaria durante a gestão de Alexandre Cardoso, lembrando que a FAPERJ deve lançar, em 2012, mais de 35 editais de apoio à pesquisa e à inovação número recorde na história da Fundação, que apóia projetos em todos os 92 municípios do estado do Rio de Janeiro.

“Nesses cinco anos de gestão, pudemos ampliar o orçamento da FAPERJ em mais de 200%. Hoje, ela dispõe de mais de R$ 350 milhões por ano para apoiar a pesquisa e inovação no estado”, disse Luiz Edmundo. Para ele, o aumento de verbas trouxe mais regularidade nos pagamentos e ampliou a credibilidade da Fundação perante a comunidade acadêmica. “Antes, o pesquisador recebia o termo de outorga da Fundação, mas não sabia quando ia receber. Nós democratizamos os pagamentos da FAPERJ aos pesquisadores e empreendedores”, ressaltou o novo secretário.

                        

                                                                                                                                                                            Letícia Passowski
 
 Alexandre Cardoso (em pé) discursa na posse de Luiz Edmundo (o terceiro a partir da esq.): balanço positivo da gestão

Outras iniciativas bem-sucedidas da gestão de Cardoso foram citadas por Luiz Edmundo. “Tivemos a realização de projetos de grande significação, como o Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias, e o Rio Estado Digital, que oferece sinal de rede wi-fi gratuito para a população”, disse. Segundo Luiz Edmundo, substituir Alexandre Cardoso será uma tarefa quase impossível. “Ele sempre encarnou a máxima de Augusto Comte ‘amar, pensar e agir’”, elogiou.  

O deputado federal Alexandre Cardoso, que deixou o cargo para disputar as próximas eleições municipais, em outubro, também destacou os avanços obtidos durante o período em que esteve à frente da pasta. “Quando chegamos, o grande desafio era fazer a secretaria e suas vinculadas focarem na implementação da política de ciência e tecnologia no estado. Conseguimos sair do verbo para a verba. Os recursos da FAPERJ saíram de menos de 1% para 2% da receita do ICMS arrecadado no estado. Isso significou mais de R$ 1,5 bilhão investido em pesquisa e inovação nos últimos cinco anos”, ressaltou.

No ensino técnico e profissionalizante, presencial e semipresencial, Cardoso enfatizou a atuação da Faetec e do Cecierj. “Hoje, temos 350 mil alunos na rede da Faetec, em escolas técnicas reformadas e ampliadas. Não posso deixar de citar os polos de ensino a distância da Fundação Cecierj, que passaram de 20 para 32, com 50 mil alunos matriculados, e 34 CVTs (Centros Vocacionais Tecnológicos) inaugurados”, disse. Ele ainda lembrou que outra conquista da sua gestão foi o aumento das verbas das três universidades estaduais, que foram mais do que dobradas. “Temos que agradecer ao espírito público das lideranças da Uerj, da Uenf e da Uezo, que estão se constituindo na argamassa do futuro do nosso estado”, completou.  

Ao lado de Cardoso e Luiz Edmundo, compuseram a mesa da solenidade de posse o presidente da FAPERJ, Ruy Garcia Marques; o reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Ricardo Vieiralves; o reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), Silvério Freitas; o reitor do Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo), Roberto Soares de Moura; e o diretor da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e físico Luiz Davidovich.

Letícia Passowski 
    
 A plateia no Auditório da ABC: o evento reuniu diversas 
autoridades e representantes da comunidade acadêmica

Prestigiaram o evento o secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Franklin Martins; o presidente da Faetec, Celso Pansera; o presidente da Fundação Cecierj, Carlos Bielchovsky; e o presidente da Fundação Estadual do Norte Fluminense (Fenorte), Almy Júnior. Também estiveram presentes o diretor Científico da Fundação, Jerson Lima; o diretor de Administração e Finanças, Cláudio Mahler; o presidente do Instituto Cravo Albin (ICCA), Ricardo Cravo Albin; o presidente do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), César Camacho; entre muitos outros representantes da comunidade acadêmica fluminense e autoridades.

Luiz Edmundo é graduado em Engenharia Mecânica pela Uerj, tem mestrado em Engenharia Ambiental pela West Virginia University, nos Estados Unidos, e aperfeiçoamento em Engenharia Sanitária pela University of Texas. Tem vasta experiência na área de Engenharia Sanitária, com ênfase em Saneamento Ambiental, e é professor do Departamento de Recursos Hídricos e Meio Ambiente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Alexandre Aguiar Cardoso nasceu em Duque de Caxias (RJ), é presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no estado do Rio de Janeiro e médico, com pós-graduação em Medicina do Trabalho e Administração Hospitalar. Também é bacharel em Direito e membro do Comitê de Saúde Pública da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária. Seu primeiro mandato eletivo foi como deputado estadual, em 1986, para o qual se reelegeu em 1990. Como deputado estadual constituinte, destacou-se como relator do Sistema Tributário e como presidente da Comissão de Saúde e Direitos Humanos. Eleito deputado federal em 1994, foi reeleito em 1998, em 2002, em 2006 e nas últimas eleições de 2010.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes