O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Uma nova opção de pão fresco e saudável na mesa do carioca
Publicado em: 03/11/2011

Uma nova opção de pão fresco e saudável na mesa do carioca

Vinicius Zepeda

 Vinicius Zepeda

         
     Sede da Los Paderos: ideia de empresa nasceu a partir
     de um projeto de MBA em Marketing na Coppead/UFRJ


Uma empresa com sede na Praça da Bandeira, Zona Norte do Rio, vem trazendo ao consumidor um produto que, segundo seus idealizadores, ainda é inédito no mercado carioca: pães semiprontos, resfriados, e que, se guardados na geladeira, podem ser consumidos em até 30 dias, o dobro do tempo de outros tipos de pão. Além disso, são fabricados de forma artesanal, com ingredientes saudáveis, fermentação natural e sem adição de conservantes. O projeto conta com auxílio do edital Apoio à Inovação Tecnológica no Estado do Rio de Janeiro, da FAPERJ.

 

A ideia surgiu em 2008, quando a engenheira civil Lisa Lobão fez uma viagem a um sítio no interior do estado e comprou um pão semipronto. “Observei que era um produto pouco explorado e com grande potencial no mercado, portanto, resolvi desenvolvê-lo em meu projeto de conclusão de curso de MBA em Marketing no Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppead/UFRJ)”, recorda Lisa. Uma pesquisa verificou que o brasileiro só come pão francês e pão de forma por falta de opções no mercado. “O pão francês endurece no dia seguinte e passa a só servir para fazer torrada e farinha de rosca. E o pão de forma passa a ser praticamente a única opção para se guardar na geladeira”, destaca.  

 

Ao propor que seus amigos experimentassem os pães que começou a produzir, o sucesso foi tanto que Lisa e o marido, o engenheiro de produção Eduardo Flach, resolveram transformar o projeto em uma empresa de verdade. Assim, ao serem contemplados, no final de 2009, com apoio do edital da FAPERJ, deram início, em 2010, a empresa Los Paderos. Em 2011, a empresa ganhou mais dois sócios: a economista Penélope Breglia e seu marido, o também economista André Ituassu.

 

Em um primeiro momento, Lisa Lobão pediu orientação à nutricionista Regina Célia Perón, que, em 2004, desenvolveu, em parceria com italianos, a primeira panificação orgânica certificada da América Latina. “Os italianos produzem uma farinha mais fina, sem igual no mercado brasileiro e procurei desenvolver produtos similares. Dei consultoria sobre a montagem da empresa, articulei o contato com outros consultores e orientei a equipe da Los Paderos sobre controle de qualidade dos pães”, recorda Regina.

 

Lisa Lobão destaca ainda que o apoio de Regina foi essencial para que a montagem do negócio fosse um sucesso. “Ela nos apresentou especialistas do Programa de Apoio à Panificação (Propan) e articulou uma parceria com técnicos do Centro de Tecnologia Social (CTS) Alimentos e Bebidas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Valença, no sul fluminense”, relembra Lisa. A fábrica da empresa emprega quatro funcionários.

 

No laboratório no CTS Alimentos e Bebidas do Senai Valença, foram realizados testes para a formulação de três tipos de pães finos especiais do tipo gourmet: pão rústico de leite fermentado Yakult com fibras, pão italiano de açaí com granola, e baguete de linhaça. Todos semiprontos, resfriados, produzidos com ingredientes saudáveis e sem aditivos nem conservantes. O pão fermentado Yakult com fibras acabou ganhando o formato francesinho e foi colocado para a venda pela empresa como pão especial do mês de setembro. “Para o pão italiano de açaí, foi proposta a substituição da granola por castanha do Pará, versão que deverá ser nosso pão do mês de dezembro. E verificamos a necessidade de alterar a baguete de linhaça para o formato de bagel, similar ao de uma pequena rosca, mas ainda estamos em fase de testes para chegar à formulação ideal”, explica Penélope.


Além dos tipos que vêm sendo desenvolvidos com apoio da FAPERJ, a Los Paderos possui uma linha de 11 pães artesanais, que podem ser guardados na geladeira por até 15 dias, entre eles o francesinho de limão, o miniazeitonas e o minicalabresa, além de uma receita nova de pão a cada mês. Alguns desses produtos foram apresentados, no final do mês de junho, durante a II Feira FAPERJ de Ciência, Tecnologia & Inovação. A empresa, que fabrica mensalmente 30 mil pães, oferece ainda um serviço de entregas em domicílio terceirizado, que atende pedidos feitos pela internet. Restaurantes, como Gula Gula, Aprazível e Venga, também contam com receitas desenvolvidas pela Los Paderos. Seus produtos também podem ser encontrados em lojas como a New Natural, na Cobal do Humaitá, e pela empresa de congelados Deep Freeze. “Graças ao apoio da FAPERJ, conseguimos os recursos necessários para transformar nossa ideia em realidade”, destaca. “No momento, estamos negociando parcerias com supermercados e lojas de conveniência para que mais consumidores possam comprar nossos produtos”, conclui Lisa. Tomara. Será mais uma opção de pão fresco e saudável na mesa do carioca.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes